Itiruçu: Justiça cumpre mandado de prisão contra Pastor acusado de pedofilia

Na manhã desta sexta-feira (04), a Polícia Civil de Jaguaquara, fez cumprir  um mandado de prisão preventiva em desfavor de Juvêncio Faustino dos Santos Filho, 53 anos, acusado de cometer crimes de pedofilia quando morava na cidade de Santa Bárbara do Oeste, em São Paulo e também acusado de cometer os mesmos crimes contra duas garotas de  na cidade de Itiruçu, De acordo com a Delegacia Territorial (DT), de Jaguaquara, o pastor é acusado de estuprar duas garotas, de 12 e 13 anos em Itiruçu, no ano de 2014. As vítimas são filhas de membros da igreja, que ele pastoreava.  em mandado expedido  pela Juiza Dra. Andréa Palmarella, [segundo informações ao Itiruçu Online repassadas por prepostos da Justiça] deu-se a prisão.

Investigado em Itiruçu

De acordo com informações obtidas pelo Itiruçu Online, o mesmo pastor é alvo de denúncias também no município de Itiruçu, acusado dos mesmos crimes. De acordo com relatados, as denúncias foram recebidas pelo Conselho Tutelar da cidade após a realização de uma Campanha contra a Exploração e Abuso Sexual de Menores, realizada em 18 de Maio de 2018, quando então uma escola municipal resolveu fazer avaliações sobre o tema, nas quais foram relatados dois casos revelando serem vítimas de abuso.  A Unidade Escolar relatou o caso ao Conselho Tutelar, que ouviu as vítimas e encaminhou para investigação junto a Polícia Civil da cidade. Ainda segundo relatos, no percurso das investigações, o Conselho Tutelar recebeu outra denuncia do mesmo autor. O caso foi investigado e encaminhado ao Ministério Público e a Juíza da Infância e Juventude  decretou outro mandado de prisão em desfavor do denunciado.

Atualizada às 19h30 para complemento das informações. 


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas