COVID-19: Prefeitura contrata ‘Morte’ para reforçar uso de máscara

A Prefeitura de Formiga, Região Centro-Oeste de Minas, fez uma aposta inusitada para a conscientização sobre o uso de máscaras na prevenção à COVID-19: desenvolveu uma ação lúdica com um animador se vestido de “Morte” para distribuir o equipamento de proteção na Praça Getúlio Vargas, no Centro da cidade. A campanha é coordenada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano. Durante a ação, são distribuídas máscaras para as pessoas que passam pela região central da cidade sem a proteção facial.

Servidores dos Centros de Referência em Assistência Social (Cras) estão envolvidos na iniciativa, que se repetirá às terças e quintas-feiras. Esse não foi o primeiro personagem que chamou a atenção na cidade. Antes, teve um astronauta. A estátua do Cristo Redentor também recebeu uma máscara. “Foi a forma que encontramos para conscientizar a população”, explica o secretário Rui Palomo Júnior.

A Câmara Municipal aprovou projeto tornando obrigatório o uso do equipamento em Formiga, entretanto, não estipulou multa para quem descumprir a norma. Pelas próximas cinco semanas, novos personagens devem sair às ruas da cidade. “Estamos estudando junto com o animador. A ideia é fazer um personagem por dia de ação. Vamos elaborar um para terça-feira e deixar um suspense, porque mesmo sendo uma brincadeira tem gerado interação”, afirmou.

Paralelamente, equipes das secretarias de Saúde e de Desenvolvimento Humano distribuem panfletos e também álcool em gel.
Profissionais relatam casos de pessoas com pneumonia grave, mas que sentiam apenas falta de ar que aparentava ser leve.

 


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas