Deputado Marcelo Nilo prestigia lançamento do Plano Safra


Foi lançado, ontem quinta-feira, dia 21, no auditório do Hotel Stella Maris, em Salvador, o Plano Agrícola e Pecuário da Bahia (Plano Safra) 2011/2012, contendo o orçamento e as políticas públicas que serão executados pelo governo do Estado e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) no período. O presidente da Assembléia Legislativa, Marcelo Nilo (PDT), participou, ao lado do governador Jaques Wagner, da solenidade, que contou também com a presença do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.

O Plano Safra, deste ano será ampliado em 14,7% em relação à safra passada. Do total de recursos que serão investidos, R$ 4,2 bilhões, a agricultura familiar irá receber R$ 1,5 bilhão¸ 50% a mais do que em 2010. O plano contempla uma série de contribuições para o fortalecimento e a expansão da agropecuária baiana, responsável por 24% do PIB, 30% dos empregos e 37% das exportações estaduais.

Entre as várias ações de apoio à agropecuária no estado que são beneficiadas pelo plano estão os programas de Crédito Assistido, Mais Alimentos, Seguro Safra, Desenvolvimento Regional Sustentável e o Programa de Aquisição de Alimentos. Esta é a terceira vez que o governo do Estado lança um Plano Safra, disponibilizando recursos estaduais e federais, por intermédio dos ministérios do Desenvolvimento Agrário e da Agricultura.

Marcelo Nilo elogiou o Plano Agrícola apresentado pelo governo do Estado, ressaltando a importância do crescimento do número de agricultores familiares que estão usando os dispositivos que foram criados para auxiliar a sua atividade, como o acesso facilitado ao crédito agrícola e, principalmente, o Seguro Safra, que dá maior tranqüilidade às famílias trabalhadoras. “Na região do semi-árido, por exemplo, o sucesso do plantio depende muito de fatores climáticos e a garantia de que o governo do Estado oferece ao agricultor tranqüiliza o pai de família que tira da terra o seu sustento”, disse o presidente do Legislativo

Fonte: Diário Oficial


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas