Morre mulher internada  no hospital de Itiruçu; Vítima sofria de Cirrose  hepática

Mulher foi socorrida ao hospital no último domingo. Foto/ Itiruçu Online.

Joelma Bueno de Almeida,  de 33 anos, que estava  internada no Hospital de Itiruçu,  com sintomas avançados de  cirrose hepática , faleceu na madrugada desta terça-feira (08). A família dela é de São Paulo, mas a mulher vivia com o companheiro na cidade de Itiruçu, para onde se transferiu há 03 anos, onde também será sepultada no cemitério local. O corpo é velado na capela municipal. A mulher era usuária de bebidas alcoólicas.

Joelma  chegou a ser encaminhada a Unidade Hospitalar de Itiruçu por diversas vezes. Na noite do último domingo (07), uma pastora da cidade, Silvana, visitou a enferma e vendo à situação piorada, onde a mulher gritava de dores dentro de casa, acionou uma Unidade Médica do Hospital para encaminhá-la a um leito, sendo levada por uma equipe. A mesma Unidade médica foi recusada pela enferma na tarde de domingo quando acionada por vizinhos.

O quadro clínica era gravíssimo. O corpo era tomado por feridas. Joelma não resistiu aos sintomas e acabou falecendo. A luta dela pela vida não era fácil, pois estava com órgãos comprometidos e mesmo transferida para um Unidade Maior necessitaria de transplantes de órgãos, de acordo informações obtidas pelo Itiruçu Online.

Um vídeo da mulher circula nas redes sociais, uma prática errada das pessoas que dizem tentar ajudar. Compartilhar vídeos em redes sociais ajuda a pessoa ou empurra a miséria de outros para pessoas que não são médicos e que pouco podem ajudar?


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas