Professores da rede pública fazem paralisação em todo estado baiano

As aulas na rede pública de ensino da Bahia foram suspensas nesta quarta-feira, pois os professores aderiram à paralisação nacional proposta pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

O objetivo dos professores é pressionar os parlamentares a aprovar o Plano Nacional de Educação (PNE) e cobrar o pagamento de R$ 1.597 do Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN). Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB) as atividades serão normalizadas nesta quinta-feira.

O Projeto de Lei do PNE (PL nº 8.035/10) foi enviado ao Congresso Nacional em 15 de dezembro de 2010 e deve alcançar suas metas até 2020. Atualmente o PNE está em trâmite na Câmara dos Deputados. Uma das propostas é que sejam destinados 10% do PIB à educação pública até 2014, e não apenas 7% até 2020, como proposto pelo MEC.

Brasília
Ainda nesta quarta-feira, representantes das 41 entidades filiadas à CNTE se reunirão, em Brasília, com o Ministro da Educação, Fernando Haddad, e prometem realizar um ato público em frente ao Congresso Nacional, exigindo que as solicitações sejam aceitas. (Portal Terra)


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas