Itiruçu Online – Aqui Bahia Jornalismo de Qualidade e Responsabilidade Social

Luan Santana, Tai e Dan, Noberto Curvelo e Bruna Cascais abrem o São Pedro de Itiruçu nesta quinta-feira, 30

É hoje. O São Pedro de Itiruçu será aberto oficialmente com uma novidade: será a 1ª vez que uma atração principal do evento fará o primeiro show nos festejos. Luan Santana, abre a festa às 22h00. Os demais Shows da noite estarão por conta de Tai e Dan- 00h00-; Norberto Curvelo-02h00-; e fecha a noite com Bruna Cascais, às 04h00.

Shows da Sexta-feira, dia 01.

A programação de sexta-feira inicia às 19h00 com Lucas Araújo, Dea Oliveira às 21h00; e a principal atração da noite sobe no palco às 23h00. A noite termina com os shows de Ricardo Alencar 01h00 e fecha com Chapa Quente, às 03h00.

Programação do sábado, dia 02.

No sábado, noite do Forró, tem apenas um estilo diferente no início com Jefinho Love Light, às 19h00. Forrozão G7 sobe ao palco às 21h00. Já às 23h00 a Banda Me Leva será a responsável por animar o folião. Keyla Batista, artista local, se apresenta 01h00 e vai ter a missão de abrir o show para a atração mais esperada do dia, Xand Avião, que, assim como Luan Santana, é outra novidade entre as principais atrações em horários diferentes. No caso de Xand Avião, ele encerra a noite às 03h00.

A programação do domingo, dia 03.

O último dia do São Pedro em 2022 conta com apresentação de quadrilhas no período da tarde. No palco da festa os shows terão: Samara Princesinha às 17h00, Portal da Bahia se apresentará às 19h00. Emely Rodrigues sobe no placo às 23h00. Tiago Brava é a principal atração no último dia e se apresenta 01h00 da madrugada. Miquéias Muniz fará seu show às 03h00  e Neilton 7 Love fecha o São Pedro 2022 às 05h00.

Zé Vaqueiro, Tayrone e Bell Marques abrem o São Pedro de Ipiaú nesta quinta-feira (30)

Nesta quinta-feira, 30 de julho, o município de Ipiaú volta a realizar o tradicional festejo de São Pedro. E logo na abertura do evento que segue até o domingo (03), grandes nomes da música estarão se apresentando na Praça Álvaro Jardim (Praça de Eventos).

Tayrone, Bell Marques e Zé Vaqueiro serão as principais atrações da noite, que também contará com as apresentações de Juninho Show e Banda Carretel. A previsão de início da festa é às 21h. Até a postagem dessa matéria, a organização da festa ainda não tinha divulgado os horários de cada apresentação. Dois palcos foram instalados na praça, que segundo estima a PM, cabe mais de 35 mil pessoas. De acordo com informações apuradas pelo GIRO, a rede hoteleira se aproxima dos 100% de ocupação.

Ainda se apresentarão no São Pedro de Ipiaú, na sexta-feira (1º), Matheus e Kauan, Tarcísio do Acordeon, Estakazero e as atrações locais André e Eduardo e Larissa Souza e Júnior Boy. No sábado (02), será a vez de Dorgival Dantas, Xand Avião, Kal Firmino, Kiko Cigano e Cupim de Ferro. No domingo (03), o encerramento do evento fica por conta de Saia Rodada, Trem Bala, Pé de Badoque e Tito da Cruz. O evento realizado pela prefeitura tem o apoio da Bahiatursa e mineradora Atlantic Nickel. Informações do Giro Ipiaú.

Consórcio dos municípios do Vale Jiquiriçá recebe usina de asfalto e caçambas basculantes

Hoje, 29 de junho, foi um dia importante para os municípios que compõem o Consórcio Intermunicipal do Vale Jiquiriçá. O presidente Danilo Italiano recebeu hoje (29), do Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Infraestrutura, uma usina de asfalto e mais duas caçambas basculantes.

“A doação será de extrema valia para a continuidade dos serviços de manutenção corretiva e preventiva da malha viária pertencente ao território do Vale do Jiquiriçá. Obrigado, Governo do Estado”, agradeceu o presidente do Consórcio.

A implantação da usina tem como principal objetivo baratear o custo do asfalto, e assim, poder pavimentar mais vias dos municípios incluindo o interior, com menor valor, trazendo melhores condições de tráfego, mais qualidade de vida e desenvolvimento.

“Esta é uma tarde muito feliz, porque isso aqui não é a entrega de uma obra, mas de equipamentos importantes para a realização de várias obras. E o ponto principal dessa entrega é esse novo modelo de gestão pública, que abre mão da centralização do poder para compartilhá-lo com prefeitos e prefeitas”, afirmou Rui. Segundo ele, a expectativa é que o próximo governo continue com esta política de fortalecimento dos consórcios de descentralização da ação administrativa.

Rui destacou que os equipamentos, por meio dos consórcios, vão multiplicar as ações de infraestrutura para melhorar a vida das pessoas: “a finalidade desta ação é dar emprego para as pessoas, viabilizando estradas vicinais, estaduais, reduzindo o custo da produção, facilitando que as pessoas possam vender, comercializar, produzir e melhorar a renda e a empregabilidade”.

O secretário da Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, afirmou que o modelo de consórcios transfere o poder do Estado para os municípios. “O consórcio é um condomínio de prefeituras. Só, neste ano, nós distribuímos quase R$ 38 milhões em máquinas e equipamentos para os consórcios, para que eles possam fazer recuperação de estradas estaduais, vicinais e vias urbanas. Com isso, a gente quer melhorar a eficiência da prestação de serviço público”, assinalou.

Plano Safra 2022/2023 anuncia R$ 340,8 bilhões para a agropecuária

O governo federal lançou nesta quarta-feira (29) o Plano Safra 2022/2023, que vai disponibilizar um total de R$ 340,88 bilhões em financiamentos para apoiar a produção agropecuária nacional até junho do próximo ano. O valor, segundo o Ministério da Agricultura, representa aumento de 36% em relação ao Plano Safra anterior, que disponibilizou R$ 251 bilhões a produtores rurais.

O novo plano foi anunciado durante cerimônia no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Jair Bolsonaro, do ministro da Agricultura, Marcos Montes, além de diversas outras autoridades. Do total de recursos disponibilizados, R$ 246,28 bilhões serão destinados ao custeio e comercialização, uma alta de 39% em relação ao ano anterior. Outros R$ 94,6 bilhões serão para investimentos, um incremento de 29%.

“Estamos lançando um plano safra capaz de atender aos diversos segmentos do agro e atento aos compromissos do governo e da sociedade de responsabilidade fiscal, um plano safra com valor muito expressivo, R$ 341 bilhões diante de R$ 252 na safra passada, e com taxas de juros compatíveis e inferiores às taxas de mercado, inferiores até à taxa Selic”, destacou o ministro Marcos Montes.

Os recursos com juros controlados somam R$ 195,7 bilhões e aqueles com juros livres totalizam R$ 145,18 bilhões. O montante de recursos equalizados, que é aquela parte do juros que não é cobrada do tomador, cresceu 31%, chegando a R$ 115,8 bilhões na próxima safra, segundo o governo.

O novo Plano Safra também aumentou, de 50% para 70%, a possibilidade de uso dos recursos das Letras de Crédito do Agronegócio (LCA). A LCA é um título de renda fixa emitido pelos bancos para financiar atividades agropecuárias. A expectativa, segundo o governo, é que a medida gere uma maior participação do mercado de finanças privadas do agro, com a expansão de títulos como a CPR, CDCA, CRA, além da LCA. (mais…)

Convale e mais 23 consórcios municipais recebem do Governo do Estado R$ 18 milhões em equipamentos 

Mais de 80% dos municípios baianos foram beneficiados com a entrega de R$ 18 milhões em equipamentos para consórcios intermunicipais. Ao todo, foram entregues pelo governador Rui Costa, para 24 consórcios, 34 caminhões, entre cavalos mecânicos, trucados e caçambas, quatro roçadeiras hidráulicas, duas usinas móveis e dois multiprocessadores. Rui entregou, ainda, 18 ônibus escolares para municípios baianos e assinou convênios com mais quatro consórcios. São eles o do Vale do Rio Gavião (Civalerg), do Oeste da Bahia (Convale), de Desenvolvimento do Vale do Jiquiriçá (Convale) e de Desenvolvimento Sustentável do Território do Pimonte Norte do Itapicuru (CDS Itapicuru).

“Esta é uma tarde muito feliz, porque isso aqui não é a entrega de uma obra, mas de equipamentos importantes para a realização de várias obras. E o ponto principal dessa entrega é esse novo modelo de gestão pública, que abre mão da centralização do poder para compartilhá-lo com prefeitos e prefeitas”, afirmou Rui. Segundo ele, a expectativa é que o próximo governo continue com esta política de fortalecimento dos consórcios de descentralização da ação administrativa.

Rui destacou que os equipamentos, por meio dos consórcios, vão multiplicar as ações de infraestrutura para melhorar a vida das pessoas: “a finalidade desta ação é dar emprego para as pessoas, viabilizando estradas vicinais, estaduais, reduzindo o custo da produção, facilitando que as pessoas possam vender, comercializar, produzir e melhorar a renda e a empregabilidade”.

O governador reforçou, ainda, a importância dos ônibus escolares: “a nossa meta, conjuntamente com as prefeituras, é diminuir a evasão escolar tanto na rede estadual como na municipal. Então, nós estamos promovendo a facilidade de ir e vir dos jovens para que eles tenham transporte seguro e confortável. Assim, vamos realizar o sonho de não ver mais nenhuma escola na Bahia com salas multisseriadas, com alunos de diversas séries misturadas. Para isso, a gente precisa de mais ônibus, para levarem alunos de localidades distantes a escolas maiores, que estão sendo construídas”. (mais…)

Wesley Safadão suspende shows após lesão na coluna até 6 de Julho

Shows aconteceriam neste fim de semana. Agenda de apresentações será retomada após alta médica, segundo nota oficial do artista, após dia 6 de Julho, seguindo orientações médicas.

“Às vezes, é um movimento besta, uma coisa simples, que trava a coluna e, quando trava… Gente, eu chorei. Saíam lágrimas dos meus olhos. Nem queria, mas era muita dor”, afirmou o artista.

Ainda segundo Wesley Safadão, a condição lhe causava dificuldades independentemente de ele estar em pé ou deitado. “Pra sentar era ruim, pra respirar é ruim. E aí pra cantar a gente precisa estar respirando”.

O comunidado da WS Shows, empresa que gerencia a carreira do artista, ainda agradeceu o carinho e a compreensão do público. “Em breve estaremos juntos novamente”, escreveu o artista na legenda da publicação no Instagram.
Após o cancelamento dos shows, outras atrações foram chamadas para os eventos. Em Cruz das Almas, o cantor Bell Marques substituiu Wesley Safadão, já em negociação para o evento de São João do município no próximo ano, conforme a gestão.

Já o sertanejo Gusttavo Lima se apresentou no  domingo no São João de Santa Luzia. A presença do artista não estava programada — o cantor foi contratado de última hora.

Show em Itiruçu

Para substituir safadão no Forró Coffee, Tiago Aquino foi anunciado. Atualizada às 18h30.

Justiça suspende pagamentos de shows em Eunápolis

O Tribunal de Justiça da Bahia acatou pedido liminar apresentado em agravo de instrumento interposto pelo Ministério Público estadual e determinou ao Município de Eunápolis que suspenda todos os processos de pagamento não integralizados com bandas, artistas, shows, estruturas e demais gastos com a festa denominada ‘São João se encontra com o Pedrão de Eunápolis’.

A decisão foi proferida pela Terceira Câmara Cível do TJ ontem, dia 28, e reformou negativa inicial do Juízo de Primeiro Grau. Segundo o promotor de Justiça Rodrigo Rubiale, há uma previsão de gastos de mais de R$ 7,2 milhões com a festa sem que os custos estejam completamente acompanhados da devida previsão orçamentária que autoriza os gastos. Além disso, não há estimativa de impacto orçamentário da despesa para os exercícios seguintes. A primeira etapa da festa ocorreu de 15 a 26 de junho e uma segunda etapa está prevista para começar hoje, 29, e acabar no dia 03 de julho.

Na decisão, o TJ determina que os pagamentos devem ser suspensos até que o Município promova a comprovação de todos os custos com todas as etapas/fases de organização do evento. “O MP não questiona a conveniência da festa nem as oportunidades que ela traz do ponto de vista econômico e social, mas, cumprindo sua obrigação legal, abriu procedimento para apurar a regularidade das contratações, como faz todo ano, e detectou possível ilegalidade quanto a adequação orçamentária dos gastos”, informa Rodrigo Rubiale. Ele destaca ainda que o Ministério Público não pediu a suspensão da festa, mas dos pagamentos que ainda não foram realizados enquanto não for comprovada a adequação orçamentária.

Segundo o promotor de Justiça, o Município deve promover a comprovação completa dos gastos programados e demonstrar a existência de lastro orçamentário para a realização do evento em conformidade com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e a Lei Orçamentária Anual (LOA). Os atuais R$ 7,2 milhões são, conforme o promotor, superiores aos aproximados R$ 5,1 milhões previstos na LOA para gastos da Secretaria Municipal de Esportes, Juventude e Cultura, em 2022, dos quais cerca de R$ 4,2 milhões estão destinados para Cultura. Desse valor, R$ 3,6 milhões são especificamente para a rubrica “realização de eventos culturais e artísticos”.

Salvador é a 2ª capital mais violenta do país, diz anuário de segurança pública

Salvador é a segunda capital brasileira com a maior taxa de mortes violentas intencionais (MVI), de acordo com a 16ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta terça-feira (28). Em primeiro lugar vem Macapá. Segundo o documento, a capital do Amapá registrou taxa média de 63,2 mortes violentas por 100 mil habitantes no ano passado. Entre todos os municípios, conforme o anuário, São João do Jaguaribe (CE) é apontada a cidade mais violenta do país, com taxa média de 224 mortes violentas por 100 mil habitantes.

O documento aponta que a violência cresceu 31,2% em Macapá, já que em 2020, primeiro ano da pandemia de Covid-19, o MVI era de 48,2. Na média geral entre as capitais, segundo o anuário, houve queda de 7,9% no índice de 2020 para o ano passado. Seis das 27 unidades da Federação tiveram alta no índice Segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, a categoria mortes violentas intencionais corresponde à soma das vítimas de homicídio doloso (incluindo os feminicídios), latrocínio, lesão corporal seguida de morte e mortes decorrentes de intervenções policiais em serviço e fora (em alguns casos, contabilizadas dentro dos homicídios dolosos).

A categoria MVI representa o total de vítimas de mortes violentas com intencionalidade definida de determinado território. “O número de policiais mortos já está contido no total de homicídios dolosos e é aqui apresentado apenas para mensuração do fenômeno”, explica o documento. No caso da capital do Amapá, dos itens analisados, só lesão corporal seguida de morte registrou queda nos dois anos comparados, em números absolutos, de 13 para 9 ocorrências. Os demais todos cresceram. No caso de latrocínios, o roubo seguido de morte, a alta foi de 350%, passando de 4 para 18 registros.

As 14 primeiras são capitais com mais índices de violência na lista são de estados do Norte e do Nordeste. A maior redução na variação (-48%) foi registrada por Rio Branco. A capital do Acre teve queda de 44,5 mortes violentas por mil habitantes em 2020 para 23,1. São Paulo foi a capital com menor média no índice, com 7,7 mortes violentas por 100 mil habitantes em 2021, contra 9,5 no ano anterior e variação de -19,1%. O anuário apontou que o município paulista apresentou a menor taxa de vítimas de homicídios dolosos entre as capitais. Em 2021, foram 4,9 mortes a cada grupo de 100 mil habitantes no município contra 5,8 em 2020 — variação de -15,4%. (mais…)

Brasil é um dos dez países que mais violam direitos trabalhistas, afirma pesquisa

As violações dos direitos trabalhistas alcançaram um nível recorde no mundo entre abril de 2021 e março de 2022, segundo a CSI (Confederação Sindical Internacional), que menciona Colômbia e Brasil entre os dez piores países. Dos 148 países cobertos pela nona edição do Índice Global dos Direitos, em 50 deles os trabalhadores foram submetidos à violência física, ante 45 no ano anterior. Sindicalistas foram assassinados em 13 países, entre eles Colômbia, Equador, Guatemala, Itália, Índia e África do Sul, alerta a CSI. Prisões e detenções arbitrárias de trabalhadores também foram registradas em 69 países.

Os dez piores países para os trabalhadores em 2022 são Bangladesh, Belarus, Brasil, Colômbia, Egito, Essuatíni, Filipinas, Guatemala, Mianmar e Turquia, segundo o relatório. No continente americano, muitos países, incluindo Argentina, Colômbia, Equador, Guatemala e Honduras, foram palco de ataques violentos contra sindicalistas e trabalhadores. A pior região do mundo para os trabalhadores é o Oriente Médio e o Norte da África, que sofrem com situações de “violação sistemática de direitos a direitos não garantidos”. O continente americano é o segundo melhor de cinco, atrás da Europa.

BRASIL, PIOR APÓS REFORMA TRABALHISTA

A Colômbia segue sendo o país mais mortal para trabalhadores e sindicalistas, com 13 assassinatos em 2021-2022, diz a pesquisa. Foram registradas seis tentativas de assassinato e 99 ameaças de morte. Oito sindicalistas foram presos arbitrariamente.

“A maior parte dos crimes continua sem resolução, já que o governo não chegou a investigar os casos. Por não conceder-lhes a proteção adequada, as vidas dos sindicalistas e de suas famílias continuam permanentemente ameaçadas”, afirma a CSI. (mais…)

‘Estou com vontade de você’, disse presidente da Caixa, segundo funcionária

Uma funcionária da Caixa Econômica Federal (CEF) diz em depoimento à Folha que foi assediada por Pedro Guimarães, presidente da instituição. Ela afirma ter sido puxada pelo pescoço e ter ficado em choque após o episódio. Com receio de sofrer retaliação do comando do banco, a mulher pediu para ter sua identidade preservada —será chamada pelo nome fictício de Roberta nesta reportagem. Segundo ela, os assédios de Pedro Guimarães aconteciam diante de todos, dentro e fora da instituição. O caso foi revelado pelo portal Metrópoles na terça-feira (28), que relata a existência de uma investigação no Ministério Público Federal.

O caso narrado à Folha por Roberta ainda não chegou às autoridades. “Não falei antes com medo e vergonha, e agora me sinto culpada porque penso que se tivesse falado antes, outras mulheres não teriam passado pelo que passei, nem por situações piores”, afirma. Roberta conta que, em uma ocasião, estava a sós com o presidente do banco, quando ele perguntou se ela “estava com ele”. A funcionária entendeu, à época, que a pergunta era em relação ao governo. Ela teria, então, respondido que sim.

“Aí quando fui sair, ele me puxou pelo pescoço e disse: ‘Estou com muita vontade de você’. Saí da sala, em choque e chorando”, afirma ela. “Depois, em outro momento, ele já passou a mão pela minha cintura e foi abaixando, mas saí antes que piorasse.” Segundo a funcionária, Guimarães também tem hábito de dar “beliscões” em mulheres.

“As pessoas aceitam o abuso com medo da retaliação, do poder dele, isso é, perder a função. Ele te tira de uma posição de destaque, que você estudou e tem qualificação para estar lá, para te colocar numa função muito abaixo. Isso da noite para o dia, sem nenhum aviso”, disse. Guimarães, além de presidente da Caixa, é próximo do presidente Jair Bolsonaro (PL). Nos bastidores do governo, assessores afirmam que já chegou a pleitear a vaga de vice na chapa do chefe do Executivo. (mais…)

-->
error: Conteúdo protegido !!