Lagedo Tabocal: Prefeita diz que ainda não foi notificada sobre possível prática de Nepotismo

Foto/ Blog Itiruçu Online

A prefeita de Lagedo do Tabocal, Mariane Fagundes, recebeu por meio das redes sociais, a informação de uma denúncia protocolada na última quarta-feira, dia 06, no Ministério Público sobre possíveis práticas de nepotismo em sua gestão. A denúncia foi protocolada no dia 06 de setembro do corrente ano, véspera do feriado nacional, no Ministério Público Estadual de Itiruçu, assinada pelo Blogueiro Eli Moraes.

 

Segundo a Prefeita,  estão  antecipando as medidas administrativas do Ministério Público Estadual, quando divulgam  que deverá ser instaurado um inquérito civil, sem sequer o MP constatar preliminarmente a legitimidade da denúncia, no que diz respeito aos indícios de nepotismo em sua gestão.

 

-“Estarei aguardando o pronunciando do Ministério Público Estadual. Se for comprovado pelo Ministério Público que a denúncia formulada possua indícios suficientes de nepotismo, estarei juntamente com o meu corpo jurídico, fazendo a minha defesa e, se por ventura, o Ministério Público, opinar, no sentido, que eu tenha que rever os quadros de cargos em comissão ou de confiança, e adequá-los conforme o entendimento firmado pelo Supremo Tribunal Federal, através da Súmula Vinculante 13, estarei disposta a cumprir à Lei. Quero  ter na minha administração os órgãos fiscalizadores   como meus aliados, parceiros, me orientando como devo administrar o dinheiro público; como devo primar para que nenhum ato da minha administração, macule, infrinja ou arranhe mandamentos constitucionais inclusive, temos solicitado a participação do MP inclusive nos procedimentos licitatórios através de ofícios e emails. O meu anseio é ver a minha Lagedo do Tabocal melhor e próspera, esse meu desejo será sempre maior do que todas as dificuldades que estou enfrentando com a situação atual que está passando o nosso País, no qual uma crise financeira nos bate à porta. Através de um decreto baixei o valor dos meus subsídios e dos demais agentes políticos; com uma navalha no meu coração, estou sendo obrigada a demitir funcionários, pessoalmente tão caros pra mim. Se tiver que administrar na escassez, se for este o meu desafio irei enfrentar, com pulsos firmes para que as necessidades essenciais do meu povo como saúde e educação sejam garantidas”- disse a prefeita.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas