Foto/Blog Itiruçu Online

A Prefeita de Lajedo do Tabocal, Mariane Fagundes, em nota enviada ao Blog Itiruçu Online, comentou o imbróglio envolvendo uma ambulância do hospital da cidade realizando o transporte de carnes para abastecer a unidade hospitalar.

O Caso ganhou repercussão amplamente negativa, sendo repudiado pela comunidade Lajedense.

O veículo foi seguido por dois vereadores da cidade que receberam uma denúncia anônima revelando existir o transporte irregular das carnes, direto da  fornecedora do município de Jaguaquara até ao Hospital da cidade. A Vigilância Sanitária atuou a irregularidade e incinerou  toda carne comprada pelo município e que foi transportada no mesmo local onde são transportados  pacientes na ambulância.

Em nota da gestão municipal, foi informado ter sido determinado abertura de sindicância e processo administrativo, a fim de apurar as responsabilidades pela grave irregularidade cometida pelos servidores, sendo ainda determinado o afastamento imediato dos envolvidos diretamente no caso em questão, com intuito de preservar as investigações e não comprometer os trabalhos do Hospital e da Secretaria de Saúde de Lajedo do Tabocal. Segundo a prefeitura, o caso foi entregue ao departamento jurídico e todas as providências para apuração interna estão sendo tomadas. O município garantiu que assim que todos os atos administrativos forem tomados, para que haja transparência das apurações, serão devidamente publicadas. O Município destacou ainda que, após conhecimento do ocorrido, foi diligenciado de forma emergencial e urgente, a incineração dos produtos transportados de maneira irregular, evitando assim que ocorresse o consumo humano.

O que houve questionamentos é que, caso não fosse descoberta irregularidade pelos vereadores, pacientes e funcionários da Unidade Hospitalar estariam sendo alimentados por produtos transportados fora de todos os padrões de higiene e com anuência da gestão hospitalar.

A prefeita também se pronunciou sobre o assunto através de nota, assegurando não ter culpa por irregularidade cometida por servidores no exercício de suas atribuições. “Irregularidades são cometidas por indivíduos, não se pode terceirizar culpa, sob pena de não responsabilizar devidamente os culpados pela infração. Determinei abertura de sindicância e procedimento administrativo com o consequente afastamento de todos os servidores envolvidos diretamente no fato supracitado. Reitero meu compromisso com o povo lajedense em apurar, julgar e condenar os culpados, e prometo envidar todos os meus esforços para diariamente oferecer melhores condições para nossa população”, diz a prefeita.

 


Aplicativo de Celular ENEM 2019

Os cartões de confirmação de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 já estão disponíveis. Entre outras informações, os estudantes têm acesso ao local onde farão o exame neste ano. As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro.

“A recomendação primeira é que o participante imprima o cartão de confirmação e, aqueles que precisam, imprimam a declaração de comparecimento e levem os dois para a aplicação do exame”, disse à Agência Brasil o diretor de Gestão e Planejamento do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Murillo Gameiro.

Uma vez sabendo o local de aplicação, o diretor recomenda que os participantes façam o trajeto de casa até o lugar, para avaliar a duração do trajeto no dia da prova: “o participante deve conhecer o trajeto até o local de prova, considerando que no dia da prova vai ter um trânsito mais complicado, e haverá várias pessoas participando do Enem. É bom que o participante conheça o trajeto e saiba o tempo que vai gastar de casa até o local da prova.”

No dia do Enem, a dica é chegar no local com antecedência. Os portões abrirão às 12h, pelo horário oficial de Brasília, e serão fechados às 13h.

O Cartão pode ser consultado na Página do Participante, na internet, ou pelo aplicativo do Enem, disponível para download nas plataformas Apple Store e Google Play. Para acessar o Cartão, o participante precisa informar a senha cadastrada na hora da inscrição no Enem 2019. O Inep divulgou um vídeo orientando aqueles que perderam a senha sobre como recuperá-la.

Os estudantes podem conferir, no Cartão, o número da sala onde farão o exame; a opção de língua estrangeira feita durante a inscrição; e o tipo de atendimento específico e especializado com recursos de acessibilidade, caso tenham sido solicitados e aprovados; entre outras informações.

Declaração de comparecimento

Segundo Gameiro, além do cartão, o Inep disponibiliza hoje a declaração de comparecimento do primeiro dia do exame, que deverá ser levada no dia 3 de novembro. A declaração do segundo dia estará disponível a partir do dia 4 de novembro e deverá ser usada no dia 10 de novembro. Essa declaração precisa ser impressa e levada para a prova, quando será assinada pelo coordenador de local de prova. “Dependendo do regime de trabalho, algumas pessoas têm plantão no final de semana e precisam de declaração para ter a falta abonada. São casos específicos”, diz. Essas pessoas, de acordo com o diretor, devem ficar atentas pois o Inep não irá fornecer o comprovante de presença após o dia da prova.

O Enem 2019 será realizado em 1.727 municípios brasileiros. Cerca de 5,1 milhões de estudantes estão inscritos no exame.

Quem já concluiu o ensino médio ou vai concluir este ano pode usar as notas do Enem para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior. Os estudantes podem ainda concorrer a bolsas de estudo pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e a financiamentos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).



Um dos integrantes da viatura que foi atingida por disparos e teve os pneus furados na semana passada, o soldado Rafael Navarro de Andrade Macedo foi um dos conduzidos para a Corregedoria da PM, na operação do Ministério Público que cumpriu mandados de busca e apreensão na sede da Aspra, em Salvador. Ele é um dos 14 policiais encontrados na sede da associação na manhã de hoje.
A vinculação do policial com a Aspra levanta suspeitas sobre a participação dele no ataque a viatura, na última quarta-feira (9). No registro da ocorrência, ele e outros dois policiais relataram que cerca de 20 homens encurralaram a guarnição que havia saído para atender a uma chamada. Segundo os integrantes da viatura, o grupo que interceptou o veículo, não praticou qualquer violência contra eles, mas depredou veículo com tiros, ação posteriormente vinculada a pessoas ligadas à Aspra. De acordo com o corregedor da PM, coronel Augusto César Miranda Magnavita, a presença do soldado na Aspra é um forte indicativo da sua colaboração para a facilitação do ato criminoso.


Vereadores acompanharam ação da Vigilância Sanitária.

Uma ação desrespeitosa foi flagrada nesta quarta-feira (16) no município de Lajedo do Tabocal: uma ambulância do Hospital Álvaro Vasconcelos Fagundes transportando carne que abasteceria a cozinha na Unidade Hospitalar, onde é feita as refeições dos enfermos e funcionários.

De acordo com informações colhidas pelo Itiruçu Online, só foi possível descobrir a ação quando uma denúncia anônima   alertou o desrespeito, revelando que a Ambulância estaria transportando a carne de uma fornecedora do município de Jaguaquara, no espaço onde é feito o transporte de pessoas enfermas.

O assunto viralizou nas redes sociais de Lajedo e cidades vizinhas, com indignação a atitude. Dois vereadores acompanharam o flagrante e a Vigilância Sanitária do Município apreendeu a carne e queimou toda quantidade encontrada na ambulância, havendo carne bovina e suína.

De acordo com os vereadores que acompanharam a ação, Pedrão  e Josemário, seguiram o veículo da BR-116, no Entroncamento de Jaguaquara até o estacionamento do Hospital, quando foi feito o flagrante.

O Itiruçu Online tentou contato com a Secretaria de Saúde, mas não obteve êxito. Ninguém soube precisar de o transporte de carnes já foi feito outras vezes no mesmo veículo. O município até o final da tarde  ainda não havia emitido nota sobre o assunto.


Um servidor público Lucas Santos Cirino, natural de São Paulo, 24 anos lotado na Secretaria de Cultura da Prefeitura Municipal de Jaguaquara foi preso pela Polícia Civil por volta das 18h desta terça-feira (15). Ele é suspeito de armazenar imagens íntimas de uma adolescente de 14 anos.  Segundo Chardson Castro, delegado da Polícia Civil, a denuncia teria sido feita pela menor que vinha sendo assediada. Segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA – Lei nº 8.069 de 13 de Julho de 1990, no Art. 241-B. Adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente: (Incluído pela Lei nº 11.829, de 2008) Pena – reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa. (Incluído pela Lei nº 11.829, de 2008) § 1o.  A pena é diminuída de 1 (um) a 2/3 (dois terços) se de pequena quantidade o material a que se refere o caput deste artigo. (Incluído pela Lei nº 11.829, de 2008). Lucas encontra se custodiado na Delegacia de Policia de Jaguaquara.


O Governo da Bahia publica nesta quarta-feira (16), no Diário Oficial do Estado (DOE), o edital de abertura de inscrições para o novo concurso público na área de segurança do Estado. Serão 1.250 vagas (mil para soldado da Polícia Militar da Bahia e 250 para o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia), com ingresso em 2020. Além dessas 1.250 vagas já distribuídas, serão providas pela convocação outras 1.250 vagas no ano de 2021 entre os candidatos classificados, totalizando 2,5 mil oportunidades. O certame tem validade de um ano, e as convocações irão observar a necessidade da administração pública.
As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, no site da empresa organizadora do certame, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), no endereço: www.ibfc.org.br
O prazo terá início a partir das 9h do dia 21 de outubro, seguindo até as 23h59 do dia 19 de novembro. A taxa de inscrição será no valor de R$ 70 e deve ser paga mediante boleto bancário. A data limite para o pagamento é o dia 20 de novembro – transações feitas fora do prazo serão desconsideradas e inviabilizarão a inscrição do candidato. Tanto a inscrição quanto o pagamento da taxa devem observar o horário de Brasília.
No ato da inscrição, o candidato deverá optar por uma das vagas ofertadas de acordo com o cargo a ser ocupado, região de classificação – município/sede, sexo (masculino e feminino) e se irá concorrer às cotas. O quantitativo de vagas para 2020 será distribuído entre as regiões de Salvador, Alagoinhas, Barreiras, Feira de Santana, Ilhéus, Itaberaba, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Paulo Afonso, Porto Seguro, Teixeira de Freitas, Vitória da Conquista e Santo Antônio de Jesus.
Cargos e requisitos 
Para concorrer ao cargo de soldado da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, é necessário certificado de conclusão do Ensino Médio ou formação técnica profissionalizante de nível médio, expedidos por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Uma vez aprovado, o candidato será incorporado aos quadros do Estado como aluno soldado, percebendo bolsa de estudo no valor de um salário mínimo – condição que irá prevalecer até que conclua o Curso de Formação de Soldado da Polícia Militar da Bahia e do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia. A carga horária para o cargo, nas duas corporações, é de 40 horas semanais.
Provas 
O certame é composto por duas etapas; A primeira conta com provas objetivas de conhecimentos gerais e de conhecimentos específicos. Já a segunda etapa compreende prova discursiva. As duas têm caráter eliminatório e classificatório. As provas serão aplicadas em janeiro de 2020, nas cidades de Salvador, Feira de Santana, Juazeiro, Ilhéus, Vitória da Conquista, Barreiras e Itaberaba, à escolha do candidato. Candidatos que necessitarem de condições especiais para realização das provas, como lactantes, devem observar as regras previstas em edital.
Regras importantes 
O candidato deve estar atento aos critérios do certame a fim de que sua participação no certame seja considerada válida. Por exemplo, somente será computada uma inscrição por CPF e as informações fornecidas devem ser verídicas. Uma vez que o candidato realize o pagamento do boleto bancário, a inscrição é efetivada e as opções para região de classificação – município/sede, sexo (masculino e feminino), concorrência às cotas e local de prova não poderão ser alteradas. O procedimento também confirma que o candidato tem ciência e aceita as normas previstas em edital.
Ao realizar inscrição, também é importante observar os pré-requisitos para participação no curso de formação. O candidato deve possuir nacionalidade brasileira ou portuguesa (de acordo com a legislação), idade entre 18 e 30 anos completos, estatura mínima de 1,60 para homens e 1,55 para mulheres, aptidão física e mental para desempenho das atribuições, entre outras. Outro item importante é a autodeclaração como negro ou pardo. O procedimento é facultativo, mas, candidatos que optarem pelas cotas, terão a autodeclaração referendada pela comissão de heteroidentificação, constituída pela IBFC.

A realização deste concurso público integra as diretrizes da administração estadual para reforço e valorização da segurança pública no Bahia. O último concurso público para as duas corporações, realizado em 2017, ofertou 2.750 vagas e teve 3.438 candidatos aptos ao término das provas objetiva e discursiva.


O governador em exercício, João Leão, assinou na tarde desta segunda-feira (14), no Wish Hotel da Bahia, em Salvador, o decreto de situação de emergência em municípios baianos atingidos pela mancha de óleo que avança pelas praias da região Nordeste. Também foram assinados outros dois documentos: um de recebimento de ajuda da sociedade civil e o segundo solicitando apoio do governo federal. Representantes de diversos órgãos estaduais e municipais estiverem presentes.
“O decreto tem o intuito de nos ajudar a resolver o problema. Ele trata da participação do Estado e dos municípios neste processo para nos habilitar a receber recursos federais. O segundo documento é sobre a cooperação dos capelães do Brasil, que nos ofereceram 5 mil pessoas. Já o terceiro solicita o apoio da Petrobras, que é quem entende do assunto”, explicou Leão. O decreto inclui Camaçari, Conde, Entre Rios, Esplanada, Jandaíra e Lauro de Freitas. O valor a ser recebido por cada cidade vai variar de acordo com o volume das manchas e o tamanho da orla do município.
Até o momento, 35 toneladas de óleo foram retiradas das praias baianas. O trabalho de coleta está sendo feito pelos municípios, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros. “Hoje, eu sobrevoei todo o Litoral Norte, de Salvador a Conde, e encontramos mancha de óleo a partir de Jacuípe. A concentração maior é em Sítio do Conde, Conde e Massarandupió. Fazendo uma comparação entre hoje e sexta-feira [11], houve um decréscimo acentuado da quantidade de óleo que chegou às nossas praias”, afirmou o secretário do Meio Ambiente, João Carlos Oliveira.
Além de limpar as praias, há uma preocupação com os rios e mangues que podem ser atingidos. Um efetivo de 200 bombeiros está trabalhando na retirada dos resíduos. “Estamos intensificando o trabalho principalmente nas regiões onde há dificuldade de acesso, porque nas zonas mais urbanas as prefeituras têm atuado junto com o Governo do Estado. Nós temos colocado para as cidades a possibilidade não somente do decreto de emergência ambiental, como também equipamentos e materiais que permitem a retirada”, declarou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Francisco Telles.
Quem encontrar manchas de óleo na praia pode notificar o Corpo de Bombeiros (193), a Polícia Ambiental (190) ou o Inema (08000 71 14 00). É importante que a população evite as áreas afetadas e não toque ou remova os resíduos.

Beneficiar a população do distrito de Upabuçu, Vitórias e demais comunidades de Itiruçu, e garantir o escoamento da produção agrícola da região são os objetivos da indicação de número 23.589/2019 feita pelo deputado estadual Zé Cocá (PP), ao governador Rui Costa. Através desse documento o deputado reivindicou ao chefe do executivo baiano a revitalização, pavimentação asfáltica, e implantação de sinalização vertical e horizontal na BA-557,  trecho que liga a BA- 250 ao Distrito de Upabuçu, passando pela comunidade da Vitória. A BA BA-556 provoca transtornos durante o ano, quando em adversidade de tempo: com chuva, a lama toma conta de alguns pontos e a trafegabilidade  fica comprometida. Já com tempo de sol firme, os moradores das comunidades que são margeadas pela via, sofrem  com a poeria diariamente.

O trecho tem apenas seis quilômetros e é de extrema importância para a população, em grande parte formada por agricultores que dependem da rodovia para escoar a produção agrícola. O deputado explica que a via representa perigo para quem trafega pelo local e se torna impraticável no período chuvoso. Além do distrito de Upabuçu, a obra solicitada por Zé Cocá vai beneficiar também a população dos povoados do Feto e da Vitória, cortados por pontos críticos da rodovia.


A Equipe da Polícia Rodoviária Federal, apreendeu cerca de 930 quilos de cocaína na madrugada desta segunda-feira (14) em Feira de Santana, distante 116 quilômetros de Salvador. Um homem e uma mulher foram presos em flagrante.

O flagrante ocorreu durante fiscalização da PRF de combate a criminalidade no KM 429 da BR 116, após ordem de parada a um veículo I/M.BENZ, do tipo caminhonete baú, conduzido por um homem de 39 anos. Ele estava acompanhado de uma mulher de 23 anos de idade. Durante a fiscalização, os agentes estranharam o comportamento e a história contada pelos ocupantes da caminhonete, e diante das contradições na entrevista decidiram aprofundar a fiscalização no veículo, quando encontraram os 930 tabletes de cocaína escondidos em compartimento oculto em meio a carga de caixas de isopor.

Questionado, o motorista disse que ‘pegou’ o caminhão em Barreiras (BA) e que o destino da carga seria a cidade turística de Valença, no recôncavo baiano.

Diante dos fatos, a droga e os presos foram conduzidos a Delegacia de Polícia Judiciária, para os trâmites legais.

Entre 01 de janeiro e 14 de outubro 2019, a maconha segue liderando o ranking das drogas mais apreendidas pelos PRFs na Bahia. No total, foram 10,1 toneladas de maconha retiradas de circulação, seguida da cocaína (1,3 toneladas) e do crack (103 quilos).