Itiruçu: Vereadores apresentam nova chapa para a mesa diretora do Biênio 2019/2020

Chapa é apresentada com Nino Mota liderando à Câmara. Foto/Itiruçu Online.

Ficou na história. Talvez delongue vários anos para ocorrer novamente os últimos acontecimentos na Câmara de vereadores de Itiruçu, quando membros da mesa diretora atual e reeleita abandonaram suas funções na chapa do atual presidente, Ezequiel Borges (PRB) e, sobretudo, alegando não haver condições de continuidade com o atual mandatário do Legislativo.

Vereadores exibiram pedido de renúncias dos cargos na mesa diretora e e entraram em outra chapa com Nino Mota. Fotos/Itiruçu Online.

Na última segunda-feira (19), ao abrir a sessão na Câmara de vereadores, por um acordo político entre os colegas para terminar o atual mandato, o atual presidente, Ezequiel Borges,  se viu sem caminho e renunciou a próxima legislatura, da qual, em eleição antecipada (relembre aqui), conseguiu ser reeleito presidente da Câmara para o Biênio 2019/2020, mas num período de cinco meses, acabou perdendo 05 membros na diretoria, inclusive, os que foram eleitos com ele para o próximo Biênio.  O termo “Sem Caminho” é precisamente pela recusa de 07 dos 09 vereadores em formar com ele (Ezequiel), chapa para concorrer o cargo de presidente e de permanecer no atual mandato. Relembre aqui e também aqui.

Vale ressaltar que, mesmo com a renúncia do cargo de presidente para o próximo Biênio, a eleição havia sido judicializada por aportes de irregularidades apontadas por 04 vereadores, sendo Jó de Jú, Robertão, Paulinho e Nino Mota. A justiça cancelou a eleição, mas o presidente recorreu em instancia superior deixando o pleito sob judice. Relembre aqui como foi a eleição.

Grupo de vereadores chamado de G7 apresentou chapa.

Nesta quarta-feira (21), após abertura do novo edital, uma chapa já foi inscrita para concorrer à presidência da Câmara, encabeçada pelo vereador Nino Mota (PC do B) como presidente;  Vice-presidente, Agnaldo Lopes; 1º Secretário, Izíllio Vieira; e 2º Secretário o vereador Antonio Hélio Filho.  A chapa representa o denominado G7 conta com dois vereadores de oposição, Paulinho e Robertão, que participaram das articulações.

Tratando-se de política, onde  articulações ocorrem até de olhos fechados, e de acordo com o edital, ainda podem ser inscritas chapas 24h antes do dia de votação, que será realizada dia 10/12, às 19h30. O processo eleitoral só poderá ser realizado com a presença da maioria absoluta dos membros da câmara. A apuração será realizada e o resultado proclamado imediatamente, sendo que os eleitos somente tomarão posse em 01 de Janeiro de 2019.  A votação é de voto aberto. Clique aqui e confira o edital.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas