Sofrendo com pobreza, Salvador tem quatro candidatos a prefeito milionários

candidatos

Os problemas que Salvador enfrenta em relação à pobreza de parte da população e desemprego atingindo cada vez mais famílias não refletem na conta bancária da maioria dos candidatos à prefeitura da capital baiana. Segundo declarado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quatro candidatos a prefeito podem ser considerados milionários e um está caminhando para também em breve fazer parte desse time.

O primeiro lugar é ocupado com folga pelo prefeito e candidato à reeleição, ACM Neto (DEM), com uma fortuna que lhe coloca como um dos políticos mais ricos de todo o país. Neto declarou patrimônio total de nada menos que R$ 27 milhões. Entre os bens do prefeito, estão empresas de comunicação, terreno e um luxuoso apartamento avaliado em R$ 6 milhões.

Bem atrás de Neto, mas também diferente de boa parte da população soteropolitana, Claudio Silva (PP) está na segunda colocação dos milionários concorrendo ao posto máximo do Executivo Municipal. Entre terrenos, carro, apartamento e R$ 800 mil em espécie, o pepista declarou R$3.510.122,97 de patrimônio.

Já Alice Portugal (PCdoB), apesar de fazer parte de um partido comunista, conseguiu acumular ao longo de seus 57 anos de vida uma fortuna avaliada em R$1.103.374,21. Dentre os bens da deputada federal, que conta com o importante apoio do PT, estão um apartamento na Federação avaliado em R$ 1 milhão, além de dois carros.

A surpresa da lista de milionários é a presença da vice-prefeita e professora Célia Sacramento (PPL), que entrou de última hora na disputa pela prefeitura de Salvador. Com uma casa em um condomínio de luxo em Lauro de Freitas e um terreno também em um condomínio badalado da cidade da Região Metropolitana de Salvador, além de um veículo avaliado em R$ 75 mil, Célia declarou pouco mais de R$ 1 milhão em bens.

Por fim, Sargento Isidório (PDT), apesar de ainda não um milionário, conseguiu acumular R$ 350 mil em dinheiro em espécie, além de uma casa e três automóveis. O deputado estadual declarou R$555.500,00 em bens. Em 2014, quando concorreu ao cargo de deputado estadual, Isidório havia declarado R$ 592 mil em bens.

Breno Cunha
Varelanoticias.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas