Apoio da classe política à biometria será decisivo para as Eleições 2020

“Neste momento, ajudar a Justiça Eleitoral a biometrizar 100% dos baianos é uma ação cívica”. Com essa afirmação, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, desembargador Jatahy Júnior, destacou, nesta quinta (13/6), a importância do apoio de gestores municipais e possíveis candidatos às Eleições 2020 para a conclusão do recadastramento biométrico no estado.

O presidente da Corte eleitoral baiana lembra que não há restrição legal para que esses gestores ou possíveis candidatos colaborem com a Justiça Eleitoral na última fase da biometria, ao contrário “neste momento, não só é permitido como é desejado”, afirmou.

O ato cívico, explicou o desembargador Jatahy Júnior, inclui gestos como auxiliar o transporte de eleitores para os cartórios, ajudar no agendamento feito pela internet ou por telefone e atuar de todas as formas para que a biometria seja realizada. Na última fase da revisão biométrica, o desafio para o TRE-BA é regularizar o título de eleitores em 70% das cidades baianas.

No contexto das eleições municipais, afirmou o presidente do Tribunal, o resultado pode ser decidido por um número pequeno de votos. Esses eleitores que farão a diferença podem ser justamente aqueles a ficar de fora do processo, caso não realizem a biometria e tenham seus títulos cancelados. “Por isso, devemos nos esforçar bastante, não só a Justiça Eleitoral, mas toda a comunidade, para que tenhamos eleições com o maior número de votantes”.

Sem filas

A última fase da biometria no estado começou em 13 de maio com nova logística, que prioriza o agendamento pelo site (agendamento.tre-ba.jus.br) e por telefone 0800 071 6505. A central telefônica funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 19h.

O objetivo é possibilitar ao eleitor um atendimento o mais confortável possível. “Dessa vez, só pega fila quem quer”, afirma o presidente do Tribunal. O objetivo da Corte baiana é recadastrar 2,9 milhões de eleitores até 2020.

Matéria: Carla Bittencourt


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas