12039332_1640695076208279_3137380526519554582_n

Após se jogado nas mãos do carlismo na Bahia, o PDT deve ser esvaziado na maioria das cidades baiana. O prefeito de Lajedo do Tabocal Adalício Almeida abandonou o barco pedetista nesta quarta-feira (30) e se filiou no Partido Progressista-PP-, do deputado estadual Eduardo Salles e do vice-governador João Leão.

Em Itiruçu o partido já foi abandonado por seus filiados e defensores da democracia implantada pelo PT na Bahia no governo Jaques Wagner, da qual o PDT fez parte da base.  A atual vice-prefeita Dra. Rita Novaes será a próxima a deixar a sigla no município e se filiar ao novo partido do presidente da Assembleia Deputado Marcelo Nilo, assim que for definido.

12063541_1640695036208283_2230207740064806948_n

O certo é que, a maioria dos políticos sofrem com os partidos “de aluguel”, que tomam decisão por uma maioria em beneficio de poucos. Como foi o caso do PDT, onde a minoria decidiu ficar na base do atual prefeito de Salvador ACM Neto do DEM para assegurar pastas indicadas pelo partido.


Foto/Blog Itiruçu Online
Foto/Blog Itiruçu Online

Foram aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado da Bahia, as contas da prefeitura de Itiruçu, de responsabilidade do ex-prefeito Aílton Cezarino, referente Prestação de Contas do Convênio nº 015/2007 celebrado entre a SEDUR- Secretaria de Desenvolvimento Urbano-, e a PMI- Prefeitura Municipal de Itiruçu-, para Calçamento do Bairro Santo Antonio. O valor total do Convênio foi de R$ 504.734,23 com uma contrapartida do município orçada e R$ 10.000,00.

Após o calçamento o Bairro se tornou o mais valorizado na cidade. No mesmo ano também foi realizada a eletrificação de todo o Bairro.

O Tribunal considerou o cumprimento do Convênio pactuado e a auditoria não pontuou nenhuma irregularidade que pudesse ensejar o prejuízo reprovativo das contas em apreço. O ex-prefeito comemorou a decisão


tiagoebrito

Já era esperado. O deputado federal Antônio Brito (PTB) era apontado como um dos possíveis candidatos à prefeitura de Salvador em 2016 que seriam apoiados pelo governador Rui Costa (PT), de forma a tentar forçar um segundo turno e diminuir a chance de ACM Neto (DEM) se reeleger. Porém, isso não deve acontecer. Brito transferiu o título eleitoral para a cidade de Jequié nesta quarta-feira (30) e deve concorrer ao posto de chefe do legislativo do município. “Lá eu tive 36 mil votos, a presidente Dilma teve 40 mil. Então, nesse momento, você tem a proposta de uma cidade que eu nasci [Salvador] e outra que é a minha principal base eleitoral”, afirmou, em entrevista à Rádio Metrópole.


Foto: Reprodução/ Ubatã Realidade
Foto: Reprodução/ Ubatã Realidade

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) reprovou nesta quarta-feira (30) as contas da prefeitura de Barra do Rocha na gestão da prefeita Vera Lúcia Franco Ramos Costa (PSC) e multou a então mandatária da cidade em R$ 6 mil. Segundo o parecer do TCM, o município utilizou recursos da ordem de R$ 1.680.600,00 acima do orçado e sem a autorização da Câmara Municipal.

A corte de contas determinou, ainda, a devolução da quantia de R$ 2.723,23 aos cofres públicos por causa do valor negativo no saldo bancário. Ainda de acordo com o texto, “O relatório técnico registrou também inconsistências nos registros contábeis, inexpressiva cobrança da dívida ativa, ocorrências de procedimento licitatório irregular, modalidade carta convite, em virtude da ausência de número mínimo de três propostas válidas; contratação direta irregular mediante dispensa e inexigibilidade de licitação e realização de despesas imoderadas com a aquisição de combustíveis”.

A decisão ainda cabe recurso mas o Tribunal requer que o município ajuste os mecanismos que causaram a falha para evitar que a inconsistência nas apurações cause novas rejeições por parte da corte. Na oportunidade, o presidente da Câmara, Amaurilho Bispo de Souza Neto (PSC), teve a prestação de contas aprovada mas terá de pagar multa de R$ 500 pelas falhas no relatório.


santainesvereador

A publicidade dada ao projeto de Lei Nº 07/2015, de autoria do executivo municipal de Santa Inês, que trata apenas de ajustes financeiros da prefeitura do município para um período de três meses, apenas, acabou ganhando status de ser uma diminuição de salários real, ou seja, pela publicidade, o projeto seria para ser executado como Lei na cidade sem data de término: o que não existe.

Em entrevista para o correspondente do Blog Itiruçu Online, Pery Souza, o vereador Edvaldo Barros (PDT), disse que o projeto representa uma economia irrisória diante da crise que o município atravessa.

– “O projeto nº 07/2015 de autoria do executivo municipal diz reduzir os salários dos secretários, do prefeito e vice-prefeito, num percentual de 10% em um período de 03 meses, sendo de outubro a dezembro de 2015, somando um valor mensal de R$ 4.350,00 (quatro mil trezentos e cinquenta), onde ao final soma R$ 13.050,00 (Treze Mil e Cinquenta Reais), totalizando o período de três meses. O que nos chamou a atenção é a economia simbólica do valor reduzido como solução diante da crise existente e se comparando a outros gastos que considero exagerados, o que seria muito mais conveniente que se fosse feita essa redução sob  os contratos que a prefeitura tem com várias empresas prestadoras de serviços. Posso citar como exemplo a empresa Real Locações, que tem um  contrato com o município no valor de R$ 195.811,08 anualmente,  referente à locação de veículos para ficar a disposição do gabinete e da secretaria de planejamento, além do consumo de combustível que considero altíssimo no valor de R$ 5.600,00 em média ao mês, só para servir ao gabinete do prefeito e a secretaria de planejamento”-

O edil avaliou a gestão do prefeito José Afrânio (PC do B) e a classificou como uma gestão “perdida e sem avanços”. “Diante da situação econômica que atravessa nosso município, vejo uma gestão perdida e sem avanços no que se refere aos serviços básicos para nossa comunidade. A exemplo, menciono a saúde, educação e o social, onde os serviços não tem atendido as necessidades dos munícipes”, disse.

Sobre sua atuação de vereador, Edvaldo disse defender os interesses da comunidade e retribuir a confiança a ele (Edvaldo) depositada, denunciando e cobrando ações do governo municipal.

-“Na câmara sempre tenho buscado fazer a defesa daqueles que mim confiaram o poder de representá-los. As possíveis irregularidades são temas bastante discutidos e analisados por alguns vereadores, não descartando a solicitação da apuração dos fatos aos órgãos competentes. Quero ressaltar a participação dos demais vereadores que são comprometidos nas fiscalizações e nos seguimentos dos processos que a câmara tem feito, contribuído para uma melhor gestão no município. Isso é o que tenho feito ao longo dos meus mandatos e irei continuar fazer, defendendo àqueles que confiaram no meu mandato e com a consciência tranquila de está fazendo meu papel como representante público. Esperamos que os meus colegas possam participar também do processo e que a câmara possa continuar sendo o órgão participativo e atuante para que busquemos uma melhor qualidade de vida a nossa comunidade e, assim, fazendo nosso papel de gestão legislativa”-, concluiu.


DSC01674 (190)
Foto/Blog Itiruçu Online

O recadastramento eleitoral biométrico é realizado para dar mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação. No recadastramento são coletadas a assinatura eletrônica do eleitor, sua foto (com medidas da face) e as suas impressões digitais. Daí o nome ‘biometria’ – porque agora serão coletados e armazenados dados físicos do eleitor.

No Estado da Bahia, a identificação biométrica iniciou-se em 2009, com os eleitores da 200ª Zona Eleitoral, sediada no município de Pojuca, e prosseguiu no ano de 2013 em mais 29 municípios de 12 Zonas Eleitorais (veja a relação ao final deste texto),  totalizando ao final mais de 340 mil eleitores recadastrados biometricamente, o que corresponde a mais de 3% do eleitorado baiano. Até maio de 2015 mais de 500 mil eleitores passaram pelo procedimento.

Mais cidades no interior do estado vão receber o processo de cadastramento.  A próxima etapa do programa atenderá 55 Zonas Eleitorais, beneficiando as cidades de Lafaiete Coutinho, Apuarema, Gandu, Jequié, Ilhéus, Itabuna, Juazeiro, Barreiras, Porto Seguro, Cruz das Almas, Serrinha e Camaçari.

Até o momento não há informações sobre o recadastramento eleitoral biométrico na Comarca Eleitoral para os municípios de Itiruçu, Lajedo, Maracás e Planaltino. Assim que for programada a ação o Itiruçu Online divulgará. Clique aqui e confira a lista dos municípios que irão receber o processo de Recadastramento Biométrico. 


PG2-F25

Os agentes penitenciário do Conjunto penal de Jequié vão paralisar suas atividades na próxima segunda feira (28) em protesto a retirada de um agente penitenciário do cargo de Diretor Adjunto do CPJ. Segundo o diretor do Sindicato do Agentes Penitenciário da Bahia, José Ramalho, foi nomeado um policial civil para ocupar o cargo, “nada contra o policial civil, mas todos sabem que esse cargo só pode ser ocupado por um agente penitenciário e isso é previsto em lei. A Secretaria de Assuntos Penais não poderia desrespeitar um acordo conquistado pela categoria,” disse.

O vereador e agente penitenciário, Chico de Alfredo, relatou que a indicação do policial civil para o cargo foi do deputado estadual Euclides Fernandes (PDT). “Vou conversar com o deputado para rever essa situação e escolher alguém do quadro efetivo para esse cargo de diretor adjuntos do Conjunto penal de Jequié”, relatou Chico. José Ramalho disse ainda que em respeito as visitas do final de semana os agentes vão trabalhar normalmente, mas, que a partir de segunda feira serviços como visita de advogados e outros serão suspenso por tempo indeterminado. O sindicato não aceita a exoneração do servidor e a nomeação de alguém que não faz parte do quadro de servidores penitenciários e que irá acarretar transtornos e sobrecargas aos agentes que terão de ensiná-lo a trabalhar. Essa exoneração apenas soma-se aos incontáveis desrespeitos cometidas pelo governo aos servidores penitenciários. É evidente a necessidade de por um fim a esse modelo de gestão que fere os princípios da moralidade.

Por esse motivo, o SINSPEB vem a público repudiar e manifestar a sua posição contrária a esse tipo de medida do Governo, e mantém sua posição de defesa do que é justo, ou seja, quem sabe o serviço é quem tem que ocupar os cargos e no sistema Prisional os expectes são os agentes penitenciários. Do Blog Junior Mascote.


FABINHO-RUI-COSTA-ROSEMBER-PINTO-460x333

O Governador Rui Costa e o secretário Josias Gomes, da Secretaria de Relações Institucionais (Serin) receberam em audiência o prefeito do município de Ubaíra, Fábio Cristiano Rocha Pinheiro. Acompanhado pelo deputado estadual Rosemberg Pinto, o prefeito apresentou demandas do município nas áreas de educação, segurança pública e saneamento básico.

De acordo com o Prefeito Fabinho “o Governador foi muito receptivo, atencioso, escutou e analisou com cautela cada situação, adotando medidas imediatas para os pleitos apresentados”.

A audiência foi exclusiva para atender o município de Ubaíra e o prefeito teve a oportunidade de relatar os desafios que vem enfrentando na área de educação, especificamente relacionados ao maior Colégio do Município (Natur de Assis) que atualmente possui um número elevado de alunos matriculados e que requer espaço para atender com qualidade os educandos. Neste sentido, com objetividade o governador encaminhou o prefeito ao Secretário de Educação do Estado,Osvaldo Barreto Filho, para que resolvesse o problema apresentado. Na oportunidade, o prefeito Fabinho convidou o governador para visitar o município e conhecer a realidade vivenciada pelo Colégio Natur.

FABINHO E OUTRO

Quanto aos demais pleitos o governador solicitou ao Presidente da Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia(CERB), Marcus Vinícius Ferreira Bulhões, que tomasse as providências cabíveis enviando técnicos para analisar a situação da água nos distritos do Alto da Lagoinha e Volta do Rio. Vale salientar que a visita foi agendada para ocorrer até o próximo dia 28 de setembro.

No aspecto da Segurança Pública foi garantido que após a formação da nova corporação do efetivo policial, serão encaminhados, até o final do ano, mais policiamento para o município e região.

O prefeito Fabinho avaliou a audiência muito positiva, pois “o governador Rui Costa abriu canal direto de diálogo com as secretarias e demais órgãos do governo. Acabou se posicionando na condição do prefeito diante dos problemas enfrentados no município”. A visita do governador Rui Costa a Ubaíra, provavelmente ocorrerá até o final de 2015. Fonte Mídia Bahia. 


cocafaladecrise

As contas do prefeito de Lafaiete Coutinho, Zenildo Brandão Santana, referentes ao exercício de 2014, foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios, na sessão desta quarta-feira (23/09), em razão da não aplicação do percentual mínimo exigido em Educação. O gestor aplicou apenas R$ 2.823.565,23 na manutenção e desenvolvimento do ensino, equivalentes a 22,13% da receita resultante de impostos, compreendida a proveniente de transferências, em descumprimento ao estabelecido no art. 212, da Constituição Federal, que exige a aplicação mínima de 25%.

A relatoria determinou ainda o ressarcimento aos cofres públicos municipais, com seus recursos pessoais, da importância de R$ 4.649,00, diante da ausência de comprovação de diárias pagas e imputou multa de R$ 8 mil.

“Na vida têm altos e baixos. Sei da minha integridade e do meu respeito com o dinheiro público. As dificuldades são para serem resolvidas e sei que iremos provar, mais uma vez, que nosso erro foi meramente contábil e que vai ser reconsiderado. Deus tem agido em nossa vida de forma grandiosa e, são nesses momentos que conhecemos os verdadeiros amigos”, comentou Zé Cocá ao receber a notícias da rejeição.

Cabe recurso da decisão.


lorenadigregoriooo

Acabou a dúvida sobre o novo partido da Dra. Lorena Di Gregório em Itiruçu.  A médica deixou o Partido dos Trabalhadores (PT) alegando problemas com o presidente e decidiu migrar ( relembre aqui, clique)  para outro partido, escolhendo o PRB como nova sigla partidária. A informação foi confirmada pela médica ao responder contato via telefônico da redação do Itiruçu Online.

No cenário politico atual, a médica é o principal nome de oposição na corrida pela prefeitura de Itiruçu em 2016 e pode ela (Lorena) ser o nome a disputar as eleições contra o atual prefeito Wagner Novaes, que exerce seu 3º mandato em Itiruçu e buscará o 4º mandato. Para Lorena, seu nome não é único na corrida e decidirá com o grupo de oposição buscar unidade política para disputar as eleições, mas ainda não confirma sua candidatura.

O pedido de desfiliação se deu mediante o descontentamento com o atual presidente do PT, Dizalmir Assis.  Segundo a carta escrita por ela, o presidente do PT local a acusava  de reuniões fora do partido, de não se interessar pelas reuniões e de mostrar pouco interesse nos segmentos do partido, o que ela desmentiu veementemente. Lorena disse na carta, que em momento algum foi convidada para qualquer reunião e que nunca foi pautada na mesma, como disse o presidente do partido.