Mesmo com poucas chuvas, moradores já tiveram prejuízos e transtornos em Itiruçu.

rhhrdh

Em Itiruçu, a chuva ainda não chegou com força, mas a pouca quantidade que caiu foi o suficiente para trazer prejuízos aos moradores em alguns bairros.  Um dos casos foi registrado no final da Rua Juscelino Kubistchek, que acaba recendo enxurradas de várias partes da cidade, que descem destino a nascente do Beija-Flor. Muitos entulhos oriundos de obras de quebra-molas ficaram na Rua, deixados pela prefeitura.

Dona Carmozina Tavares mostra resultados de quebra-molas de terra na rua.

Dona Carmozina Tavares mostra resultados de quebra-molas de terra na rua.

A situação da referida Rua foi denunciada por uma moradora, Sra. Carmozina Tavares, de 73 anos, alegando sofrer prejuízos por conta de obras realizadas pela prefeitura sem estudos prévios e acabou causando transtornos em sua residência. Segundo ela, sua residência ficou alagada no dia de finados e na última segunda-feira 10.

Água atingiu metade da parede

Água atingiu metade da parede

A expectativa é de chuvas mais fortes até o próximo sábado, dia 15, e a situação ainda pode piorar na Rua. Na localidade foi realizado uma melhoria para diminuir a buraqueira e a poeira, mas em decorrência de uma espécie de quebra-molas construído com bairro para desviar águas das enxurradas, não foi suportada a quantidade e acabou cedendo.

A situação, no entanto, segundo moradores, não é de hoje. Eles alegam que a cidade muda de prefeito e a situação da Rua não é solucionada, inclusive, sofrem com animais perambulando durante dia e noite.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas