Itiruçu Online – Aqui Bahia Jornalismo de Qualidade e Responsabilidade Social

Árbitro Moisés Ferreira é escalado para o primeiro BA-VI do ano

Bahia e Vitória se enfrentam neste domingo (29), às 16h, na Arena Fonte Nova, em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Baiano de 2023. Para a partida, a Federação Bahiana de Futebol (FBF) já definiu a arbitragem. Emerson Ricardo de Almeida Andrade será auxiliado por Luanderson Lima dos Santos e Elicarlos Franco de Oliveira. O quarto árbitro da partida será Moisés Ferreira Simão. Moisés desde que passou a fazer parte do quadro da CBF tem sido escalado para jogos importantes.

Vale lembrar que nesta fase da competição o recurso do VAR não está disponível. Dentro do G-4 com nove pontos, o Bahia joga para terminar a rodada na liderança da competição estadual. Já o Vitória, que tem quatro pontos, tenta se recuperar na tabela e buscar a classificação para a semifinal do torneio.A partida realizada na Arena Fonte Nova terá apenas a torcida do Bahia. A decisão foi tomada após recomendação do Ministério Público.

Médicos esquecem tesoura dentro do corpo de vereador após cirurgia

O vereador Cleyton José Zanatta (PSDB), de Nova Santa Helena, em Mato Grosso, passou por uma cirurgia na quinta-feira (26) no Hospital Regional de Colíder, depois de descobrir que uma tesoura esquecida dentro do abdômen dele. Imagens de uma tomografia mostram o local onde o instrumento foi deixado pelos médicos.

O objeto foi esquecido pelos médicos, do mesmo hospital, quando ele passou uma cirurgia de desobstrução intestinal na última sexta-feira (20). Segundo o g1, o quadro de saúde dele é estável. A Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou, em nota, que determinou a apuração dos fatos.

Primeira cirurgia

Cleyton passou por uma cirurgia de emergência por causa de um tumor no intestino que estava obstruindo o canal. Após a alta médica, ele começou a se sentir mal e procurou o hospital novamente. Após realizar uma tomografia, foi constatado que havia uma tesoura dentro do corpo dele.

Goleiro do Doce Mel sofre ataque racista durante jogo contra o Vitória no Barradão: “Seu macaco”

Foto: Jhony Pinho / Agif / Folhapress

O goleiro Rodolfo, do Doce Mel, foi alvo de racismo durante a partida contra o Vitória, na noite da quinta-feira (26). O jogo aconteceu no Barradão e foi válido pela quarta rodada do Campeonato Baiano. “Seu macaco, v*”, gritou um torcedor nas arquibancadas ao arqueiro.

A injúria racial aconteceu aos 32 minutos do primeiro tempo. Rodolfo havia caído no gramado e era levantado pelo árbitro Wagner Francisco de Souza. Nesse momento, muitos torcedores xingavam o goleiro de forma homofóbica, enquanto um deles chamou o arqueiro de macaco. O áudio foi captado pela transmissão da partida feita pela TVE Bahia.

No último dia 12 de janeiro, o presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, sancionou a Lei 14.532, de 2023, que tipifica como crime de racismo a injúria racial, com a pena aumentada de um a três anos para de dois a cinco anos de reclusão. Enquanto o racismo é entendido como um crime contra a coletividade, a injúria é direcionada ao indivíduo. Além dessa mudança, a pena foi aumentada de dois para cinco anos de reclusão.

Em campo, o Doce Mel acabou derrotado pelo Vitória por 3 a 0, com gols marcados no segundo tempo, e segue na lanterna da tabela de classificação do estadual com apenas um ponto conquistado. Já o Leão, deixou a zona de rebaixamento ao somar quatro e subir para a oitava colocação, empurrando o Bahia de Feira para a nona posição. No próximo domingo (29), o time de Ipiaú visita o Barcelona de Ilhéus, no Mário Pessoa, às 18h, pela quinta rodada. Um pouco mais cedo, às 16h, o Rubro-Negro faz o clássico Ba-Vi contra o rival Bahia, na Arena Fonte Nova. Do BN.

Saúde: Justiça determina recontratação de mais de 1.700 médicos cubanos

O Tribunal Regional Federal da 1° Região autorizou, em decisão na noite dessa sexta-feira (27) obtida pela CNN, a recontratação de profissionais cubanos do Programa Mais Médicos. A medida terá que ser cumprida pelo governo federal. No fim de 2018, os médicos tiveram que retornar a seu país de origem depois que Cuba decidiu interromper o contrato com o Brasil, como reação a declarações do então recém-eleito presidente, Jair Bolsonaro, de que iria revisar as regras do programa.

Eles integravam a 20ª turma do Mais Médicos, a única desde o início do programa que não foi contemplada com a reintegração. Na ocasião, Bolsonaro chegou a acusar o governo cubano de cometer irresponsabilidade. O novo governo já havia manifestado interesse de recomeçar o Mais Médico. Agora, a decisão judicial acelera etapas porque permite que todos os 1.789 cubanos demitidos no último ciclo sejam recontratados e tenham que retornar ao Brasil

O pedido foi apresentado pela Associação Nacional dos Profissionais Médicos Formados em Instituições Estrangeiras e Intercambistas. A decisão é assinada pelo desembargador Carlos Augusto Pires Brandão, do TRF-1. Ele entendeu que a liberação é tão importante para os médicos cubanos que terão de ser recontratados, quanto para a saúde pública brasileira, especialmente de regiões de mais difícil acesso. Uma das características do programa é destinar o efetivo de médicos para áreas mais vulneráveis onde, em via de regra, muito profissional de saúde prefere não trabalhar devido à precariedade, de equipe e insumos.

Crise Yanomami (mais…)

Povos originários da Bahia cobram demarcação dos territórios indígenas

Enquanto o Brasil e o mundo se chocam com as notícias vindas da Amazônia, onde os Yanomamis tem neste momento como prioridade máxima reforço na saúde e alimentação, entre os povos Pataxó no extremo sul da Bahia, região da Mata Atlântica, a cobrança principal neste momento é segurança e demarcação definitiva das terras para assegurar a paz. Cacique do Território Indígena (TI) Barra Velha, município de Porto Seguro, Suruí Pataxó disse que o Brasil “está deixando o povo original ser morto pela ganância e desrespeito pelas nossas vidas. Desde 1.500 nós estamos resistindo. Muito triste ver nossos parentes morrerem deste jeito. Nós não somos bichos. Queremos nossa terra demarcada!”, enfatizou.

Ele preside o Conselho de Caciques e Lideranças da Barra Velha Monte Pascoal, formado por 22 comunidades, somando na região quase 10 mil indígenas. Pontuou como exemplo ameaças cotidianas que resultaram nos últimos cinco meses na morte de três jovens Pataxó, alvejado por tiros “em ataques de pistoleiros contratados para perseguir e matar nosso povo, que não tem armas”. Ainda de acordo com o representante indígena, os estudos para demarcação do TI Barra Velha começaram em 1980 e desde 2019 o território está com a Portaria Declaratória pendente. “Temos esperança que agora seja concluído, porque é só isso que vai devolver nossa paz”, afirmou, ressaltando que os conflitos estão mais acirrados desde que os indígenas estão “retomando” fazendas que fazem parte do TI, mas que estavam ocupadas por fazendeiros e posseiros.

A insegurança vivida pelos Pataxó dos TIs Barra Grande e Comexatiba, este último no município de Prado, foi denunciada na última semana à Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), da Organização dos Estados Americanos (OEA). Também Itabela e Itamaraju tem comunidades ameaçadas, com denuncias de ataques. (mais…)

Garoto da Zona Rural de Lagedo é aprovado em teste no Atlético Camaçariense

O pequeno Hugo Santos, de 12 anos, foi aprovado no clube Baiano Atlético Camacariense depois de passar alguns dias treinando com a comissão técnica. Hugo é morador do Povoado do Peixe, em Lagedo.

Filho do ex-goleiro amador Véi, também morador do Peixe, o garoto sonha em ser goleiro e desde então passou a se dedicar na função, recebendo agora uma grande oportunidade de mostrar o talento.

Como ele chegou ao clube?

A história da aprovação contou com a ajuda de alguns amigos. Primeiro, durante uma peneira do Canaã em Lagedo do Tabocal, ele foi apresentado pelo amigo da família, Wilian Pinheiro, ao agenciador de atletas Romildo Arruda de Jaguaquara ( que não fazia parte dos avaliadores do Canaã) que encaminhou Hugo para fazer o teste no clube.

Aprovado nos testes, agora Hugo já começou a disputar competições e depende do bom desempenho para continuar nas conquistas dos sonhos.

Prefeito de Jequié recebe presidente da ViaBahia para vistoria técnica da BR-116 no bairro Cidade Nova

O prefeito de Jequié, Zé Cocá, acompanhado pelo deputado estadual eleito, Hassan Iossef, participaram na manhã dessa sexta-feira, 27, de um encontro com o presidente da ViaBahia Concessionária de Rodovias S.A, José Bartolomeu, que veio ao município realizar uma vistoria técnica ao trecho da BR-116 que passa pela cidade e cuja conservação e manutenção é de responsabilidade da concessionária e encontra-se intrafegável.

Durante a visita, o gestor municipal e o deputado estadual eleito cobraram melhorias no perímetro que margeia a BR-116, administrado pela empresa e que compõe um dos acessos a BR-330 e à BA-130. Após a reivindicação do prefeito, a empresa, que possui deveres estabelecidos no Contrato de Concessão de Serviço Público referente ao Edital nº 001/2008, firmado com a União, por intermédio da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), deu início a uma operação tapa-buracos, mas este serviço foi paralisado.

“A ViaBahia é a responsável pela conservação e manutenção da rodovia neste trecho e esperamos que a concessionária atenda ao nosso pedido e resolucione, de uma vez por todas, essa demanda e tenhamos a recuperação total, voltando a permitir a trafegabilidade para a população dos municípios do Médio Rio das Contas, do Vale do Jiquiriçá e de toda a Bahia, que utiliza a BR-116 como via de acesso às demais cidades e a outros estados.”, disse o deputado eleito, Hassan Iossef.

“Esperamos que, a partir desse encontro, essa situação da BR-116 aqui no trecho da Cidade Nova seja resolvido! A Prefeitura de Jequié aguarda que a concessionária, que é responsável pela conservação da pavimentação asfáltica dos acessos da Cidade Nova, Trevo do Poliduto, Trevo do KM 3 e KM 4, e ela é remunerada mediante cobrança de tarifa de pedágio, faça as devidas intervenções, devolvendo a trafegabilidade no trecho desgastado da rodovia.”, afirmou o prefeito de Jequié, Zé Cocá.

Suspeito de duplo homicídio de indígenas presta serviço de segurança privada

Um suspeito de participar do duplo homicídio dos indígenas Samuel Cristiano do Amor Divino, 21 anos, e Nauí Brito de Jesus, 16, é procurado, neste sábado (28), por equipes da Força Integrada (FI) de Combate a Crimes Comuns envolvendo Povos e Comunidades Tradicionais da Secretaria da Segurança Pública.
 O homem, que está com prisão decretada, atua no Extremo Sul da Bahia, prestando serviço de segurança privada. Em um imóvel utilizado por ele, na zona rural de Porto Seguro, os policiais apreenderam armas, celulares, rádios comunicadores, entre outros dispositivos eletrônicos.
“Estamos com equipes espalhadas pela região buscando o foragido que possui mandado de prisão temporária”, contou o titular da 23a Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), delegado Moisés Damasceno.

O comandante do 8° Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Alexandre Costa de Souza, acrescentou que unidades territoriais e especializadas da PM atuam em conjunto promovendo varreduras. “O patrulhamento segue reforçado na região por tempo indeterminado”, completou.

Homicídios dolosos crescem mais de 10% na Bahia em 2022

A sensação do crescimento da insegurança na Bahia não é apenas um “feeling” dos baianos, o aumento da violência no estado também é refletido nos números. A quantidade de homicídios dolosos na Bahia registrou um crescimento de 10,11% entre 2021 e 2022, chegando a 5.465 casos no ano passado. Os dados são da Coordenação de Documentação e Estatística, da Polícia Civil. Os números são referentes ao período entre janeiro e novembro de ambos os anos, pois ainda não há dados da quantidade de ocorrências de homicídios dolosos no mês de dezembro de 2022.

Entre janeiro e novembro, a Bahia registrou 4.912 casos no ano retrasado. Somando com dezembro, esse número sobe para 5.312, quantidade inferior ao reportado no somatório de 2022, mesmo com a ausência do 12º mês do ano. O maior crescimento foi constatado na cidade de Salvador, com uma alta de 15,16% nos homicídios dolosos. Até novembro do ano passado, a capital baiana totalizou 1.360 casos, enquanto no mesmo intervalo de 2021 foram registradas 1.181 ocorrências. Levando em consideração o mês de dezembro, o ano retrasado somou 1.256 casos.

Outra região com crescimento foi o interior do estado, com exceção da Região Metropolitana (RMS). Os 404 municípios que compõem o grupo registraram 3.509 homicídios dolosos em 2022, uma alta de 11,43% ante ao mesmo período do ano anterior, no qual registrou 3.149 casos (3.414 contando com dezembro). A Região Metropolitana teve um crescimento menor em comparação com os outros trechos da Bahia. A RMS registrou uma alta de 2,34% no casos de homicídios dolosos em 2022, chegando a 596 ocorrências até novembro. No mesmo período do ano anterior, foram 582 boletins registrados pela Polícia Civil. Contando com dezembro, esse número sobe para 642. Bahia Notícias.

Duas pessoas ficam feridas durante acidente na BR-330 em Ubatã

Duas pessoas ficaram feridas em um acidente na BR-330, na altura da entrada do Barreiro, na tarde desta quinta-feira, 26, no município de Ubatã. O acidente envolveu dois veículos de passeio: um Gol e um Ônix. Conforme informações da Polícia Militar, a condutora de um Gol, que não tem habilitação, seguia em direção a Ipiaú, quando teria o perdido o controle do veículo, invadido o acostamento da pista contrária, voltado para rodovia e colidido no Ônix, que seguia em direção a Ubatã.

Com a colisão, os veículos rodaram na pista e as duas ocupantes do Ônix, conduzido por uma enfermeira de Ubatã, ficaram feridas. A condutora do Gol saiu ilesa. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e conduziu as vítimas a um hospital. A PM esteve no local e acionou a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que registrará a ocorrência. Não foi informado se os veículos possuíam seguro. *As informações são do Ubatã Notícias