Zé Cocá pede revitalização do distrito industrial de Jequié e construção de ciclovia

O deputado Zé Cocá (PP) encaminhou à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) uma indicação direcionada ao governador Rui Costa, para que sejam feitos estudos necessários, no âmbito da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, com vistas à revitalização do Distrito Industrial de Jequié.

O progressista sugere que na referida área industrial sejam realizados serviços de pavimentação asfáltica, construção de meios-fios e de calçadas, além da implantação de ciclovia, no trecho compreendido entre os bairros do Mandacaru até o quilômetro 3. No documento, Cocá relata que o Distrito Industrial de Jequié foi fundado em 1973, localizando-se a sudeste da cidade, às margens do Rio de Contas, distante do perímetro urbano cerca de 500 metros.

Segundo explica o parlamentar, o município destaca-se quanto à logística, facilitada pela proximidade de Vitória da Conquista (153 km) e da capital, Salvador (357 km), sendo também próximo dos municípios do litoral, como Ilhéus (205 Km) e Itabuna (186 km). O Distrito Industrial de Jequié – conforme dados da extinta Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Sudic) – conta hoje com um total de 35 empresas e órgãos instalados e quatro em processo de instalação, com previsão de investimentos da ordem de R$ 2 milhões. No total das empresas em funcionamento são computados 5,7 mil funcionários e investimento total em torno de R$ 44 milhões.

O deputado diz ainda que a mão de obra, em mais de 90% dos casos, é formada por moradores do município de Jequié, que “em função da precariedade no acesso ao distrito, utilizam-se de bicicletas como meio de locomoção”. Zé Cocá diz que a maioria das empresas instaladas, a exemplo da Petyan, a Amazonas e a Le Brut, planeja ampliar os investimentos, mas “encontra dificuldades devido às deficiências de infraestrutura”, como pavimentação, drenagem, segurança, iluminação, esgotamento sanitário e coleta de lixo.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas