Dono de bar é preso com pistola em estabelecimento durante toque de recolher no interior da Bahia

Um homem foi preso na noite do sábado, 27, com uma pistola em um bar de sua propriedade, no povoado de Meio de Campo, zona rural na cidade de Governador Mangabeira, a 136 km de Salvador.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o estabelecimento funcionava fora do horário permitido pelo Toque de Recolher previsto em todo estado contra o avanço da Covid-19. Conforme a pasta, equipes do o Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) da 27ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Cruz das Almas), flagraram cinco pessoas no local no momento da ação.

Segundo contou o comandante da unidade, major Edicarlos da Costa Xavier, a intensificação do patrulhamento no povoado de Meio de Campo, zona rural de Governador Mangabeira, durante o combate aos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), levou os policiais do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) ao local, por volta das 23 horas.

“Percebemos que o bar funcionava fora do dia e horário permitido pela Lei do ‘Toque de Recolher’, vigente em toda a Bahia. Durante averiguação no local, além do dinheiro, avistamos as munições e encontramos, embaixo de um colchão, uma pistola Taurus, calibre 38”, disse o oficial.

Ainda conforme a PM, 13 gaiolas contendo Papa-Capins, Bigodinhos e Coleras também foram localizados no estabelecimento, sem autorização de posse. Todo material foi encaminhado, juntamente com o dono do bar e quatro clientes para a Delegacia Territorial (DT) de Cruz das Almas.

Autuado pelo porte ilegal de arma de fogo, o proprietário do bar segue custodiado, aguardando decisão da Justiça. Já as pessoas encontradas no bar assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foram liberadas, segundo o delegado Cristóvão Éder.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas