A seleção de Itiruçu depois de vários anos voltou a figurar entre as melhores em competição regional. Desta vez, a seleção Sub23, comandada pelo técnico Bita, garantiu vaga na semifinal da Copa Laje de Futebol Sub23. O primeiro jogo foi realizado em Itiruçu, diante da equipe de São Miguel das Matas. O resultado não foi bom, pois a derrota de 1×0 com gol de pênalti obriga que a seleção busque o resultado fora de casa, no próximo domingo, dia 30.

Para reforçar o pedido de apoio aos jogadores e comissão, os vereadores Robertão e Sidimar, assinaram um ofício solicitando o apoio do município no transporte da equipe, que precisarão viajar a cidade de São Miguel das Matas.

Algumas negativas já foram feitas pela Secretaria de Educação, mesmo sendo a pasta a responsável pelo Esporte e Lazer. Alguns jogadores alimentam ideias movidas por boatos de que existem denúncias feitas por vereadores contra a doação de veículos da educação para servir o esporte, o que não é verdade.

No ofício, Sidimar e Roberto justificam a importância do jogo e do momento da equipe. Todas as seleções do Vale Jiquiriçá viajam em ônibus da educação, como forma de incentivar o desenvolvimento do esporte. Itiruçu já cedeu veículos escolares, por exemplo, para equipes da cidade, mas a ação deixou de acontecer há alguns anos, alegando impedimento e observação por vereadores, o que não existe por nenhum dos vereadores atuais.


Literalmente virou bagunça. É lamentável o que tem acontecido no Bairro Santo Antônio. As ruas da cidade agora servem de galinheiro, chiqueiro e currais, não existem outras explicações.

Na localidade próxima a quadra da cantina o cenário é de um lixão a céu aberto, além de deixar a impressão de ser um chiqueiro, onde há moradores criando porcos soltos nas Ruas sem o menor respeito aos vizinhos. Além de porcos, galinhas e vaca também são  criadas perambulando pelas Ruas do Bairro.

Diversos vídeos e fotos foram enviados ao Itiruçu Online por moradores que cansaram de cobrar do município uma postura para fazer cumprir a Lei, mas não dispõe de política de saúde pública para fiscalizar a coibir o crime, apenas reparar a bagunça, que volta acontecer logo depois.

Essas atividades são proibidas por lei e caracterizadas por crime ambiental, uma vez que a criação desses animais podem gerar doenças e causar transtornos como o mau cheiro.

 

O que acontece?

Há na localidade tuneis de Lixo colocados pela prefeitura para auxiliar os moradores na coleta seletiva. Os equipamentos são derrubados pelos animais que se alimentam do lixo e espalham na Rua.  Além de porcos, vacas e galinhas, cachorros e urubus sentem o odor da bagunça e aglomeram no local na busca por alimentos.  O aumento de moscas no Bairro é outro ponto observado. Lembrado que a questão não é de coleta seletiva do lixo, feita semanalmente de forma ordeira.

Mais problemas                                                             

Além desses problemas, moradores do Bairro vivem há anos com a falta de cuidado de vizinhos que despejam água diariamente nas Ruas por não terem um sistema de esgotamento sanitário e não se preocupam em ter suas próprias fossas sanitárias, outra questão abandonada pela saúde pública, que não busca a correção do problema. Houve moradores relatando que foram orientados a prestarem queixas no Ministério Público, mas já elegeram seus representantes para cuidar da cidade.  Há residências que passaram a lavar roupas nas calçadas.

Posturas pífias

Diante de todos os problemas existentes nas Ruas da cidade, há ainda os que culpam o próprio povo pela falta de postura na fiscalização e de políticas públicas para coibir as ações. Em outras épocas, muitas opiniões seriam  diferentes e saberiam cobrar ações do poder público para cuidar da cidade.  No Bairro o lixo é colocado nas Ruas nas datas certas. A questão apresentada é de outra esfera.


Há vagas para Itiruçu e demais municípios da região. O Itiruçu Online preparou detalhes para você ter a oportunidade de concorrer a umas das vagas.

O prazo de inscrição no processo seletivo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para 4.153 vagas temporárias no Espírito Santo termina nesta quarta-feira (29). As vagas são para atuar no Censo 2022. A remuneração mínima é de R$1.700 e a máxima pode variar de acordo com o cargo pretendido e a produtividade do profissional. Inscritos no CadÚnico podem solicitar isenção da taxa de inscrição.

Em todo o estado são 3.671 vagas para a função de recenseador, com remuneração de acordo com a produtividade. A qualificação profissional exigida é o ensino fundamental completo. A taxa de inscrição de R$ 57,50 e o profissional pode indicar, no momento da inscrição, em qual região deseja trabalhar. Segundo o IBGE, a ideia é que os profissionais atuem nas áreas em que moram, já que, assim, “o instituto contará com recenseadores ambientados com a sua região de trabalho”.

Para agentes censitários, são 482 vagas com salário de R$ 1.700 (agente censitário supervisor) e R$ 2.100 (agente censitário municipal). Para essas funções, a qualificação profissional exigida é o ensino médio completo. A taxa de inscrição de R$ 60,50.

Para todo o Brasil, são 206.891 vagas. Clique nos cargos para ver os editais:

Agente censitário municipal e supervisor
Recenseador

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) é a empresa organizadora dos processos seletivos. As inscrições para todos os cargos poderão ser realizadas até 16h de quarta no endereço- CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE. 

As inscrições nos processos seletivos de 2020 e 2021 não são válidas para o novo do Censo 2022. Os interessados deverão fazer nova inscrição e pagar a taxa para participar desse novo processo seletivo.

As taxas de inscrição desses processos seletivos são maiores que as da seleção anterior que foi cancelada, cujos valores eram de R$ 25,77 para recenseador e de R$ 39,49 para agente censitário. De acordo com o coordenador de Recursos Humanos do IBGE, Bruno Malheiros, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), que era a empresa organizadora do concurso anterior, estabeleceu o valor em 2019, o que explica a defasagem nos preços.

“Cada organizadora tem sua composição de preços, e o IBGE seleciona a que apresenta a melhor taxa de inscrição”, afirmou.


A Fundação José Silveira (FJS) promoveu uma Feira de Saúde em Itiruçu, com o apoio da 1ª Igreja Batista, na última quinta-feira (16). A ação de saúde foi viabilizada através do vereador Jó de Jú e do vice-prefeito Júnior Petrúquio, sendo inclusa nas festividades dos 75 anos da Igreja Batista.

Consultas diferentes especialidades médicas, exames e orientações para uma vida saudável roam disponibilizadas gratuitamente para a população. A feira aconteceu em frente à Igreja Batista.

A iniciativa da FJS de levar o mutirão de serviços gratuitos ao município é feita com base em critérios como indicadores sociais, como parte do trabalho da instituição voltado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos pela ONU para melhoria das condições de saúde. Para ser atendido, era apenas necessário apresentar a identidade, comprovante de residência e cartão SUS.

Foram atendidas as especialidades: Cardiologia, Oftalmologia, Odontologia, Mamografia, Preventivo e Ultrassonografia.

“Muito contente de ajudar nessa parceria que beneficiou nossa cidade. Seu que muitas outras ainda faremos, pois a demanda de saúde é constante. Meu prazer é servir. Agradeço a toda fundação José Silveira, a Igreja Batista, além de todos que nos ajudaram. Meu agradecimento ao meu amigo e companheiro, Júnior Petrúquio, nosso vice-prefeito que abriu as portas da saúde para meu mandato de vereador  através do deputado federal Antônio Brito”, disse Jó de Jú, ao comemorar o sucesso do evento.


Foto/Blog Itiruçu Online.

Final de ano é hora de aumentar o número de assaltos e furtos. E em Itiruçu, mais uma vez a Casa Lotérica da cidade, situada na Praça Ademário Meira, foi assaltada na manhã desta quarta-feira (15), por volta das 07h40, segundo a PM.

De acordo com relatos, dois elementos a bordo de uma moto modelo Honda 160cc, cor prata, parou frente ao estabelecimento quando o carona desceu e apontou um resolver para as pessoas que estavam no local, indo até o caixa e levando o dinheiro que tinha nos caixas.

Após roubar o dinheiro, os dois elementos que estavam encapuzados, tomaram como direção a saída da avenida João Brandão, que dá acesso à BA-250 e a 116, no Entroncamento, pelo Portal da cidade, de onde os meliantes podem mudar de direção retornando por Maracás ou adentrando pela zona rural de Itiruçu.



Com uma estrutura de dois trios elétricos e uma programação especial, o dia do Evangélico foi comemorado em Itiruçu. Na cidade,  09 de dezembro entrou no calendário municipal dedicado aos evangélicos e tornou-se feriado municipal. Foi um dia de muita fé e  uma festa bonita, onde reuniu igrejas de diferentes religiões num  único objetivo: Adorar o senhor.

No período da manhã realizaram uma carreata pelas ruas da cidade. Muito louvor e adoração durante todo percurso. O tema da 1ª Marcha Pra Jesus foi “GRATIDÃO A DEUS”. O louvor foi por conta das bandas locais e a presença do cantor Gabriel Reis. Crédito a edição do vídeo a Cledson Santos.


Luto Itiruçuense. Logo nas primeiras horas desta terça-feira (07), a notícia da morte de um jovem  deixou a cidade em clima de luto. Trata-se do Jovem Robert Thiago Leite da Silva Gomes, de 28 anos, filho do casal Ceumar e Jaira Leite, bastante conhecidos na cidade.   O corpo de Tiago será recolhido de sua residência  ao IML e devolvido aos familiares para o sepultamento. Ele foi vítima de suicídio.

Nossas solidariedades aos familiares e amigos.


O  deputado federal Antônio Brito visitou o município de Itiruçu e se reuniu com aliados de primeira hora para discutir assuntos relacionados ao mandato, fazendo um balanço de sua ligação com Itiruçu, frisando a destinação de emendas no governo Lorenna Di Gregorio (PSD) nos dois mandatos da alcaide, possibilitando investimentos em diversas áreas.

De acordo com relatos ao Itiruçu Online, Brito acenou para a sucessão municipal com dois nomes de sua preferência, destacando os nomes do atual vice-prefeito, Júnior Petrúquio, como candidato natural e, pelos serviços prestados à comunidade em seu primeiro mandato de vereador, tendo Jó de Jú como outra alternativa também viável para sucessão da prefeita Lorenna.

O deputado recebeu durante a visita na residência do vereador Jó de Jú, lideranças de cidades vizinhas, além de locais. Brito visitou um evento promovido na Escola Municipal Rita Pimentel, a Feira Literária – 4ª Mostra Cultura, e na 1ª Igreja Batista, onde conversou com pastores e lideranças religiosas.


A Câmara de Vereadores de Itiruçu, deve, na próxima segunda-feira (29), pautar o Requerimento de autoria dos vereadores Roberto Silva (PSB) e de Sidmar Santos (PP), que solicita informações à prefeitura sobre a ocorrência de depósitos em atendimento ao plano de pagamento de dívidas do FUNDEF/FUNDEB.

O Pedido, que deve ser autorizado pela Casa Legislativa, pois não deve haver resistência na transparência dos recursos por parte do município, solicita os critérios e regras estabelecidos pelo município para empregar os recursos, já que, pouco mais de seis milhões já estão depositados em contas do município. O requerimento solicita entre outras informações, a criação de uma comissão temporária para acompanhar as ações.

Vale salientar que a prefeitura criou uma comissão com Secretários e cargos de confianças da gestão para acompanhar o processo, com a inclusão do Sindicatos dos Professores.


Fotos/Blog Itiruçu Online. 

Um temporal de apenas 20 minutos alagou diversos pontos da cidade de Itiruçu na tarde deste domingo (07). Os locais mais críticos foram novamente no Bairro Antônio Souza Leal, na Rua Alcebíades Cunha, com alagamentos e residências tomadas pelas águas, deixando prejuízos a moradores da localidade.

A força da água arrastou sacos de lixo, entulhos e similares para as tubulações pluviais. Houve localidades que até o calçamento foi levado pela água. No Bairro Itirucuzinho, o prejuízo foi maior para os moradores. Uma residência caiu após ser empurrada pela enxurrada e os moradores perderam todos os móveis da casa. Ninguém ficou ferido, apenas com o prejuízo pós chuva, conforme acompanhado pela equipe de reportagem do Itiruçu Online nos locais.

No Bairro Jacutinga algumas residências foram invadidas pela lama. O estádio Municipal, que iria sediar jogos da Copa Laje de Futebol Sub23, tornou-se uma verdadeira piscina por 15 minutos, tendo parte do muro levado pelas águas.

As imagens e vídeos dos estragos causados estão sendo postados em nossa Página no Instagram. Clique aqui e confira.