Itiruçu: polícia procura acusado de assassinar homem com golpe de faca no peito; veja foto

Acusado está foragido e é procurado pela justiça

Acusado está foragido e é procurado pela justiça

Um jovem Edisman, suspeito de matar com um golpe de faca Reginaldo Castro Souza, 41 anos de idade, permanece foragido.  A Polícia de toda região está em estado de alerta. Na cidade o receio é de lixamento, caso o jovem apareça, ou até mesmo no momento de sua prisão.

 

Após o crime, o suspeito fugiu sem deixar pistas. Nesta terça-feira (16) a polícia civil ouviu vários frequentadores do Indiara Bar, comércio onde iniciou a confusão que terminou no assassinato.

 

Segundo relatos de testemunhas, houve principio de confusão entre Edisman e outro indivíduo de nome não revelado, motivado por ciúmes do acusado de sua namorada. A briga foi iniciada e Reginaldo, dentre outras pessoas separou a confusão. Em meio à confusão, Edisman teria evadido do local, retornado com uma faca, momento que, encontrou a vítima sentada e tocou-lhe as contas, ao virar para saber quem o chamava, Reginaldo, popular Gazinho, foi ferido na altura do peito direito com o golpe da faca. Em seguida ele entrou no Bar pedindo socorro, caiu no chão já falecendo. Ele foi sorrido e levado para o Hospital Pedro Pimentel Ribeiro, aonde faleceu. O Corpo foi periciado pelo IML de Jequié e sepultado por amigos e familiares na tarde de segunda-feira (15).

 

O proprietário do Bar, que é também Guarda Municipal, informou a PM que o assassinato não ocorreu dentro do Bar e sim em uma pracinha.  Segundo ele, Wiran, em depoimento a polícia, Gazinho entrou no bar para pedir socorro, mostrando o lugar onde estava perfurando. A Polícia Civil segue ouvindo testemunhas para colher detalhes do crime. Assim que ouvi todas as versões sobre o assassinato, a polícia civil deverá comentar o assunto com a imprensa.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas