Em São Paulo, jovem Jaguaquarense mata ex-companheira a facadas e tenta suicídio

Presoemsaopaulo

Um homicídio passional gerou revolta em moradores da Chácara Vista Linda, em Bertioga, que chegaram a apedrejar o autor do crime, o serralheiro Valdivan Silva Costa, de 36 anos, natural de Jaguaquara, que matou a ex-companheira a facadas. Na manhã desta quarta-feira (10), o homem teria apunhalado Cristiane Ferreira Sousa, de 22 anos, com dois golpes de uma faca de cozinha, na casa onde ambos moravam. A jovem morreu ainda no local. A reportagem do A Tribuna apurou que a motivação do crime seria que o serralheiro tinha a intenção de reatar o relacionamento, mas a vítima se recusava a continuar com ele.

De acordo com relato de populares, depois de matar a mulher, Valdivan fugiu em direção à Rodovia Manoel Hypolito do Rego (Rio-Santos). Revoltadas algumas testemunhas seguiram o homem, que ainda tentou escapar entre os carros que passavam pela pista, na altura do km 216. Uma testemunha afirma ainda que, enquanto tentava fugir, o serralheiro teria sido atropelado por um caminhão, mas que o acusado escapou ileso do acidente. Algumas pessoas conseguiram deter o serralheiro e começaram a agredi-lo com pedaços de pau e pedras, chegando a cobrir parte do corpo do acusado, que já estava caído no chão, com paralelepípedos, lembrando uma espécie de campa.

A violência foi contida com a chegada de uma viatura da Polícia Militar. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) socorreu Valdivan, que foi encaminhado ao hospital, medicado e liberado. Na sequência, foi levado à Delegacia de Bertioga, onde acabou autuado por homicídio simples.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas