Giuliano dispara: Wagner e Jutahy fazem falsas promessas; se não está dando certo em Itiruçu dará em Jaguaquara?

10592799_316279971876928_5576872585954744910_n

Em entrevista a imprensa na manhã desta terça-feira (12) durante reinauguração da sede do Sine Bahia em Jaguaquara, o prefeito Giuliano Martinelli falou pela primeira vez sobre a ida do vice-prefeito Raimundo Louzado para a chapa de oposição e sobre o  afastamento da gestão municipal. Giuliano não estava em tom agradável ao citar a perda de um aliado político, para ele, é um desfalque irreparável tanto no campo político quando na gestão municipal.

“Esse é um assunto que muito mim entristeceu, isso é um fato. Estarei fazendo um pronunciamento com maior precisão depois que Raimundo falar da situação com a imprensa.  A meu ver, é uma prejuizo  irreparável, pois todos sabem que não o tenho apenas como vice-prefeito, mas também como amigo-irmão. A vida de cada um é feita de opções, eu tive a minha e ele está tendo a dele, que Deus abençoe àquele que estiver certo, eu não estou feliz com essa situação, acho que a união faz força. Sabemos de nosso comprometimento com o povo de Jaguaquara, não é atoa que hoje sou fiel ao grupo de João Leão, Cacá e Aderbal Caldas, por conta desse comprometimento com Jaguaquara. Eles acreditaram em mim como um agente transformador dessa cidade, então,  sobre meu amigo Raimundo falarei depois que ouvir o pronunciamento dele, mas uma coisa eu tenho dito sempre que uso os microfones da Rádio Povo: o povo de Jaguaquara não é mais besta não!  Os deputados que povoarão Jaguaquara nesta eleição, são os paraquedistas e já estão com as malas pretas em nosso município novamente. Ai, eu volto a repetir para que o  eleitorado de Jaguaquara  peça sua “fatia” do bolo também, pois o bolo é grande!  Eles estão usando de um momento político para se aproveitarem da situação e desarticular um grupo, mas tenho muita fé em Deus e sei  que nada irá atrapalhar meus planos, nosso Deus sabe de todas as coisas e comigo não será diferente”, afirmou Giuliano.

O prefeito ainda citou o atual prefeito de Itiruçu como um dos  que articulou a saída do vice-prefeito da base do governo, e em tom de decepção, disparou contra Wagner.

“O que muito mim decepciona, é que vejo um prefeito como Wagner Novaes, que sai de um município como Itiruçu, chorando em não poder realizar um São Pedro por não ter dinheiro, pregando não haver condições de pagar uma serie de coisas por falta de recursos e dai vem a nosso município para fazer propostas indecentes ao vice-prefeito e a grupos, fazendo uma “falsa promessa”, nada mais que isso ele está fazendo com Jutahy em Jaguaquara, pois Jutahy já foi votado em Jaguaquara por mais de 16 anos e nunca trouxe uma pedra para o município, mas  voltará agora em mais uma eleição. Volto a dizer que Raimundo será meu eterno amigo, jamais existirá brigas entre nós, por mais que sua opção tenha sido outra. Respeito à opção dele, mas o que mim entristece é vê  Wagner Novaes sair de Itiruçu e vir fazer gracinha com o deputado dele em Jaguaquara, mais o povo aqui não é mais besta não, e sabem muito bem, sabem que quem trabalhou por Jaguaquara foram os deputados João Leão e Cacá Leão, agora entrou Aderbal pelo simples motivo de Leão ter ido para vice e Cacá para federal. Mais eu quero dizer a todos os cidadãos jaguaquarenses: se Wagner não está dando certo em Itiruçu, dará certo em Jaguaquara? Essa é a pergunta que fica no ar!”.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas