Itiruçu Online – Aqui Bahia Jornalismo de Qualidade e Responsabilidade Social

Barcelona conquista o Mundial de Clubes de 2015

RTEmagicC_a1011896b4.jpg

O Barcelona é o novo campeão mundial de clubes. Em partida realizada no início da manhã deste domingo, o time catalão enfrentou o campeão da Libertadores, River Plate, em Yocohoma no Japão. Favorito ao título, a equipe espanhola contou novamente com a força do seu trio ofensivo para bater o conjunto argentino por 3 a 0.

O jogo
O River Plate começou surpreendendo com a forte marcação no campo de ataque, dificultando a saída de bola do time catalão. No entanto, acabou recuando ao longo da etapa, dando campo para o Barcelona que passou a ditar o ritmo da partida. A primeira chance de gol veio aos 11 minutos. Iniesta descolou um ótimo passe para Messi na área que dominou e finalizou no canto esquerdo. Barovero saltou na bola e fez uma grande defesa de mão esquerda.

Aos 36, Neymar recebeu de Daniel Alves na ponta esquerda e na sequência encontrou Messi em boa posição no meio. Mesmo bem marcado, o Argentino dominou e encontrou espaço para finalizar no canto esquerdo de Barovero para abrir o placar. O River pouco assustou na etapa. Arriscou dois chutes de longa distância com Mora e Alário, mas Bravo fez a defesa com tranquilidade.

2015-12-20t130010z_93618010_mt1aci14227753_rtrmadp_3_soc

O Barcelona voltou para o segundo tempo melhor e não demorou a ampliar o marcador. Aos 4 minutos, Busquets lançou Suárez no comando do ataque que entrou sozinho na área e com muita tranquilidade bateu cruzado para fazer o segundo do time catalão.

O River Plate sentiu e viu o Barcelona crescer ainda mais na partida. Depois de parar em Barovero duas vezes o artilheiro do Mundial de Clubes, Luís Suárez, voltou a balançar as redes aos 23 minutos. Neymar alçou a bola da ponta esquerda no segundo pau, na cabeça de Suárez, que apareceu atrás da marcação para testar no canto direito de Barovero que desta vez ficou apenas olhando.

A equipe argentina tentou ainda fazer um gol de honra no final da partida. No entanto, Alário e Martinez acabaram parando em Bravo e na trave do time espanhol que após o apito final comemorou mais um título do Mundial de Clubes da FIFA. ( Correio).


error: Conteúdo protegido !!