Itiruçu Online – Aqui Bahia Jornalismo de Qualidade e Responsabilidade Social

Bolsonaro faz da Globo a emissora mais bem paga por publicidade do governo; saiba valores

Como diria o filósofo Justin Bieber: nunca diga nunca. O governo Bolsonaro praticamente dobrou o gasto com publicidade na rede Globo, velho desafeto do presidente, de janeiro a junho deste ano.

A comparação é com o mesmo período de 2021. Pré-candidato à reeleição, Bolsonaro (PL) busca conquistar o eleitorado para não sofrer uma derrota para o ex-presidente Lula (PT), que lidera as pesquisas de intenção de voto.

O gasto de Bolsonaro é para ocupar espaço institucional na mídia divulgando obras e programas criados desde que assumiu a cadeira da presidência, em 2019.

O levantamento feito pelo UOL mostra ainda uma mudança no perfil de investimento feito pela pasta. Na TV, o Palácio do Planalto deu prioridade às campanhas institucionais, isto é, que mostram os feitos da gestão e ajudam a inflar a popularidade do presidente.

Em 2021, a Secom havia comprado espaço na Globo para 46 inserções publicitárias categorizadas como “utilidade pública” e apenas dez para materiais institucionais.

Já de 1º de janeiro a 21 de junho deste ano, são 72 campanhas institucionais na maior emissora do país (86% a mais) e apenas duas, “utilidade pública” (96% a menos).

Segundo a Secom, em levantamento feito pelo UOL, nos seis primeiros meses de 2021, a Globo recebeu R$ 6,5 milhões em valores líquidos pagos por materiais publicitários de televisão veiculados em âmbito nacional e regional. O valor saltou para R$11,4 milhões em 2022, ano de eleição.

Os valores fizeram com que a Globo se tornasse a ‘queridinha’ de Bolsonaro quando o assunto é TV aberta.

Somados, os cinco maiores canais da TV aberta (Globo, SBT, Rede TV, Record e Band) receberam em 2022 montante de pouco mais de R$ 33 milhões — maior valor desde 2019, ano em que Bolsonaro chegou ao poder. Do B.News.

Polícia divulga balanço de ocorrências durante o São Pedro de Itiruçu

O retorno da festa de São Pedro em Itiruçu, finalizada na manhã dessa segunda-feira (04), ficou registrado como um dos maiores eventos do interior do Estado. Balizadas por uma excelente estrutura organizacional e de segurança, diversas atrações de sucesso no cenário nacional se apresentaram nas quatro noites de festa.

As Polícias Civil e Militar divulgaram um balanço geral das ocorrências registradas no circuito da festa entre os dias 30/06 a 03 de Julho. De acordo com os dados compartilhados com o ITIRUÇU ONLINE, foram lavrados dois Autos de Prisão em Flagrante, um de porte ilegal de arma de fogo c/c lei Maria da Penha e outro de tráfico de drogas. Além disso, houve o registro de 01 Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por desacato; 10 ocorrências de furto de celular, sendo 09 no Forró Coffe e um no circuito do São Pedro de Itiruçu; 01 ocorrência de documento perdido e 01 ocorrência de lesão corporal.
A Polícia Militar estima que durante as quatro noites de festa, a Praça Gilberto Scaldafi, Centro de Itiruçu, tenha recebido um público de cerca de 84 mil pessoas. O Major Alécio Marques – comandante da 93ª CIPM, destacou que forma mais de 150 Policiais Militares empregados no circuito nos quatro dias de festa. O Balaço é da 93 CIPM.

Em alta de casos, leitos de UTI para Covid chega a 100% de ocupação em Jequié

Foto/Blog Itiruçu Online,

O número de casos positivos da Covid-19, permanecem em crescimento desde o início da última semana de junho, em Jequié e região. O Boletim Covid-19 divulgado pela Secretaria de Saúde do município, neste domingo (03), registra 445 casos ativos e 26 pacientes positivados nas últimas 24h00. A taxa de ocupação de leitos/adulto para Covid-19, atinge os 100% (para um total de 10 leitos), sendo 2 deles ocupados por pacientes de Jequié e 8 com pessoas procedentes de outros municípios pactuados.

Infarto silencioso não tratado aumenta risco de morte por novas ocorrências

O infarto silencioso do miocárdio é muito mais comum do que se imagina. Pesquisas revelam que quase metade dos casos podem não apresentar os sintomas clássicos: dor intensa e prolongada no peito, com sensação de ardência ou aperto, que irradia pelo braço esquerdo até o pescoço ou mandíbula, acompanhada ou não de suor excessivo, palidez, náuseas, vômitos e aumento na frequência cardíaca. Por esta razão, a doença pode permanecer desconhecida e não tratada, o que amplia o risco de morte em uma possível nova ocorrência e complicações como a insuficiência cardíaca. Pacientes com colesterol alto, fumantes, diabéticos, hipertensos, obesos, sedentários, pessoas com histórico familiar, depressão ou quadros agudos de estresse tem maior chance de ter infarto, sendo a forma “ silenciosa” mais comum em mulheres, idosos e diabéticos. Quanto antes o diagnóstico for confirmado, mais precoce o tratamento realizado para evitar novos episódios e suas possíveis complicações.

Também conhecido como ataque cardíaco, o infarto é a morte das células de uma região do músculo do coração devido à formação de um coágulo que interrompe o fluxo sanguíneo de forma súbita e intensa. Sua principal causa é a aterosclerose, acúmulo de placas de gordura no interior das artérias coronárias. Na maioria dos casos, o infarto ocorre quando uma dessas placas se rompe, formando o coágulo, interrompendo o fluxo sanguíneo e diminuindo a oxigenação das células do miocárdio. As doenças cardiovasculares são líderes de mortalidade no Brasil e no mundo. Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), cerca de 14 milhões de brasileiros têm alguma doença no coração e cerca de 400 mil morrem por ano em decorrência dessas enfermidades. O Acidente Vascular Cerebral (AVC) e o infarto agudo do miocárdio estão entre as principais causas de morte no país. (mais…)

Eleição de 2022 terá campanha mais curta desde 1994: Confira prazos para eleitores e pré-candidatos

DO G1– A pouco tempo do 1º turno das eleições de 2022, partidos e pré-candidatos se articulam para a eleição presidencial mais curta desde 1994. Neste ano, a campanha eleitoral será feita entre 16 de agosto e 1º de outubro, um período de 46 dias de ações nas ruas e internet. O ano com intervalo mais curto até então ocorreu na última eleição, em 2018, com 50 dias liberados para distribuição de santinhos, pedidos de votos e eventos oficiais das campanhas (confira na tabela abaixo). Com mudança na lei eleitoral, o intervalo foi reduzido e criada a pré-campanha – quando os políticos podem se chamar de pré-candidatos e debaterem, mas sem pedir explicitamente voto ou apoio.

Antes da mudança na lei, os partidos e candidatos tinham período maior para apresentarem seus projetos aos eleitores, com o mínimo de 85 dias para a eleição à Presidência (o que ocorreu em 2006, na reeleição de Lula). A média entre 1994 e 2014 era de 90 dias com as campanhas nas ruas — inclui também os materiais veiculados em rádio e TV.

Eleitores e pré-candidatos têm uma série de prazos até a realização do 1º turno, em 2 de outubro, em que poderão pedir voto em trânsito e apresentarem oficialmente o registro de candidaturas, por exemplo.

Confira os principais prazos até o 1º turno:

 

Eleitores:

  • 12 de julho: início da data em que os eleitores podem pedir para votar em trânsito.
  • 18 de julho: alterações ou retirada da 1ª via do título para cidadãos com algum tipo de deficiência ou mobilidade reduzida.
  • 3 de agosto: nomeação dos mesários.
  • 18 de agosto: termina prazo para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida atualizarem sua situação eleitoral.
  • 2 de outubro: realização do 1º turno em todo país.

Pré-candidatos:

  • 20 de julho: início das convenções partidárias e que o TSE divulga o limite de gastos para cada cargo em disputa.
  • 5 de agosto: último dia para as convenções partidárias.
  • 12 de agosto: TSE define o tempo de propaganda em rádio e TV para cada chapa.
  • 15 de agosto: último dia para o registro das candidaturas.
  • 16 de agosto: começa oficialmente a campanha eleitoral.
  • 26 de agosto: início da campanha em rádio e TV.
  • 1 de outubro: fim da propaganda eleitoral.
  • 2 de outubro: realização do 1º turno em todo país.

Viatura da Polícia Militar se envolve em acidente no Centro de Itiruçu

A Viatura da Polícia Militar de Itiruçu acabou sendo atingida por uma moto na manhã deste sábado (02), no cruzamento entre a Rua Juscelino Kubitschek e a Praça Vivaldo Bastos.

Na moto estavam o piloto e uma pessoa na garupa,que foram socorridas (o) ao Hospital de Itiruçu com ferimentos leves. Na Viatura ninguém ficou ferido.

O acidente ocorreu quando a moto entrou para a conversão saindo da Praça Vivaldo Bastos/ Juscelino Kubitschek e acabou colidindo de frente com a Viatura.

 

Bahia volta a reduzir ICMS sobre combustíveis. Prejuízo chega a R$ 2,4 bilhões

Decreto publicado pelo Governo do Estado nesta sexta-feira (1°) reduziu, mais uma vez, as bases de cálculo do ICMS ((imposto sobre operações relativas à circulação de mercadorias e sobre prestações de serviços de transporte interestadual, intermunicipal e de comunicação) sobre combustíveis na Bahia, ao tomar como parâmetro os preços médios de referência dos últimos 60 meses. As bases de cálculo sobre as quais incide o imposto estadual, que estavam congeladas desde novembro de 2021, passam a vigorar já a partir de julho com valores ainda mais baixos.   O preço de referência para o litro de gasolina, que era R$ 6,5000 até a quinta-feira (30), agora está fixado em R$ 4,9137, o que representa uma redução de 24,4%. Para o litro de diesel S10, o valor reduziu-se de R$ 5,4100 para R$ 3,9963 (queda de 26,24%). Já o valor por quilo do gás de cozinha (GLP) saiu de R$ 5,8900 para R$ 5,3451 (queda de 9,33%).

Com as reduções, de acordo com a Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba), os preços ao consumidor final devem ser reduzidos pelo mercado em R$ 0,46 na Gasolina, R$ 0,25 no Óleo Diesel e R$ 0,78 no botijão de gás de cozinha.   A redução está sendo promovida pelo governo baiano após a publicação dos convênios ICMS 81/22, 82/22 e 83/22 pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), definindo as bases de cálculos do imposto para fins de substituição tributária a partir dos critérios estabelecidos pela Lei Complementar 192/22. As bases de cálculo do  etanol hidratado e do GNV seguem com os valores congelados em 1° de novembro.

Perda de arrecadação 

Apenas a nova redução dos preços de referência para cobrança do ICMS nos combustíveis representa uma perda de arrecadação de R$ 400 milhões mensais para o Estado da Bahia, ou R$ 2,4 bilhões até o final de 2022. Esta perda, de acordo com o secretário da Fazenda, Manoel Vitório, soma-se às que já vinham sendo contabilizadas pelo Estado desde o início do congelamento. A Petrobras segue promovendo sucessivos reajustes nos preços das refinarias, impedindo na prática que os preços caiam de forma sustentável nos postos de combustíveis.

Preço do botijão de cozinha nas refinarias aumentou mais de 600% entre 2002 e 2021, conforme estudo da SEI

A Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento do Estado da Bahia (Seplan-BA), por meio de esforços de integrantes de seu corpo técnico, elaborou um estudo sobre o preço do gás de cozinha intitulado “Preço do Gás de Cozinha (GLP) – 2002-2021. Bahia-Brasil”. A análise foi feita considerando o botijão de gás de 13 kg, que de acordo com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é utilizado por 90,0% dos domicílios do país principalmente para o cozimento de alimentos – sendo, portanto, um importante item de consumo dos lares brasileiros. Por isso, as variações nos níveis de preços do botijão são prontamente sentidas pelas famílias brasileiras, sobretudo, as de menor renda, confirmou o estudo.

O levantamento também traz duas informações relevantes. A primeira delas mostra que, em 2020, o consumo de gás de cozinha aumentou cerca de 5,0%, quando comparado com o observado no ano de 2019, e isso se deve, provavelmente, pelo efeito da pandemia de Covid-19 e pela adoção de políticas de isolamento social e quarentena, que mantiveram fechados estabelecimentos comerciais como os restaurantes e induziram os brasileiros a prepararem refeições em casa. A segunda informação avaliza que houve um maior comprometimento da renda familiar destinada para este item de consumo dos domicílios brasileiros devido aos aumentos dos preços e da procura por botijões de gás.

Com base nos dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares 2017-2018 do IBGE, o estudo da SEI ainda revelou que, no Brasil, 10,0% das famílias mais pobres comprometeram, em média, 6,2% do rendimento mensal familiar para comprar o gás de cozinha, ao passo que, na Bahia, esse comprometimento foi de 7,9%. Entretanto, entre os 10,0% mais ricos, esses percentuais eram de 0,4% e 0,5% para Brasil e Bahia, respectivamente, evidenciando que as elevações de preços do produto penalizaram mais fortemente os mais pobres. (mais…)

Homem é preso por agressões em Itiruçu; Vítimas foram hospitalizadas com graves ferimentos

Um homem acabou sendo preso em Itiruçu depois de agredir a companheira e outras pessoas próximas ao circuito do São Pedro na madrugada desta sexta-feira (01). De acordo com relatos da PM ao Itiruçu Online, a ocorrência solicitada via telefone funcional, dando conta que um homem havia agredido quatro pessoas, quebrado portas em imóvel, em total estado de descontrole. Ao chegar ao local da denúncia, tendo o acusado sido localizado procedendo a guarnição com a abordagem, após isto, feita varredura no veículo, foi encontrado um Revólver Cal 32 Marca INA municiado com 06 cápsulas Intactas, desta forma, duas das 04 vítimas, se apresentaram confirmando os fatos da denúncia.

Outras duas vítimas socorridas ao hospital local, uma delas transferida para o HGPV em Jequié devido ao seu estado delicado de Saúde causada pela agressão do autor. Acusado e vítimas encaminhados para delegacia, para assim dar procedimento a trâmites judiciais.

Carismático com Público, Luan Santana abre são Pedro de Itiruçu

Fotos/Blog ITIRUÇU ONLINE

O cantor Luan Santana abriu os festejos de São Pedro na noite dessa quinta-feira (30), na cidade de Itiruçu, às 22h00. O artista atendeu a imprensa Local, o Itiruçu Online e Itiruçu FM, mas não comentou as polêmicas que envolveram seu show na cidade de Entre Rios.

O show do cantor animou os foliões de início ao fim, cantando seus sucessos. A Festa não bateu record de público na primeira noite como era esperado, mas o artista balançou a Praça.

Ainda subiram no Palco a dupla Tai e Dan e Norberto Curvello.

-->
error: Conteúdo protegido !!