Indicação de Marcus Presídio à vaga de conselheiro do TCE é aprovada por unanimidade

comissaão

Durante sessão realizada na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia (CCJ), nesta quarta- feira (11), o parecer de indicação do bacharel Marcus Presídio ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) foi aprovado por unanimidade. Presidida pelo deputado Joseildo Ramos (PT), a sessão contou com a presença de diversos parlamentares, da base do governo e oposição, que fizeram questão de manifestar sua opinião sobre o indicado. Joseildo disse acreditar na aprovação de Presídio para o TCE. “Embora o inusitado esteja sempre nesta Casa, o bacharel Marcus Presídio preenche todos os requisitos legais e constitucionais para ser conselheiro”, destacou. Em seu parecer, o relator Luiz Augusto (PP) destacou as virtudes de Presídio. “O senhor tem a capacidade de resolver os problemas sem dificuldades e é isso que precisamos no Tribunal”, ressaltou. “Todos os partidos, de situação e oposição, se sentiram contemplados com o seu nome”, frisou o deputado Nelson Leal (PSL).

presidio

O indicado falou em poucos momentos, quando solicitado ou questionado, mas em seu rápido discurso, agradeceu a confiança do presidente Marcelo Nilo e dos demais pares, pela indicação e reafirmou seu compromisso em continuar sendo imparcial como foi em mais de 30 anos de serviço na Alba. “Garanto permanecer sendo imparcial nas minhas decisões, como fiz nesta Casa ao longo de tantos anos, pretendendo apenas auxiliar o bom andamento do trabalho do legislativo baiano, sem privilegiar qualquer um dos parlamentares, em detrimento de seu vínculo político partidário”, assegurou. Presídio disse ainda em sua falta, que é preciso garantir aos gestores acusados uma ampla defesa. “Vivemos um denuncismo desenfreado.Temos que trabalhar mais para orientar os gestores. Não adiantar julgar para punir”, avaliou.

marcos

O presidente Marcelo Nilo esteve rapidamente na sessão e teceu elogios a Marcus Presídio. “É um dos melhores gestores que conheci na minha vida pública”, afirmou. Emocionado, pediu a aprovação do nome de Presídio para o TCE. “Vou sentir muita falta de você”, disse, com a voz embargada. Nilo foi aplaudido pelos deputados que acompanham a sessão. Marcus Presídio é Advogado, com especialização em Gestão Operacional Pública, funcionário efetivo há 32 anos, Presídio é técnico com larga experiência em administração pública e ocupa há 18 anos a Superintendência de Administração e Finanças, cargo de maior responsabilidade do Legislativo Estadual. Foi indicado ao cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), pela Assembleia, após a abertura da vaga devido ao falecimento do conselheiro Zezéu Ribeiro.
Com informações do Bocão News

Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas