Políticos “pegam ar” com citações de aglomerações em eventos na Bahia

 

Agora é a modinha da vez políticos pegarem ar com todas as opiniões contrarias que não defendam seus interesses diante do eleitorado. E a imprensa é sempre cobrada para atender os caprichos e, apenas, transmitir a imagem que querem à população. Já há quem pegou ar e começou atacar profissionais de rádio e do Webjornalisno. Para essa classe de opressores, democracia é: eu mando, você obedece.

Mas, a única certeza que devemos ter, é que a eleição será diferente e qualquer tipo de informação se tiver teor distante da realidade, será velozmente desfeita pela participação da sociedade nas redes, que cresce a cada dia.

Uma matéria do site Correio24horas, pautou de forma técnica sobre as aglomerações no inicio da campanha eleitoral, reproduzida por diversos sites e lida por quase todos os programas jornalísticos no sistema radiofônico, elevando a opinião contraria da população baiana sobre eventos que desrespeitem  as orientações sanitárias e, quem já havia realizado sofreu uma enxurrada de críticas de adversários e dos que emitiram, sabiamente, opinião sobre o assunto.

Lógico, ninguém que havia realizado gostou das posições, mas, neste caso, quem errou não foram os profissionais da imprensa, quem errou não foi à sociedade contraria aos fatos, e sim os políticos e eles que devem pagar o ônus do ato. Não devem cobrar silêncio das pessoas, não tem esse direito, nem das que as servem.

O TRE já havia alertado a imprensa durante uma Live de orientações, com a participação da imprensa – onde o Itiruçu Online participou – e pediu a colaboração de todos para denunciarem atos de desrespeito frente a pandemia do novo coronavírus: compra de votos e atos que configurem crime eleitoral. É um desafio, pois muitos estão inseridos em factoides que servem a políticos, e a sociedade nunca será a prioridade que não os interesses pessoais. O que for levado à sociedade precisa obedecer a isonomia de igualdade e de oportunidades a todos os candidatos.

O Itiruçu Online se solidariza com todos os profissionais de imprensa, escrita e falada, que estão diariamente ao lado do povo, servindo à sociedade de forma séria e responsável sem nenhum atrelamento aos cofres públicos. É preciso coragem para continuar.

E, continuem na luta em favor da vida, pois a pandemia não acabou, não há vacina, mas existem os cuidados a serem seguidos. Se saírem de casa, usem máscaras. Não participem de aglomerações, assim você ajuda a cuidar de todos nós!


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas