Covid-19 ameaça votação de afastamento do prefeito na câmara de Jequié

Em Jequié o crescimento de casos da Covid-19 pode prejudicar a situação política que vem ocorrendo no município. Informações que circulam na rede social através de grupos no  WhatsApp, dão conta de que o Coronavírus atingiu um dos vereadores de oposição ao prefeito, Sérgio da Gameleira, podendo prejudicar a votação em prol do afastamento do gestor municipal. De acordo com informações, o vereador Soldado Gilvan teria sido o primeiro do médio Rio das Contas a testar positivo para o novo coronavírus, após teste rápido.

Segundo um dos questionamentos no grupo social direcionados ao vereador, o teste teria sido feito no dia 03/06. A confusão, no entanto, é de que o novo teste teria sido atestado pelo Laboratório Central da Sesab, o Lacen, tendo resultado positivo para covid-19.

Os médicos recomendam o afastamento e isolamento social das pessoas que testam positivo para a doença. Se confirmado, o edil deverá ser imediatamente afastado das ações públicas, ficando em quarentena. O vereador é articulador da bancada de oposição ao prefeito Sérgio da Gameleira na câmara de vereadores e seria um dos responsáveis pela articulação para a votação do afastamento do prefeito.

O Itiruçu Online buscou contato com o vereador através do WhatsApp e na tentativa de ligações, mas não obteve respostas.

Com o número de casos de Covid-19 crescendo, todos os dias na cidade, um Decreto Estadual instituiu o Toque de Recolher que estabelece a proibição de circulação de pessoas e veículos a partir das 17h, o que impede a realização da sessão, alguns vereadores de oposição ao prefeito, entraram com hábeas corpus civil como pedido de urgência, para suspender com um mandado de segurança o toque de recolher, do Governo do Estado. Os vereadores autores deste pedido são os edis Adriano Guião, Admilson Careca e o Soldado Gilvan.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas