Itiruçu Online – Aqui Bahia Jornalismo de Qualidade e Responsabilidade Social

Menino morre após passar 1 ano com prego no pulmão na Bahia; família acusa hospital de negligência

Um garoto de 3 anos, natural da cidade de Canavieiras, no sul da Bahia, morreu após passar um ano com um prego no pulmão. Os pais levaram a criança ao hospital várias vezes, mas só descobriram o material no corpo do menino quando resolveram fazer um exame por conta própria. Em junho de 2021, Clarice Araújo e Cosme Conceição perceberam que o pequeno Cauan Araújo Conceição teria engolido um objeto, mas não conseguiram identificar o que era. O pai então levou a criança até o Hospital Municipal de Canavieiras.

“Naquela noite, eu senti que ele estava engasgado, saiu até sangue da boquinha dele. Aí, imediatamente, eu levei para o hospital, na mesma noite. Chegando lá no hospital, o médico olhou e falou que não tinha nada na garganta da criança. Aí a gente voltou”, contou Cosme. Depois disso, Cauan foi levado ao hospital várias vezes, sempre com as mesmas dores. Clarice contou que, com o passar do tempo, os sintomas ficaram mais intensos.

“Ele ficava sentindo febre e tossindo demais. De um tempo para cá, a dor foi começando a chegar. Uma dor do lado direito dele, que ele ficava andando torto, de lado. A gente sempre levando no hospital, e ele só davam medicamento. Aí quando o efeito do medicamento passava, a dor e a febre continuavam vindo”, lembrou ela. A penúltima entrada do garoto no hospital da cidade foi no dia 27 de junho. A médica que o atendeu disse à família que ele estava com sintomas de asma. Assim como das outras vezes em que os pais levaram o menino ao hospital, nenhum exame médico foi solicitado.

A profissional receitou medicamentos, passou uma nebulização e liberou a criança de volta para casa. Com o agravamento das dores do filho, Clarice e Cosme fizeram um exame de raio-x particular, onde identificaram a gravidade do problema do filho. A família então retornou com o garoto para o hospital. “Aí chegou lá, deram medicamento a ele e mandou ficar na espera de alguma regulação para ser transferido. Aí ele foi transferido para Salvador”, disse a mãe de Cauan.

Já no Hospital Geral do Estado (HGE), o garoto passou por uma cirurgia para retirar o prego. Os médicos identificaram que o material havia perfurado os dois pulmões de Cauan chegou a ficar internado dois dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas ele não resistiu.

No laudo médico, a causa da morte de Cauan foi identificada como broncopneumonia. Os pais do pequeno acreditam que ele morreu vítima da negligência nos atendimentos médicos no Hospital Municipal de Canavieiras. “Nunca me deram o pedido para eu correr atrás. Mesmo que eles não pudessem fazer no hospital, me davam pelo menos o pedido para eu cuidar de meu filho em uma clínica particular. Sempre só medicamento, nunca teve solicitação de exame nenhum”, lamentou Clarice.

Para Cosme, se os profissionais do hospital tivessem identificado logo o prego, talvez o garoto tivesse sobrevivido. “Se ele ‘caçassem’ providencia logo, meu filho estaria vivo aqui. Meu filho era uma parte de mim. É doído a pessoa perder um filho. Eu quero justiça para que não aconteça mais isso, para que não aconteça com outras crianças”. Por meio de nota, a Secretaria de Saúde de Canavieiras informou que, na última segunda-feira (27), foram solicitados exames para a criança, e que uma consulta com uma pediatra foi marcada para o dia seguinte, no dia 28, mas a pediatra ficou doente e não houve o atendimento. A nota disse ainda que a família não tinha buscado atendimento antes desse dia. A família, no entanto, tem papéis que comprovam que estiveram na unidade. A secretaria informou que o caso está sob investigação. Informações do G1/Bahia. 

Ex-presidente da Câmara de Marcionílio Souza sofre representação ao MPE

Os conselheiros da 1ª Câmara do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia consideraram parcialmente procedente denúncia apresentada contra o ex-presidente da Câmara de Marcionílio Souza, Rudival Sobral Almeida, pela ausência de publicidade e transparência de editais e contratos, bem como pelo fracionamento de despesas no exercício de 2021. O conselheiro Nelson Pellegrino, relator do processo, determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual, para que seja apurada a prática de ato de improbidade administrativa. O gestor também foi multado em R$3,5 mil.

A denúncia foi apresentada pelo cidadão Uiraquitan Mercêz Santana, que se insurgiu contra a ausência de informações sobre contratações realizadas pela Câmara de Marcionílio Souza, através de dispensas, inexigibilidades e pregão. Alegou que “nenhuma publicação de aviso de licitação, extrato de contratos ou editais foram disponibilizadas no Diário Oficial”.

Ao analisar a matéria, o conselheiro Nelson Pellegrino concluiu que, de fato, houve o fracionamento de despesas nas dispensas 03/2020 e 06/2020, o que caracteriza fuga à modalidade licitatória cabível. Os procedimentos tinham como objeto a aquisição de combustível para atendimento da frota do Legislativo. A mesma irregularidade foi contatada em relação à “Dispensa 05/2020” e ao “Pregão Presencial nº 01/2020”.

A relatoria também comprovou que não havia, no site da “Premium Sistemas e Tecnologias” todas as informações que – por lei – o denunciado tinha a obrigação de fazer publicidade. “Restou demonstrado, assim, o não cumprimento integral do objeto da “Dispensa 001/2020” e da “Dispensa 09/2020”, já que não se vislumbrou, em pesquisa na internet, qualquer site próprio da Câmara de Vereadores do Município de Marcionílio Souza”, destacou o conselheiro relator.

Cabe recurso da decisão.

MP denuncia líder religioso “Pai Café” por estupro de vulnerável e violência sexual mediante fraude

O líder religioso Claudimilson Ferreira Rodrigues, conhecido como “Pai Café”, foi denunciado no último dia 4, no Município de Barra, pelos crimes de estupro de vulnerável contra uma vítima e violência sexual mediante fraude contra ela e outras quatro vítimas. Mônica Barbosa dos Santos, a ajudante do líder religioso, também foi denunciada por auxiliar a persuadir as vítimas. Segundo o promotor de Justiça Romeu Coelho Filho, autor da denúncia, Claudimilson, com o auxílio de Mônica, “prevalecendo-se da sua condição superior hierárquico de líder religioso, passou a utilizar da religião para aplicar fraudes sexuais em adolescentes e mulheres que frequentavam a instituição religiosa”. O promotor pede à Justiça que seja mantida a prisão preventiva dos dois denunciados, que já estão detidos.

De acordo com a denúncia, o líder religioso utilizava os trabalhos espirituais como pretexto para cometer crimes sexuais. Entre 2017 e 2022, Claudimilson praticou os delitos contra cinco vítimas, sendo uma delas menor de 14 anos à época. O promotor aponta, ainda, que Mônica Barbosa dos Santos, que se intitulava como “âncora” ou “mãe pequena”, tinha conhecimento sobre os abusos sexuais cometidos pelo líder religioso e o auxiliava a “ludibriar as vítimas com as promessas espirituais e ameaças sobrenaturais”.

Dez projetos sociais de Maracás receberão apoio da Largo

Mais de 1.600 pessoas participaram da votação popular aberta pela Largo Vanádio de Maracás para ajudar a escolher os dez projetos vencedores do primeiro Edital Liga Social. O público contribuiu para definir a pontuação das propostas, que também foram avaliadas por um comitê composto por representantes da Largo, SESI, Sebrae, Secretaria Municipal de Educação e Secretaria Municipal da Agricultura de Maracás.

O edital é mais uma iniciativa da Largo para fomentar projetos socioeconômicos e ambientais que promovam o desenvolvimento do município de Maracás, trazendo para o lugar de protagonismo instituições da sociedade civil sem fins lucrativos. No total, o edital registrou a inscrição de 29 propostas nas áreas de Emprego & Renda, Educação, Meio Ambiente e Cultura, Esporte e Lazer.

A partir de agora, os dez projetos mais bem pontuados pelo comitê e pelo voto popular receberão apoio financeiro e assessoramento técnico da Largo Vanádio de Maracás durante dez meses. Ao longo desse período, os proponentes terão o compromisso de realizar atividades voltadas para a transformação socioambiental da comunidade, com foco na sustentabilidade e resultados a longo prazo.

Confira os projetos vencedores por ordem de pontuação: (mais…)

Público escolhe Nathanzinho o melhor Show no São Pedro de Itiruçu

 

Desde que o Itiruçu Online realiza, voluntariamente, a cobertura do São Pedro de Itiruçu que o público interage diretamente com a redação, tanto presencialmente, quanto nas redes sociais do site. A missão de eleger o melhor Show em 2022 foi difícil. Foram apresentações memoráveis para o público que estava com saudade de festa. Imagine ter que escolher entre Luan Santana, Nathanzinho e Xand Aviões numa mesma festa? E pior, ainda com as demais atrações levando ao palco repertórios atualizados no gosto popular.

Além do público na festa e online, a opinião de pessoas ligadas a eventos também elegeram a apresentação do Nathanzinho ao 1º lugar, que saiu de novidade à preferência.  Com um repertório que passeou pela curtição, coerência e romance atualizado para um público jovem e, a postura no palco participativa com o mar de gente à sua frente, Nathan brincou cantando. O artista cantou duas vezes a música mais pedida pelo folião: Tem cabaré essa noite.

Sobre Nathanzinho:

Nattan despontou na cena do forró em meio à pandemia da Covid-19 e está presente no topo das paradas de sucesso das plataformas de streaming. Conhecido como Nathanzinho, o cearense estourou com a música “Storiezin” no YouTube, que contou com a participação de Raí Soares, da banda Saia Rodada. O forrozeiro já é considerado um dos principais nomes da nova geração da música com composições e sucessos no repertório. O cantor chegou a ocupar o 5ª Lugar nos vídeos em alta do Youtube.

Nascido em Sobral e criado em Tianguá, ambos interiores do Ceará, Natanael Cesário dos Santos, o Nattan, começou a cantar aos 15 anos na escola, bares e restaurantes. Com a carreira em ascensão desde que passou a usar o nome Nattan como marca, no final de 2020, o jovem cantor integra o casting de artistas da produtora Vybbe, apadrinhado por Xand Avião.

Veja mais fotos aqui – Vídeos Clique aqui 

Luan Santana

Luan Santana abarcou um público fãs do artista na região, abrindo uma festa pela primeira vez numa quinta-feira, recebendo o carinho de uma Praça Lotada que o esperava e, quebrado a ideia de ser ele um artista que não se importava com os fãs. Luan foi simpático, alegre e atendeu os fãs no palco e no camarim do evento. O episódio na cidade de Entre Rios acabou levando a imagem do cantor a uma esfera que não foi a mesma na cidade de Itiruçu. O cantor cumpriu todo o contrato e de uma pontualidade impecável. O repertório de Luan foi cantado pelo público desde a primeira música.

Enfim, realizou o sonho de muitas pessoas que só o veriam tendo condições de pagar pelo evento.

A imprensa, apesar de não ceder entrevista, abriu espaço na agenda para os profissionais que cobriam o espaço, além dos fãs que aguardavam de forma organizada na file para fotos. Luan trouxe a Itiruçu uma megaestrutura que deixou a apresentação ainda mais importante para o público e ao evento.

O show do Comandante

 

Xand Avião tem uma relação com Itiruçu há mais de 10 anos, onde se apresentava em uma festa fechada. Era a principal atração para o interior da Bahia. Desde que anunciado para se apresentar em Praça Pública os #Aviãozeiros foram à loucura. Resultado foi uma praça que entrou para o top 3 dos dias que mais receberam público no São Pedro, ressalvando ainda ter sido a última atração na noite de sábado. Xand, Raimundo Fagner, Leonardo e Amado Batista, de acordo historiadores da festa, estão com os maiores públicos do evento.

Só os #Aviãozeiros cantando, já foi um show à parte. O comandante cantou sucessos antigos, num misto de novos sucessos. Simpático e brincalhão, o cantor envolveu à Praça em cada música tocada. Não havia espaço para sair do lugar. O folião certamente saiu satisfeito com o comandante.

Itiruçu Online, sinto falta de outros artistas e shows na avaliação? Sim, é claro. Evidentemente que, para os que estiveram na festa durante os três dias e se envolveu com o público tiveram a oportunidade de escolher. Outras bandas foram lembradas pelo público, entre a crítica do estilo e as mudanças de horários, que penalizaram do apresentações com repertórios bem elaborados. Foi o que aconteceu com Norberto Curvelo, Keyla Batista, Portal da Bahia, Lucas Araújo, Jefinho Love Light e uma das principais atrações da festa, Tiago Brava, que não contou com grande público em sua apresentação. Para o domingo com um público cansado vindo de 4 dias de festa, o artista poderia, se escalado no horário entre 22h e 01h, atrairia um público maior e, certamente, ganharia os demais. A intenção do município era ajudar a segurar o folião e gerar renda aos que ajudaram fazer o evento alugando barracas.

De artistas locais, Neilton 7 Love ganhou um horário de presente e soube aproveitar bem animando a Praça logo após o show de Luan Santana e, também, a cantora Déa Oliveira, que a seu estilo teve uma praça animada, exemplo da Banda local Chapa Quente.  Emily Rodrigues, Bruna Cascais, Ricardo Alencar e Samara Princesinha com repertório parecidos, se apresentaram em seus horários doando o melhor para o folião. Miquéias Muniz, que se apresentou 40 minutos na noite de domingo, mudou o estilo para se apresentar ao folião: de pagode a lambadas e arrasta-pé.

E só lembrando que, artista precisa valorizar o que sabe fazer e acreditar no potencial. Ouvir a crítica que o constrói e, acima de tudo, observar o profissionalismo no palco dos que já são consagrados. Dever do artista é tratar a música como prioridade aos que estão à sua frente! O artista não deve privar parte de sua apresentação do público, pois como bem fizeram nos shows do Luan, do Nathanzinho, Xand Avião e Banda Me Leva, dançaram e se divertiram a cada minuto das apresentações. Nathan, por exemplo, para não parar sua música, chegou a dançar com a prefeita Lorenna em respeito à autoridade no palco, mas seu público foi junto!

Prefeita comemora realização do São Pedro e descarta 4 dias próximo ano

Maracás – Nova turma de Jovens Aprendizes da Largo inicia atividades

Desde ontem, segunda-feira (04),  um grupo de 13 meninas e meninos começa uma nova etapa rumo à formação profissional. Depois de passar por um processo seletivo disputado, que contou com mais de 300 concorrentes, eles foram aprovados no programa Jovem Aprendiz da Largo Vanádio de Maracás e acabam de iniciar o curso de Operação de Beneficiamento de Minério.

Oferecido pela companhia em parceria com o Senai, o curso terá duração de seis meses e representa a primeira etapa do programa. Após a conclusão, em janeiro de 2023, os jovens poderão colocar os ensinamentos em prática dentro da própria Largo, na área de Aprendizagem Industrial Básica, sob a supervisão de lideranças da empresa.

Além das pessoas escolhidas para o Jovem Aprendiz, a seleção foi ampliada para incluir outros 13 estudantes com idade entre 18 e 21 anos, que moram na cidade ou distritos de Maracás. A unificação da turma contribui para ampliar o projeto de formação na área industrial oferecido pelo Senai, que até o ano passado disponibilizava o curso apenas em Jequié.

“A iniciativa dá continuidade ao nosso compromisso de investir no desenvolvimento socioeconômico da região, mobilizando parcerias para capacitar o público jovem e estimular seu potencial de ascensão ao mundo do trabalho”, avalia Ronaldo Souza, Gerente de RH e Administração da Largo Vanádio de Maracás.

Penalizada no São João de Maracás, Banda Me Leva agita multidão no São Pedro de Itiruçu

O folião de Maracás foi penalizado de não curtir uma grande apresentação da Banda Me Leva no São João 2022, em virtude da politicagem que predomina nos municípios: aos aliados tudo, aos que não me seguem, nada. Uma triste realidade que ainda prevalece e, o que é pior, punindo pessoas usando a força da máquina. O do grupo Me Leva não é eleitor do prefeito da cidade.

Pois bem! Fora o relatado acima, que é dever da imprensa cobrar respeito aos foliões, a Banda Me Leva levou alegria por onde passou no São João. Na apresentação do sábado, dia 02, no São Pedro de Itiruçu, o grupo se apresentou para uma praça tomada de foliões e concorreu na preferência com as três principais atrações dos festejos: Luan Santana, Nathanzinho e Xand Avião.

Com repertório atualizado e cantando também outros sucessos que fizeram a Me Leva cair no gosto popular, a exemplo de Jardins dos animais e Aonde Você vai se. Tião, Guigga e Luzia Brandão não deixaram parado. A Banda Me Leva é uma referência no interior da Bahia, pela história e por suas apresentações ao longo dos anos.

Chuvas deixam mais de 56 mil desabrigados e desalojados em Alagoas

As fortes chuvas que voltaram a atingir parte do estado de Alagoas nos últimos dias já deixaram cerca de 56 mil pessoas desabrigadas ou desalojadas. No primeiro caso, são famílias inteiras cujas residências foram afetadas pela força das águas e que, sem ter para onde ir, viram-se forçadas a buscar abrigo em locais improvisados pelo Poder Público. Desalojadas são as pessoas que se hospedaram com amigos, parentes, vizinhos ou em estabelecimentos pagos com seus próprios recursos.

Nesta tarde, o governador Paulo Dantas informou em sua conta no Twitter que mais da metade das 102 cidades alagoanas está em situação de emergência. “Me reuni com os 56 municípios que entraram no Decreto de Emergência para falar sobre as ações prioritárias”, escreveu Dantas.

Parte dessas cidades decretou situação de emergência antes mesmo das chuvas dos últimos dias, pois o estado já tinha sido atingid0oa por fortes chuvas em maio e junho. Nesta segunda-feira (4), o governo federal, que já havia reconhecido a condição de emergência em 23 municípios anteriormente afetados, reconheceu os decretos de mais 15 localidades que, com isso, poderão pedir recursos federais para ações de socorro e assistência humanitária. (mais…)

Sinal 5G começará a funcionar em Brasília na quarta-feira

Brasília será a primeira capital do país a ter a rede 5G em funcionamento na telefonia móvel. Segundo o conselheiro e vice-presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Moisés Moreira, o sinal será liberado em Brasília nesta quarta-feira (6). Em participação no evento Teletime Inc, em São Paulo, o grupo técnico da Anatel encarregado de avaliar a desocupação da faixa de 3,5 gigahertz (GHz) aprovou a ativação do sinal 5G na capital federal no fim da tarde de hoje (4). Segundo Moreira, as próximas capitais a terem a tecnologia liberada serão Belo Horizonte, Porto Alegre e São Paulo, sem data prevista por enquanto.

Moreira preside o grupo da Anatel responsável pela liberação das frequências 3,5 GHz, por onde transitará o sinal da telefonia 5G. Atualmente, essa faixa ainda está ocupada por empresas de antena parabólica que operam com a tecnologia Banda C e estão atrasadas com a migração para outra frequência, chamada de Banda Ku.

Originalmente, o edital do leilão do 5G, realizado em novembro do ano passado, previa que todas as capitais deveriam ser atendidas pela telefonia 5G até 31 de julho. No entanto, problemas com a escassez de chips e com atrasos na produção e na importação de equipamentos eletrônicos relacionados à pandemia de covid-19 provocaram atrasos no cronograma.

O prazo para o funcionamento do 5G em todas as capitais passou para 29 de setembro. Segundo Moreira, o lançamento da rede 5G em Brasília servirá como teste, com a Anatel e as operadoras instalando filtros anti-interferência. Também está prevista a distribuição de decodificadores da Banda Ku à população de baixa renda que usa antenas parabólicas antigas que operam na Banda C.

Pelo menos 20 estados anunciaram a redução do ICMS sobre combustíveis

Pelo menos 20 estados já anunciaram a redução do ICMS sobre combustíveis. Os governadores do Ceará e do Amazonas fizeram os anúncios nesta segunda-feira (04). O Distrito Federal publicou no dia primeiro deste mês um decreto limitando em 18% a cobrança do ICMS. As alíquotas da gasolina e do etanol eram de 27%. Segundo o governo distrital, a perda é estimada em R$ 1,7 bilhão por ano. O governador Ibaneis Rocha (MDB) disse que terá que rever as contas do Distrito Federal. O Sindicato dos Comércio Varejista de Combustíveis do DF estima uma redução de R$0,43  na gasolina e R$ 0,40 no etanol com a redução do ICMS. Os consumidores devem sentir aos poucos a diferença na bomba, com a renovação dos estoques, diz o presidente da entidade Paulo Tavares.

São Paulo foi o primeiro a fazer a redução do ICMS. No estado, a alíquota caiu de 25% para 18%. Minas Gerais, Goiás, Paraná e Amapá também já anunciaram o corte. As ações procuram atender a lei que limitou o ICMS sobre combustíveis ou a definição do Conselho Nacional de Política Fazendária de que o imposto deve ser calculado sobre a média de preços dos últimos 60 meses. Mas, a discussão ainda não terminou. No Congresso, os parlamentares ainda precisam avaliar os vetos do presidente Jair Bolsonaro à lei do teto do ICMS. No Supremo Tribunal Federal, governadores questionam a lei do teto e a lei que determinou alíquota uniforme em todo o país. Agência Brasil.

error: Conteúdo protegido !!