Prêmio a ‘prodígio brasileiro’ da matemática é destaque no mundo; vice-prefeita implantou projeto em Itiruçu.

itirucu-online-jornal-a-noticia026e77cca61af959098c2cee4931eb5a

O brasileiro Artur Avila, pesquisador do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), do Rio de Janeiro, se tornou o primeiro brasileiro vencedor da Medalha Fields, considerada o “Nobel de Matemática”. O anúncio foi feito na abertura do 27º Congresso Internacional de Matemáticos, em Seul, na tarde desta última terça-feira (manhã da quarta, no horário sul-coreano).

O prêmio, que o matemático recebeu em cerimônia durante o congresso, é concedido a cada quatro anos pela União Internacional de Matemática a estudiosos com menos de 40 anos de idade que tenham alcançado resultados inéditos e revolucionários na área. Outros três especialistas foram premiados (confira a lista completa). Foi a primeira vez que um matemático latino-americano recebeu a honraria.

Repercussão — “O prêmio recebido por Avila mostra que há, no Brasil, boas condições para jovens que queiram buscar o reconhecimento internacional por meio da atividade acadêmica. Há excelentes centros de pesquisa com grande reconhecimento internacional, como o próprio Impa, que favorecem o desenvolvimento intelectual de estudantes ainda no ensino básico. O cenário está favorável à pesquisa científica. Contudo, precisamos aumentar a eficiência dos órgãos responsáveis pelo financiamento desses trabalhos, que atualmente sofrem com a burocracia exacerbada”, diz Carlos Henrique de Brito Cruz, professor do Instituto de Física da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e diretor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo (Fapesp).

Destaque em Itiruçu– A atual vice-prefeita de Itiruçu buscou implantar no município o projeto de matemática nas escolas do município. No início do ano, Dra. Rita visitou reuniões no Vale Jiquiriçá na busca por adesões dos municípios. Um dos destaques que faz parte da equipe do instituto IMPA (Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada) é irmão da vice-prefeita, professor Paulo Brandão, que ministrou aulas em Itiruçu e esteve na Coreia para receber a premiação.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas