“Empresa que financia a campanha política trata isso como um investimento”, afirma Rui Costa


Parlamentares, autoridades, lideranças e representantes de movimentos sociais participam hoje (04) de mobilização em prol da Reforma Política. O ato acontece no Auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, a partir das 14h30, para afirmar a importância das mudanças no processo eleitoral que, na opinião do deputado federal Rui Costa (PT-BA), torna o poder político mais livre e representativo para a população.Em entrevista à rádio do PT na Câmara na última quinta-feira (29), Costa disse que considera o financiamento público de campanha o ponto mais importante da proposta. Para o deputado, o vínculo com setores privados é prejudicial e precisa ser rompido pelo bem da verba pública.“O financiamento público de campanha vai libertar os gestores. Toda empresa que financia a campanha política trata isso como um investimento e todo investimento para a empresa privada tem que ter um retorno”, afirmou Costa na entrevista. Ele acredita que o financiamento privado é fonte primária de corrupção.Rui Costa também destaca a mudança na eleição das casas legislativas brasileiras. A proposta é que os eleitores passem a escolher, além do candidato específico, uma lista de parlamentares escolhidos pelo partido de sua preferência. Desse modo, segundo o deputado, há um fortalecimento das legendas e dos projetos políticos.A reforma política, cujo texto é de relatoria do deputado federal Henrique Fontana (PT-RS) conta com a adesão de movimentos sociais e entidades. Confirmaram presença no ato de dessa terça representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), União Nacional dos Estudantes (UNE), Central Única dos Trabalhadores (CUT), entre outros. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também é um forte defensor das mudanças. Fonte Rui Costa


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas