Tem sido feita uma pressão por comerciantes e igrejas para que as orientações de combate ao covid-19 flexibilizem a reabertura de atividades no município de Itiruçu, diante as dificuldades enfrentadas por pequenas empresas e estabelecimentos religiosos.

Diante as conversas de pedidos das classes, os vereadores aliados a prefeita Lorenna Di Gregorio, reuniram-se com a prefeita e com o vice-prefeito Júnior Petrúquio, nesta sexta-feira (29), onde apresentaram uma proposta para destinação de um auxílio aos comerciantes locais, abrangendo proprietários de academias, bares e instituições religiosas, dentre outros. O pedido da ajuda financeira foi oficializado através de documento assinto pelos vereadores Nino Mota, Jó de Jú, Aílton Oliveira, Agnaldinho, Duda de Zilir e Ezequiel Borges

A prefeita recebeu a solicitação e encaminhou para o setor jurídico para analisar um  projeto. O valor do auxilio é pedido de R$ 500,00, que deve ser usado pelos recursos destinados pelo governo federal para o combate a pandemia. Itiruçu terá ajuda no valor de 1.137.540,70.

Indicação do Projeto

Antes de os vereadores da base aliada irem levar um documento a Prefeita Lorenna Di Gregorio solicitando o Projeto de Auxílio, o vereador Roberto Silva havia protocolado na Câmara de Vereadores uma indicação solicitando da prefeitura o mesmo Auxílio para comerciantes, Microempresários, Bares, Academias e similares. Ou seja, antes de ir a votação, já foi solicitado que seja enviado o Projeto de autoria do executivo municipal, com base na utilização dos recursos recebidos do Governo Federal para auxiliar no combate ao novo Coronavírus.


As declarações da prefeita Lorena Di Gregorio no Programa Giro Total da Itiruçu FM, nesta quinta-feira (28), surpreendeu ao revelar atitudes da Regional de Saúde, sediada em Ilhéus, quanto ao combate à dengue nos municípios, alegando que o serviço do Carro  Fumacê deveria ser direcionado por pedidos de deputados a Itiruçu, segundo revelou a prefeita a FM quando justificou questionamento sobre o combate no município. De acordo com Lorenna, o município improvisou seu próprio carro fumacê para realizar o combate. A solicitação teria sido feita há 05 meses.

A liberação dos serviços, em tese, devem seguir critérios, como os dados municipais no Índice de Levantamento Rápido.

As declarações parecem simples, mas não são. Se de fato for o critério para liberação do método de combate à dengue no estado por ‘pedidos de deputados’ e não for observadas as necessidades in loco, é um péssimo exemplo de como controlar os índices que revelam aumento dos casos de doenças transmitidas pelo mosquito da dengue, que é uma preocupação na Bahia.

Na cidade de Itiruçu diversas pessoas tiveram casos confirmados para dengue e Chycunguya, principalmente testadas em laboratórios particulares, além de a cidade ter um alto índice de infestação de pernilongos em todos os Bairros. Além de Itiruçu, Jaguaquara é outro município com alto índice de pessoas relatando sintomas da dengue.

No áudio abaixo você pode ouvir relatos da prefeita de Itiruçu.


A Lei Municipal apresentada pelo vereador Ezequiel Borges, aprovada na Câmara e sancionada pela Prefeita Lorenna Di Gregorio, não surtiu efeito para impedir que o Banco Bradesco não cobrasse dos funcionários públicos municipais parcelas referentes a empréstimos consignados.

O município repassou valores assegurando que não seriam descontadas parcelas, baseando-se  na institucionalidade da aprovação para o enfrentamento a pandemia do covid-19, mas não surtiu efeito. Outros bancos não debitaram valores, a exemplo do Banco do Brasil,  BMG e Caixa, dentre outros.

Funcionários do município enviaram extratos de suas contas para o Itiruçu Online, alertando sobre os descontos. De imediato, tentamos contato com o procurador jurídico do município, mas não obtivemos êxito.

Para o Bradesco, além de descontar valores de empréstimos do mês anterior, no mês em curso também serão descontados, baseando-se na Lei que permite as agências bancarias  garantir pagamentos de empréstimos na faixa salarial dos servidores públicos, que é de 30% do salário percebido.

Em vídeo publicado em redes sociais, o vereador Ezequiel Borges lamentou a postura do Banco e garantiu que está alinhando com o Jurídico do município para impetrarem uma liminar na justiça para impedir que o Banco Bradesco desconte valores de empréstimos no período proposto ao enfrentamento a pandemia do novo coronavírus.

Decisão justificada pelo Banco

Em 24 de Abril, o  Tribunal Federal Regional da 1ª Região (TRF1) derrubou decisão liminar que suspendia a cobrança de empréstimos consignados de aposentados do INSS e de servidores públicos durante a pandemia de coronavírus. A segunda instância da Justiça Federal acatou recurso do Banco Central (BC), que estava implicado no processo. De acordo com o desembargador Carlos Augusto Brandão, o BC tem autonomia e a intervenção do poder Judiciário em sua atuação só se justificaria “”quando demonstrada inércia da autoridade competente e a excepcionalidade do contexto fático, não configurada no processo concreto”.

Ao pedir a anulação da liminar de primeira instância, o Banco Central argumentou que a decisão não tinha amparo legal e técnico e que a suspensão da cobrança das parcelas dos empréstimos consignados amplificaria o risco para o sistema financeiro. “Poderia culminar, inclusive, em falência bancária”, sustentou o órgão ao TRF-1.

“Importa nesse momento considerar o grave quadro de desafios que nos impõe a realidade atual. Qualquer interferência na gestão governamental tem efeitos colaterais, externalidades, que sequer se mostram visíveis a instituições que estão distantes do cenário das decisões de governo. Daí, a necessidade de cautela, prudência, de senso de oportunidade e de conveniência, no caso reservadas ao Banco Central do Brasil”, acatou o desembargador.


A Live dos advogados Aílton Cezarino e Alender Correia – pré-candidatos à prefeitura de Itiruçu- movimentou a noite dos Itiruçuenses. Foram duas horas de debate entre os advogados e o público online, discutindo assuntos sobre o covid-19, adiamentos do Enem e das eleições municipais, além de temas locais questionados pelo público.

Um assunto bastante lembrado durante a Live foi a organização do funcionalismo público municipal através da realização do concurso público, que garantiu estabilidade e direitos adquiridos aos servidores, realizado na gestão do advogado Aílton Cezarino – gestão 2005 a 2008.

No assunto, tanto Cezarino quanto Correia, admitiram pensar na possibilidade de incluir num futuro projeto de governo da oposição, a realização de um novo concurso público em Itiruçu. O tema agradou, pois nos últimos anos a prefeitura realiza anualmente a contratação de pessoas por meio de Contratos temporários em todas as áreas administrativas. Na questão, o advogado Alender Correia, especialista em direitos trabalhistas e assuntos previdenciários, lamentou que haja funcionários prestando serviços ao município e recebendo a quantia de R$ 400,00 ao mês como garis.

Assista a Live- LIVE I e LIVE II.


O caminho para usar as ferramentas sociais é uma solução a discutir assuntos atuais e sobre a política local. Nesta quinta-feira, às 19h, os advogados Aílton Cezarino e Alender Correia, ambos pré-candidatos a prefeitura em 2020, realizam uma Live no Instagram para debater assuntos, entre adiamento das eleições, ações do Covid-19 e, sobretudo, sobre a movimentação política em Itiruçu.

A Live será nos Perfis ALENDER CORREIA e AILTON CEZARINO, onde os seguidores poderão fazer perguntas sobre os assuntos discutidos.

A ação é desenvolvida pelo Grupo Jovens Unidos por Itiruçu, criado para defender causas sociais  da cidade e promover ações que debatam sobre o município. 

Na cidade, já é uma prática a prefeita do município participar de reuniões organizadas pelos prefeitos e, também, participou de uma Live promovida por um de seus deputados federais.


A Polícia Militar de Itiruçu frustrou a ação de um indivíduo que praticava o tráfico de entorpecente nesta segunda-feira (18).  A prisão aconteceu durante rondas ostensivas na área de responsabilidade territorial, perímetro urbano de Itiruçu, quando a guarnição do 2° Pel, avistou um indivíduo contumaz da prática de tráfico de drogas, que este ao avistar a aproximação dos policiais, tentou dispensar uma sacola e tentar fuga, tendo a investida do indivíduo de iniciais A.S.S, foi frustrada pela ação técnica da guarnição embarcada na Cacique 9307.

Na ação foi detido o indivíduo de vulgo B.A, que cumpria prisão domiciliar em virtude da liberação pós-pandemia e com ele a quantidade de 45 petecas de drogas tipo maconha. O detido confessou que teria chegado do Entroncamento de Jaguaquara, de onde efetuou a compra da droga apreendida. A guarnição apresentou o nacional de iniciais A.S.S., juntamente com o material apreendido a delegacia, para lavratura do APF. 45 petecas de substância aparentemente maconha.


O conselho tutelar de Itiruçu realiza no mês de maio a Campanha de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, o ‘Maio Laranja’. Devido ao período da pandemia, a campanha vem sendo realizada por meio das redes sociais, carro de som e através da imprensa.

Instituído pela Lei Federal 9.970/00, o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, é comemorado todos os anos em 18 de maio, é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e adolescentes.

Ao longo de sua institucionalização, o Conselho Tutelar de Itiruçu atua na proteção de crianças e adolescentes, obtendo êxito em casos denunciados com ajuda da sociedade. Através das ações do Conselho em parceria com autoridades policiais e de Justiça, além do poder público, diversas famílias tiveram um caminho para cuidar das crianças e sentirem-se seguranças, tendo o Conselho Tutelar como aliado na causa. Essas parcerias de Sociedade, Justiça e poder público, é o elo que ajuda o combate a exploração de crianças e adolescentes.

Não se cale

Se você souber de algum caso de abuso sexual contra crianças e adolescentes não se omita, denuncie! Disque 100, ou procure o Conselho Tutelar: 073 9 9170-5774.

É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao seu desenvolvimento de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual.  O Conselho Tutelar continua de plantão durante o período da pandemia trabalhando em prol das nossas crianças e adolescentes.

O dia 18 de maio

O dia  foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune. “A proposta anual da campanha, que nesse ano comemora o 20º ano de mobilização, é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes”.


Um motociclista foi conduzido a delegacia de Itiruçu após não ter obedecido as orientações do Decreto Municipal do município durante a fiscalização da barreira Sanitária, que fica situada na Guarita da Obra ainda inacabada do Portal da Cidade, próximo a Igrejinha dos Italianos, nesta sexta-feira (15).

De acordo com informações da Polícia Militar, a condução ocorreu quando o indivíduo de iniciais E.G.G., residente no Entroncamento de Jaguaquara, ultrapassou a barreira, após ordem de parada, para efetuar cobranças no município. O cobrador denunciado e posteriormente localizado, sendo apresentado a delegacia territorial, juntamente com o veículo, para adoção de medidas cabíveis.

O serviços de cobranças estão suspensas no município, principalmente  de pessoas oirudas de outras cidades. Do Entroncamento de Jaguaquara, localidade que já apresentou casos de  Covid-19, a fiscalização é ainda maior. Jaguaquara proibiu feirantes do município de continuarem trabalhando na Feira Livre durante o período e, no entanto, os Itiruçuenses irão obedecer, mesmo tentando estabelecer o diálogo para continuarem a atividade.

Furando Barreira

Por outro lado, houve relatos durante a semana de pessoas terem entrado na cidade pela via de acesso de quem trafega na saída para Lajedo do Tabocal, na velha estrada, com alegações de ter sido autorizado a circulação de pessoas e veículos que são do município, caminho utilizado por moradores de outros municípios.

Dever do cidadão

A ação de combate é dever do município estimular e fazer valer as orientações, mas é preciso que cada cidadão colabore com as medidas para o bem coletivo. Desobedecer as medidas, além de ser um crime, é comprovar falta de respeito com a sociedade.


Neste sábado (09), o segundo Pelotão da Polícia Militar de Itiruçu, em forma de homenagem as Dia das Mães, promoveu o ACISO-AÇÃO CÍVICO SOCIAL- distribuindo Cestas Básicas Solidárias, arrecadadas com amigos da Polícia.

A ação, de acordo com a PM, é de sensibilização com a atual crise de algumas famílias na comunidade a qual participa efetivamente na labuta diária.  “O Pelotão busca sempre o fortalecimento na aproximação da Comunidade X Polícia, baseando-se na filosofia da Polícia Cidadã, o que tem sido harmônico. A ação visa amenizar a fome que assola alguns moradores locais, bem como, solidificar a civilidade durante os atendimentos e mostrar que estamos atentos e respeitando os direitos fundamentais do cidadão”, diz o comandante da PM, David Gomes.


Testes rápidos foram realizados em profissionais de saúde após confirmar médica de Unidade com Covid-19.

Depois de confirmar a médica da Unidade Rubens Amaral positivada com Covid-19, a Secretaria de Saúde realizou testes rápidos em 13 profissionais do PSF, localizado no Bairro Itiruçuzinho. De acordo com nota de atualização do Boletim, às 21h deste sábado, todos os profissionais testados que trabalham na Unidade foram negativados para covid-19.: Enfermeira, Agentes Comunitários de Saúde, Recepcionistas, Técnicos de Enfermagem e Auxiliar de Limpeza. Todos devem ser monitorados no período de 15 dias.

Além dos profissionais de saúde, os pacientes serão testados através dos testes rápidos, obedecendo uma relação que já é de conhecimento da Secretaria de Saúde.  A médica Dra. Priscila Meira, testada positiva e que atendeu na Unidade em Itiruçu, mas reside no município de Jequié,  realizou o teste de Imunocromatografia para SARS-COV-2 IgG/IGM no dia 09/05.

Dados de Itiruçu atualizados

O município não registrou casos de Covid-19.

17 Casos descartados através do teste rápido.

02 Casos descartados pelo LACEN.

105 casos em monitoramento (Pessoas que vieram de outras cidades; Pessoas que apresentam sinais e sintomas respiratórios).

242 Pessoas liberadas do monitoramento.

A pessoa que tiverem dúvidas sobre a doença ou apresentarem sintomas do coronavírus, devem acionar o Disque Codiv-19 Itiruçu, através do telefone (73) 99160-4924