Justiça nega liminar que pedia paralisação das obras do BRT em Salvador

O juiz Glauco Dainese, da 7ª Vara da Fazenda Pública de Salvador, indeferiu a liminar requerida pelos advogados Jonathan Augusto Oliveira de Lima, Luan Azevedo Baptista D`Alexandria e Pablo Barreto que pedia paralisação das obras do BRT de Salvador. Eles entraram com ação popular pedindo maior debate com a popualação antes da realização da obra, além de outros fatores. Liminarmente, pediram a paralisação, que foi negada nesta quarta-feira (16). Diante do indeferimento da liminar, a ação popular continua em andamento e as obras também.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas