Prefeita Lorenna – médica- aplicou dose da vacina em idosa. Foto/Divulgação.

As primeiras pessoas a receberem a 1ª dose da vacina contra a Covid-19  em Itiruçu foram  a anciã Eufrásia Pereira, que de acordo a prefeitura, vive em instituição de longa espera – Centro do Idoso – e um profissional de saúde, o enfermeiro Anderson Souza. A Vacinação deve seguir até que as doses do grupo prioritário finalizem. O município de Itiruçu recebeu apenas 67 doses do imunizante e aguarda o Ministério da Saúde disponibilizar as demais doses para seguir o protocolo Nacional  de vacinação até atingir a população.

De acordo com o protocolo do município, os primeiros vacinados serão trabalhadores da área de saúde, idosos com mais de 75 anos, brasileiros acima de 60 anos que vivem instituições de longa permanência – abrigos, asilos, casa de acolhimento, entre outros-.  O imunizante chegou à cidade por volta de 14h00.

Depois de aplicar à vacina na idosa, a prefeita Lorenna Di Gregorio – que também é médica-  a gestora comemorou. “Hoje foi um dia histórico para mim, tive o prazer de vacinar dona Eufrásia com a CoronaVac e o primeiro profissional de saúde , Anderson. Juntos, iremos vencer essa pandemia”, disse Di Gregorio.

O profissional de saúde, Anderson  Souza, comentou ao Itiruçu Online que foi uma sensação de esperança ao tomar a primeira dose da vacina, depois de trabalhar em meio a pandemia e assistir as pessoas sendo contaminadas.  “Temos esperança. Hoje mesmo tivemos a perda de uma pessoa jovem do Entroncamento. Então, fico grato a Deus por ter a oportunidade de tomar a vacina. Fico na torcida que venha logo para todos”, comentou.

Agora os vacinados terão o prazo de 14 dias para tomarem a segunda dose do imunizante. No total, três pessoas foram vacinadas na cidade no primeiro dia. Outra pessoa que trabalha na saúde recebeu a dose.

Eficácia

Nos estudos clínicos realizados com a vacina CoronaVac, a eficácia geral do imunizante foi de 50,38% om base nos testes com um grupo de 9 mil voluntários. O Butantan também informou que a vacina é 78% eficaz na prevenção de casos leves do coronavírus e de 100% na prevenção dos quadros moderados ou graves da infecção do vírus Sars-CoV-2.  Os percentuais consideram a aplicação de duas doses da vacina, com intervalo de 14 dias entre elas.

O estudo do Butantan envolveu 16 centros de pesquisa científica em sete estados e o Distrito Federal. Foram 6 meses de trabalho em parceria com a Sinovac. A vacina é desenvolvida com o vírus inativo. O objetivo é que o paciente receba a dose com pequena quantidade de vírus inativo para estimular o corpo a produzir anticorpos e evitar a contaminação, ou em caso de contágio, os sintomas serão leves. O imunizante foi uma conquista do governador de São Paulo, João Dória, que investiu na ciência e agora o resultado do trabalho será adquirido pelo governo federal e distribuído para todas as cidades brasileiras.


O Plano Municipal de Vacinação contra a Covid-19 de Itiruçu foi divulgado na manhã  dessa terça-feira, 19. As vacinas produzidas pelo Instituto Butantan, em parceira com o Laboratório Sinovac, serão destinadas, nesta primeira fase, a grupos prioritários.

As doses da vacina chegam ao município por volta das 15h de hoje. A quantidade de pessoas que serão  imunizadas e o quantitativo de doses não foram informados, embora seja pequena, mediante a proporção populacional e o grupo prioritário pelo protocolo.


Foto/Blog Itiruçu Online.

A casa lotérica de Itiruçu foi assaltada na manhã desta segunda-feira (18) no Centro de Itiruçu. Segundo a Polícia Militar, a Viatura realiza buscas  para chegar ao autor do crime.  O assaltante fugiu  logo após com uma quantia que não foi informada e não levou  pertences de clientes que estavam na lotérica.  O assalto foi cometido apenas por um elemento de posse de arma de fogo, que rendeu os funcionários  da lotérica. Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso.


O Programa Papo Online retomou  as atividades em 2021. Depois da pausa em Dezembro, o Programa iniciou  a série de entrevistas em 2021.  O primeiro entrevistado do ano foi  o vereador Roberto Silva (PSB), destaque da última legislatura em Itiruçu por emplacar graves denúncias contra a prefeitura de Itiruçu.

Você pode conferir a íntegra da entrevista em nosso canal. Clique e inscreva-se no canal: https://studio.youtube.com/video/T5WjZEXp93Y/livestreaming

 


O Estabelecimento comercial Bar e Mercearia Cantinho da Serra, no Povoado Vitória, Zona Rural de Itiruçu, foi furtada na madrugada de ontem, domingo (10). Os elementos arrombaram o local com um pé-de-cabra para ter acesso ao estabelecimento e furtar alimentos, botijão e outros. A ação só foi percebida pelo proprietário na manhã do domingo, quando abriria o comércio para os clientes.

A PM esteve no local para averiguar a situação. O fato será registrado na delegacia da Polícia Civil nesta segunda-feira (11) para que as investigações sejam realizadas e os (o) ladrões (o) sejam presos.


Hoje é um dia especial para a Família da anciã Juana de Jesus Santos, que celebra a dádiva de 111 anos. Moradora do Distrito de Upabuçu, familiares e amigos parabenizam por mais uma primavera.

 

“Hoje   é    mais   um  dia   especial,   não   só    para  nossa   querida   e   amada   Juana  de  Jesus   Santos,    como   para  nós   que   fazemos   parte    dessa  família,   e também para toda comunidade de  UPABUÇU , pois    100   anos    já    é   uma   Vitória   e  111   ANOS   DE    VIDA,    não    é    pra   qualquer  um. Parabéns    minha    querida, Jana, Como   é    carinhosa   conhecida  por  todos    nós que  te  amamos. Que   papai  do  céu   continue te iluminando hoje, AMANHÃ e sempre.  Feliz aniversário. Beijos   de   todos  nós    que   te  cuida  e  te  ama.”


Barreira sanitária de Itiruçu voltará a funcionar. Foto/Blog Itiruçu Online.

Não foi nada bom à realização de uma eleição durante o aumento na ocupação de UTIs de hospitais particulares e públicos por pacientes com covid-19 em todo Brasil. Pois, naquele  momento, as administrações municipais, quem poderiam  endurecer ou afrouxar a quarentena, tentariam  a reeleição. O que abriu margem para o questionamento sobre uma possível inação nos boletins em favor de uma falsa insegurança para o eleitorado ir às urnas.

Ruas lotadas, festas  promovidas por candidatos e após suas vitórias nas urnas as chamadas comemorações extrapolaram a irresponsabilidade das orientações sanitárias, gerando medo e desconfiança quanto às ações de combate. De um lado o presidente da República Jair Bolsonaro avisava que a Polícia Federal iria endurecer contra os gestores que usaram recursos de combate a covid-19 de forma escancarada com amparo a cabos eleitorais. Agora, depois de férias forçadas do combate ao novo coronavírus, é hora de enfrentarem a segunda onda da doença, que na verdade nunca parou de infectar pessoas, nem no período eleitoral. Por ironia, as cidades com maior número de casos ativos no Vale Jiquiriçá logo após o termino do processo eleitoral, foram, justamente, Maracás e Planaltino, onde as farras das aglomerações ocorreram com maior intensidade. No período eleitoral foram permitidas visitas e a chegada de eleitores que não residiam nos municípios apenas para votarem, sem a necessidade de apresentarem-se livres de sintomas em todos os municípios.

Em Itiruçu, onde também foram realizados atos de aglomerações na campanha e ruas tomadas por eleitores pós-eleição, bastou iniciar 2021 que o município já anunciou medidas de terra arrasada através de decreto emergencial em decorrência do novo coronavírus, estabelecendo o uso obrigatório de máscaras de proteção em todos os locais de acesso público;
aplicação de álcool em gel a 70% na recepção dos estabelecimentos de acesso público, bem como sua disponibilização em locais visíveis e de fácil acesso a todos os frequentadores; observância das normas de distanciamento social e de proibição de aglomerações, na forma prevista em atos editados pelo Poder Estadual; Toque de Recolher durante todos os dias, no horário entre 00h00 e 05h00; instalação de barreiras sanitárias em todos os acessos ao município, com vistas a impedir o ingresso ou permanência de pessoas que não tenham vínculo empregatício ou relação com atividade local;  proibição do ingresso de pessoas com sintomas de gripes, resfriados ou similares nos estabelecimentos de acesso público; proibição do funcionamento na Feira Livre municipal, de Pontos de Venda cujos
proprietários não comprovem residência fixa no Município de Itiruçu.

O Decreto emergencial permite a utilização de recursos da covid-19 com mais tranquilidade.  A cidade registrou até então 169 casos, com 01 caso ativo no Boletim da Secretaria de Saúde. 23 pessoas estão aguardando resultados.

Cuidados com a Covid-19 é preciso

Apesar de toda história na necessidade política para aflouxar as regras no período eleitoral e, nesse sentido, boa parte dos que se colocam na imprensa a serviços dos sistemas políticos não podem criticar as ações de seus financiadores, o momento é delicado e necessário ajudar a população na conscientização no controle da doença. É hora também, é claro, de todos os que participaram e ajudaram promover aglomerações assumirem a responsabilidade na pandemia, sem ter a necessidade de trancar as pessoas em casa ou fechar o comércio de suas cidades. O vírus é perigoso e precisa de cuidados.


Paulinho é nomeado novo Secretário de Agricultura. Foto/Blog Itiruçu Online.

As nomeações do secretariado no novo governo Lorenna Di Gregorio (PSD), apresentou apenas uma novidade: a nomeação do ex-inimigo Político e agora aliado, Paulo Ézio para a Secretaria de Agricultura. Paulinho  já ocupou a Secretaria de finanças no governo de Aílton Cezarino; vice-prefeito de Carlos Martinelli – com quem não conviveu bem-; além de vereador por dois mandatos e aliado de primeira hora dos ex-prefeitos Wagner e Aílton (a quem deixou nas eleições de 2020) inimigos políticos de Lorenna.

Para compensar o apoio político recebido, a prefeita Lorenna nomeou Ézio a Secretaria de Agricultura, então ocupada pelo ex-vereador Josevi Umburanas no último governo. A pasta foi a mais criticada pelos ruralistas pela falta de apoio e projetos de desenvolvimento, inclusive, foi o tema mais usado na campanha eleitoral pelo adversário de Lorenna: a falta de projetos para à agricultura.

Contador de formação, Paulinho também foi um dos críticos do governo Lorenna nos últimos quatro anos na Câmara Municipal, chegando  acusar  desvios de recursos no setor de Tributos Municipais ao Tribunal de Contas dos Municípios, além de criticar a pasta da Agricultura por algumas vezes. A missão agora é trabalhar e mudar a realidade do setor agrícola, que teve no último Secretário Jovino Almeida – in memorian – projetos executados que geraram emprego e renda até os dias atuais.

Nomes mantidos 

Os demais Secretários continuam na pasta, como de finanças, ocupada pela tia da prefeita LOREDANA DI GREGORIO, e a de Serviços Gerais, chefiada pelo cunhado, ANTONIO LEAL RODRIGUES DA SILVA JUNIOR, bem com RITA DE CÁSSIA CONCEIÇÃO DE MOURA para o exercício interino do cargo comissionado de Secretária de Assistência Social e para o cargo comissionado de Secretária de Administração. A Saúde manteve IDA RIBEIRO DI GIROLAMO UMBURANAS. Na educação ANA PAULA SANTOS OLIVEIRA SILVA foi novamente nomeada. A Secretaria de Obras continua com ALEXANDRE MAIMONE. UBIRATAN SILVA continua chefiando a Secretaria de Transportes.  EDERVAL JORGE DA SILVA CUNHA foi renomeado para  o cargo comissionado de Procurador Jurídico; e o cargo político de Chefe do Gabinete da Prefeita ROBSON MAURO RIBEIRO.


Cerimônia   de posse foi realizada na Câmara de vereadores. Fotos/Blog Itiruçu Online.

Na manhã desta sexta-feira (01), primeiro dia do ano de 2021, a prefeita Lorenna Di Gregorio (PSD); o vice-prefeito Júnior Petrúquio (PSD); e os vereadores eleitos estiveram na Câmara Municipal na Sessão Solene de posse oficial para posse  do Executivo e Legislativo 2021/2024.

Foto divulgação/Wilson Novaes.

Entre os presentes, secretários municipais e vereadores que também acompanharam a sessão, onde o prefeito e o vice-prefeito prestaram seu juramento e foram empossados para mais quatro anos. Na sua fala, a prefeita destacou o comprometimento com o novo mandato, congratulando aos familiares, os quais foram frisados como a base das conquistas obtidas na carreira política. A gestora parabenizou os vereadores eleitos e reeleitos em nome do presidente eleito, Nino Mota. “Quero dizer a todos vocês que iremos iniciar mais quatro anos de desafios, de brigas, cobranças, mas, acima de tudo, de união em prol do povo de Itiruçu, pois tudo isso é pelo povo e para o povo”.

Lorenna ao lado de Jó de Jú, vereador destaque da última legislatura.

Lorenna agradeceu a parceria com o vice-prefeito Júnior que, segunda ela, muitos torciam por uma briga entre eles, mas entraram para a história como a primeira mulher prefeita reeleita e o vice reeleito na cidade. “Chegamos juntos em 2017 e estamos chegando novamente em 2020”, disse Di Gregorio.

Lorenna pontou que fará um mandato para todos: “Quando a gente ganha, a política acaba.   Agora não iremos administrar para um grupo político, iremos gerir para o povo que acreditou nessa gestão e que a vida da sociedade possa melhorar. Darei tudo que puder nesses próximos quatros anos para fazer da vida desse povo cada vez melhor. Ganhar uma eleição é difícil, se manter, se reeleger, é mais difícil ainda. Gratidão à todos que acreditaram que nosso grupo poderia continuar mudando a história dessa cidade”, pontuou.

Di Gregorio encerrou o discurso de posse lamentando as mortes em decorrência da covid-19, e no final, pediu perdão a quem possa ter magoado ao longo do ultimo mandato.  Em tom de brincadeira, disse que irá continuar.

“2020 foi um ano muito difícil e que entrou para história, onde vivemos numa pandemia e perdemos muitas vidas, não só na cidade com no mundo, pessoas que conhecíamos e outras não. Hoje perdemos mais uma vida pra essa doença que é um desafio para medicina, mas essa doença veio mostrar que Deus está cima de tudo e de todos; e que a vida é um sopro. Grande abraço a todos, um feliz ano novo e muita paz, união, saúde e, acima de tudo, amor; pois quando a gente tem amor ao próximo tudo se resolve. Às vezes a gente decepciona as pessoas e nosso orgulho não deixa a gente pedir perdão, então, se errei ou magoei alguém nos primeiros quatro anos, quero pedi perdão e dizer que vai continuar. Vou continuar errado, acertando, eu sou não vou parar, pois a mãe tá on”, finalizou em tom de descontração.

O vice-prefeito Gilmar Machado agradeceu e enalteceu sua trajetória política desde quando foi eleito vereador e vice-prefeito, lembrado que foi o único vice-prefeito reeleito na história de Itiruçu. “Fui o único vice-prefeito reeleito para o segundo mandato consecutivo na história de Itiruçu. Agradeço a Deus pela oportunidade do reconhecimento ao meu trabalho. Irei continuar lutando para que Itiruçu receba recursos cada vez mais”, disse Júnior, que depois de saudar os eleitos – com destaque para o vereador Jó de Jú-, Júnior congratulou a prefeita reeleita e desejou um novo mandato de crescimento para Itiruçu.

Câmara Municipal

Vereadores foram empossados.

Na Câmara municipal foram empossamos os reeleitos Nino Mota, Ezequiel Borges, Jó de Jú, Ito do Feto, Agnaldinho e Robertão; os novos eleitos Tony Anjos, Sidimar e Val Caetano também receberam a diplomação. Em Chapa única, com a composição de: Nino presidente, Tony Anjos vice; 1° Secretário Agnaldo Lopes; e o 2° Secretário Val Caetano, foram eleitos para a nova mesa diretora do Legislativo.