1º Secretário agora é quem organiza pautas das reuniões

1º Secretário agora é quem organiza pautas das reuniões.Fotos/Blog Itiruçu Online 

A instalação de mais um período legislativo, conforme o presidente da Câmara é uma contagem normativa que reforça a atuação da Câmara como poder independente e sintonizado harmonicamente com os demais poderes constituídos. Uma mudança na nova mesa chamou a atenção na casa, que foi, pela primeira vez, o 1º Secretário eleito para mesa diretora atuar na função, lendo as preposições e atas do Legislativo, papel que antes era exercido pela secretária (funcionária efetiva ou contratada) da Câmara.

DSC00251

A Mesa Diretora comemora os avanços na estrutura administrativa como: transmissão das sessões via rádio comunitária, voto aberto e sessões nos Bairros, através das sessões itinerantes.

DSC00253

A presença de Guardas Municipais também foi importante na primeira sessão do ano, tendo em vista a discussão sobre a Lei de Criação da Guarda Municipal iniciada com uma segunda indicação, sustentada pela oposição, que reitera a indicação do vereador Paulinho (PSB) feita em 2013 com o mesmo objetivo. A indicação foi aprovada pelos 09 vereadores.


coelbas

A Coelba informa à população de Itiruçu, através de comunicado, que irá realizar um desligamento programado no fornecimento de energia elétrica na próxima segunda-feira, dia 02 de Fevereiro, das 08h30min às 12h30minh.

 O desligamento atingirá parte do Loteamento Francisco Inácio de Souza, Praça Vivaldo Bastos, Praça Albino Serra, Praça Antonio Cardoso, Praça Auro Rocha, Rua Ernesto Souza, Rua Juracy Magalhães, Rua Juscelino Kubitscheck, Rua Pedro Ribeiro, Rua Presidente Vargas e Rua Romeu Silva.

 O desligamento será necessário para que técnicos da concessionária possam realizar, com segurança, serviços de manutenção e melhoramento na rede elétrica que atende ao município. A empresa solicita ainda que não sejam realizados reparos elétricos durante este período para evitar acidentes e, ainda, que sejam desligadas as chaves gerais das residências e retiradas todas as tomadas de aparelhos das conexões.

 Caso não seja possível realizar os reparos por adversidades no tempo, será agendado um novo desligamento e comunicado via imprensa. A empresa agradece a compreensão de seus clientes e coloca-se à disposição para os esclarecimentos necessários.


Política já é acirrada nos bastidores. Foto/Blog Itiruçu Online

Política já é acirrada nos bastidores. Foto/Blog Itiruçu Online

A praticamente dois anos das eleições municipais, já é intensa a movimentação nos bastidores políticos em torno da especulação dos possíveis nomes que poderão disputar o cargo de prefeito de Itiruçu em 2016.

Além do prefeito Wagner Novaes (PSDB), que naturalmente deverá ir para a reeleição, ou indicar seu candidato, surgem nos cenários nomes que deverão protagonizar uma das campanhas mais disputadas dos últimos anos pela majoritária nas chapas. Na questão de sucessão pela base do atual governo, devem priorizar, além do prefeito, o nome da vice-prefeita Dra. Rita Novaes ou de seu esposo Aílton Cezarino, que geriu o município de 2005 a 2009. Outros nomes na base também estão sendo cogitados, a exemplo do vereador Val Caetano e Paulo Ézio, além da primeira-dama Marlete Novaes.

Na semana passada, durante uma entrevista concedida para o Itiruçu Online, o vereador Junior Petrúquio também disse ser uma das opções pela Oposição.  Junior afirmou que poderá lançar seu nome na disputa para prefeito em 2016. Com ele, centra na oposição atenção em torno da médica Lorena Di Gregório, ambos do PT, que ganhou um terceiro nome como possível candidato, Jorge Assis, preferência do ex-prefeito Carlinhos, também do PT. Para o ex-prefeito, resta apoiar um nome, pois durante os 04 anos a frente do município, conseguiu ter três contas rejeitadas e entrou no rol dos políticos ficha sujas. Clique aqui e veja lista.

Apesar de negar veementemente, o vereador Alexandre Maimone do PC do B, é um dos que sonha em comandar o executivo municipal. A oposição está de força revigorada com a eleição da Câmara Municipal, quando, na oportunidade, travou luta pela cadeira do Legislativo e cooptou um dos vereadores da situação para ser o presidente. Relembre aqui. O certo é que, apesar das articulações dos bastidores, todos os partidos optam por manter o silêncio.

Outro nome que afirmou para o Itiruçu Online pleitear o cargo é Edeildo Borges, o ‘DD’, que visa construir uma candidatura pelo SSD-Solidariedade, com ajuda o ex-deputado federal Luiz Argolo.

Edeildo Borges deixou o Partido Progressista-PP, sigla do atual vice-governador da Bahia, João Leão, o que deixa a sigla sem nome de força e respaldo de voto o suficiente para galgar o executivo, que nos dias atuais é representada pelas baixarias nas redes sociais, ventilando mentiras e acusações levianas aos desafetos. Segundo informações, o atual vice-governador já planeja uma nova comissão municipal para doar a sigla.  Se é verdade ou não, o certo é que o partido conta com alguns candidatos a vereadores, mas o líder não é aceito por nenhuma outra candidatura, nem pelo PT, nem pelo PSDB. Ou lança um nome, ou fica de fora da disputa, pois muitos políticos ameaçam não compor palanques com o PP local.


Foto/Blog Itiruçu Online

Foto/Blog Itiruçu Online

Em 2012, após as eleições municipais, o vereador Alexandre Maimone (PC do B) o ex-prefeito Carlos Roberto Martinelli e sua então candidata a vice na chapa Majoritária, Dra. Lorena Moura de Gregório, foram processados por compra de votos, em acusação formulada pela Coligação União da Renovação com o Desenvolvimento, vencedora do pleito.

No último dia 15 deste mês, janeiro de 2015, a juíza derrubou o parecer do Ministério Público que opinava pela perda do mandato (no caso do vereador eleito, Alexandre) e dos direitos políticos dos acusados por crime eleitoral, em uma das representações reclamada pela Coligação adversária.

A decisão inocente os acusados no primeiro processo, denominado de AIJE, restando à publicação de decisão em outro processo que os acusam de Corrupção Eleitoral. A Primeira decisão inocenta, além dos acusados, a participação da empresa Casa Brito como entregadora de materiais para pagar eleitores em troca de votos. O Advogado de defesa do vereador acredita que o processo será favorável pela ausência de provas concretas contra o edil.


carlinhositirucu

Uma decisão da 37ª zona eleitoral, em Maracás, no Vale do Jiquiriçá, julgou improcedente um processo de abuso de poder econômico e captação ilícita de voto contra o ex-prefeito de Itiruçu, Carlos Roberto Martinelli, o Carlinhos (PT), da coligação “Itiruçu Feliz”, ocorrido nas eleições municipais de 2012. A ação foi movida pelo atual prefeito, Wagner Pereira Novaes, (PSDB), da coligação ”União da Renovação com o Desenvolvimento”.

De acordo com a decisão da juíza, não houve provas suficientes para imputar os crimes apontados. Na acusação dos adversários de Carlinhos, a campanha do ex-gestor teria distribuído materiais de construção, como blocos de cerâmica, sacos de cimento, tubos de esgoto e telhas de amianto, além de cestas básicas, remédio e dinheiro como promessas de emprego, dentre outros benefícios, o que configuraria prática ilegal. A decisão da juíza Monique Ribeiro Gomes foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico desta quinta-feira (22). Ainda cabe recurso do processo.

A Coligação União da Renovação com o Desenvolvimento disse que já  recorreu da decisão. Segundo a coligação, o ex-prefeito ainda responde por um outro processo de compra de votos, ainda a espera de julgamento. Informes do Bahia Notícias.


Foto/Blog Itiruçu Online

Foto/Blog Itiruçu Online

O vereador Junior Petrúquio (PT) é um dos nomes que está como pré-candidato a prefeito nas eleições 2016 pelo grupo de oposição em Itiruçu. O parlamentar que tem se destacado no seu mandato na Câmara Municipal disse que o grupo oposicionista estar unido e disposto a trabalhar para retomar a prefeitura.

Ainda segundo o edil, em conversa com o Blog Itiruçu Online, a oposição está trabalhado e além de seu nome, existem outros que também desejam se candidatar e, devem por obrigação discutirem o mais bem avaliado no momento. “Estou vereador e fazendo meu papel de fiscalizador. É meu dever está sempre à disposição de Itiruçu, tenho feito o máximo que posso na área da saúde, priorizando as pessoas mais carentes. Não irei impor minha candidatura, mas estou à disposição de meu grupo político, para votar e ser votado, isso faz parte da democracia. É momento de todos trabalharmos para apontar soluções, o que estamos fazendo, mas infelizmente o grupo da atual gestão municipal não está sabendo ouvir”, disse o vereador.


Foto/Blog Itiruçu Online

Fotos/Blog Itiruçu Online

A prefeitura de Itiruçu publicou no diário oficial o cancelamento do contrato com o escritório Simas e Menezes Advogados Associados, de Salvador, no valor de R$ 400 mil, que tinha como finalidade buscar na Justiça cotas do FPM que, segundo o prefeito Wagner Novaes (PSDB), foram retidas indevidamente pela Receita Federal entre junho de 2012 e o dezembro de 2013.

Após repercutir negativamente, prefeito voltou atrás de contrato

Após repercutir negativamente, prefeito voltou atrás de contrato

Depois de publicação no Blog Itiruçu Online, o  Contrato repercutiu nos principais meios de comunicação do estado pelo valor estipulado para a empresa de advogados. O município recorreria por desfalques no FPM no valor de aproximadamente R$ 2 milhões de reais. Ainda não foi informado se o município manterá a ação através do departamento jurídico municipal.


  Vereador Paulinho fiscaliza  recuperação das estradas


Vereador Paulinho fiscaliza recuperação das estradas

A prefeitura de Itiruçu, após muitas reclamações, iniciou a recuperação da BA 577, estrada que liga a sede as comunidades rurais do município. A situação é lastimável, pois após as chuvas as estradas ficaram intransitáveis.

 estradas

Com o inicio do patrolamento os moradores rurais passaram a ter os problemas amenizados.  Para quem não sabe, a BA 577 já se tornou piada em campanhas eleitorais, pois nos últimos 16 anos, em todas eleições estaduais, todas elas anteriormente disputadas, aparecem deputados prometendo ações de asfaltamento, mas não passam de promessas eleitoreiras e somem, levando a confiança do povo.

Para que o município iniciasse a recuperação, foi preciso muitas críticas e reuniões com vereadores. Uma das reuniões aconteceu na última semana, entre os vereadores aliados, que cobraram atitude para atender os reclames da população.

 IMG-20150116-WA0045

Além da recuperação da trafegabilidade da BA 577, o município informou que irá recuperar as estradas vicinais em todas as comunidades. Os serviços estão sendo realizados na região da Várzea, para em seguida iniciar da Vila Geraldo Cerqueira ao distrito de Upabuçu.


Foto/Leitor do Online. Praça da Feira tomada por cachorros

Foto/Leitor do Online. Praça da Feira tomada por cachorros

Não é de hoje as reclamações pela ausência de  uma política mais eficaz com relação ao controle de animais soltos pelas ruas da cidade de Itiruçu. É um problema crônico e parece ser sem solução.

 

As cenas desses animais perambulando livremente estão por todas as partes, e não só nos bairros periféricos aonde, devido aos sítios vizinhos, vez por outra, diariamente, encontramos cavalos, jumentos, vacas, bodes e outros ruminantes em desfile, que acabam tomando o centro como destino.

 

Não há uma posição do município sobre ações no sentido de recolher animais, vez que alegam não ter um canil para acolhê-los. Enquanto isso, os munícipes convivem com riscos à saúde, aparecimento de carrapatos, pulgas e correm o risco de serem atacados por cachorros, isso, acredite, em todos os bairros.

 

Todos os dias a redação do Blog Itiruçu Online recebe fotos e relatos dos moradores que alegam sofrer com os animais soltos. Ano novo,  problemas antigos.