O combate ao vírus da fake news;

Muitas pessoas estão confinadas. Algumas, com condição econômica melhor, estão em retiro nas suas fazendas ou casas de praias. Outras estão tomando medidas mais criteriosas de higiene, sem vida social nenhuma. Em comum, todas esperam a vacina chegar. O tempo urge. Já batemos a marca de mais de 200 mil vidas perdidas para o coronavírus. Paralelo ao combate à Covid, estamos enfrentando um outro o vírus: o da fake news. O professor titular e membro da força-tarefa no combate à Covid -19, da Unicamp, Luís Carlos Dias, alerta para o movimento criminoso dos anti-vacinas. “Cerca de 50 países já iniciaram suas campanhas de vacinação, e como não houve nenhum caso adverso grave, esse movimento está atuando de forma criminosa numa campanha de desinformação. Para vencermos a pandemia, vamos precisar da adesão da população à campanha de imunização. Vacinas salvam milhões de vidas por ano”, afirma ele.

Proteção mais que necessária

Usar protetor solar principalmente nesta época de verão é importante, já que Salvador está entre as 10 capitais brasileiras com maior número de casos de câncer de pele. “As pessoas têm tido o hábito de usá-lo diariamente, principalmente as mulheres, com o surgimento de protetores com efeito base. Para os cabelos, o uso de hidratantes (leave in ), com filtro solar, também tem se tornado uma rotina o que ajuda a proteger o couro cabeludo dos danos da radiação ultravioleta. É importante estar atento a qualquer “pinta” nova que surja”, ressalta a dermatologista Danielle Campos.

De olho no fígado

Cerca de 40 % dos pacientes com Covid-19, quando chegam ao hospital, apresentam alterações no fígado. A maioria evolui sem problemas. Mas, pacientes com grandes alterações no fígado (com cirrose, por exemplo) têm risco elevado de complicações e morte, durante a doença. Além de hipertensão, diabetes, obesidade, doença pulmonar crônica, pacientes com doenças hepáticas passam a ser considerados grupo de risco para a doença. “Embora sem comprovação científica, o uso de nitaxoxanida, cloroquina e Ivermectina pode ser uma das causas, mas não explica tudo”, garante o hepatologista Raymundo Paraná.

Planos insalubres

O ano começou e quem paga plano de saúde recebeu a facada. A cobrança surpreendeu muitos consumidores, porque, além do costumeiro reajuste anual, o novo ano também traz as recomposições de reajustes suspensos por conta da pandemia do novo coronavírus. Segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), existem cerca de 47,3 milhões de beneficiários de planos de assistência médica. Não são poucos os consumidores desse mercado afetados pela volta dos reajustes. A corda sempre parte para o lado mais fraco.

Aporte na Saúde

O setor da saúde foi uma das áreas que obteve maior investimento pelo executivo municipal nos últimos anos. Em 2020, mesmo com a pandemia do novo coronavírus, a administração seguiu com o processo de expansão do aporte na saúde, destinando mais de 22% do orçamento geral do município. Foram investidos mais de R$ 23 milhões para construção de 11 novos postos de saúde na cidade. Tudo agora que queremos, além da vacinação que já começa na próxima quarta-feira (20), é cada vez mais investimentos em saúde.

Spazio Oral

Os sócios dentistas da Spazio Oral Dylton Neto, José Medeiros Filho e Júlia Torres já preparam novidades para o novo ano e reforçam cuidados ainda mais especializado para os pacientes.

Webinar em Pediatria

O Hospital Martagão Gesteira e o Instituto de Ensino da Saúde e Gestão (IESG) promoverão o Webinar Pneumologia pediátrica em revisão, no dia 30, das 9h às 12h. As inscrições gratuitas podem ser feitas pelo link: http://bit.ly/WebinarPneumologia

SOCORRO

A expectativa é grande para o início da vacinação em todo o território brasileiro, assim como a desconfiança frente a tantas idas e vindas do governo.

Discursos, ações, atitudes, tudo isso tem consequências. O drama vivenciado por Manaus é reflexo da negação de muitas pessoas, incluindo autoridades, sobre gravidade da Covid.

Diante do caos na gestão federal frente à crise sanitária, esperamos responsabilidade, mesmo após o início da vacinação. A pandemia ainda não acabou.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas