Itiruçu Online – Aqui Bahia Jornalismo de Qualidade e Responsabilidade Social

Governo discute com municípios estratégias de combate ao Aedes

normal_1450357792IMG_20151217_095443

Representantes de mais de 100 municípios baianos com maior incidência de zika vírus, dengue e febre chikungunya participaram, na manhã desta quinta-feira (dia 17), de encontro promovido pelo Governo do Estado para traçar estratégias de combate ao mosquito transmissor das doenças, o Aedes aegypti. Reunidos no auditório da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), no Centro Administrativo da Bahia, os prefeitos receberam do governador Rui Costa e da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) instruções e metas para diminuir os números de casos no interior.

“Essa iniciativa trata de um trabalho de mobilização e comunicação permanente, queremos dar uma ‘arrancada’ em muitas dessas ações. Acreditamos também na importância da educação, com materiais informativos para serem entregues nas escolas, no próximo ano letivo, mas entendemos ainda que não basta o papel impresso, vamos divulgar em nossas redes sociais, pelo celular. Faremos um documento público para autorizar as prefeituras a utilizarem livremente as peças publicitárias que produzirmos. Temos que pensar no futuro, porque estamos falando de vírus que podem passar para as próximas gerações”, contou o governador.

normal_1450365377IMG_20151217_110311

Para o titular da Sesab, Fábio Vilas-Boas, esse é um momento muito delicado para a saúde pública não só do Brasil, mas também do mundo, com a evolução dos vírus e dos meios de transmissão, que transformaram as doenças em epidêmicas, a exemplo do zika vírus. “O inseto é um dos maiores perigos à saúde pública do país. Com o passar do tempo, aumentou a quantidade de doenças transmitidas pelo ele e, com outras implicações, como a Síndrome de Guillain-Barré e microcefalia”, explicou o secretário em um breve histórico sobre a evolução da incidência de casos dessas doenças na Bahia e no País. Leia mais aqui


error: Conteúdo protegido !!