FAMÍLIA DE ANCIÃO ASSASSINADO PEDE JUSTIÇA

A família do Sr. Adalberto Santos Silva, 73 anos, conhecido pelo apelido de ” Mestre Adalberto ”, está revoltada com crime praticado contra ele na noite de domingo (28). O corpo do ancião foi encontrado por volta das 20h deste domingo, na garagem da sua residência, localizada Rua Alberíco Pires, bairro Antônio Leal, em Itiruçu. Segundo informações colhidas no local pelo Blog Marcos Frahm, a empregada da casa foi quem encontrou o idoso morto. Ela tentou manter contato telefônico, ligando para o seu celular, mas ele não atendia. Em seguida, pediu ajuda aos vizinhos, que entraram no imóvel e encontram o mesmo estirado no chão. A informação foi passada para à Delegacia da Polícia Civil, que acionou o Departamento de Polícia Técnica de Jequié. Ao chegarem no local, peritos constataram que Adalberto foi morto com duas facadas no peito e ainda teve o seu órgão genital decepado. Após a realização do levantamento cadavérico, o corpo foi levado para o IML de Jequié para as formalidades legais. A polícia civil ainda não tem pista dos autores do crime. O velório foi realizado e o aconteceu às 17h desta segunda-feira (29), no Cemitério público da cidade. O ancião era pai de 10 filhos e residia sozinho desde que a sua esposa faleceu, a cerca de quatro anos. Apenas duas filhas participavam do velório, até o momento em que a repotagem do BMF estava em Itiruçu. O caso começa a ter grande repercussão na imprensa regional. Informaçoes de Marcos Franhm

Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas