A Polícia Rodoviária Federal na Bahia encerrou, às 23h59min deste domingo (18), a Operação Proclamação da República 2018.

Durante o período, foi registrada redução de 20,41% no número total de acidentes, com 39 este ano contra 49 do mesmo período do ano passado. Em relação aos acidentes graves, aqueles em que há, pelo menos, um ferido grave ou óbito, a retração foi de 33,33%: 12 em 2017 e 8 este ano. Mais expressiva ainda foi a redução do número de óbitos neste feriado, quando duas pessoas morreram, redução de 75% na comparação com 2017, quando oito pessoas perderam a vida.

Um dos acidentes com morte ocorreu no sábado, na BR 116 em Jequié, quando dois veículos colidiram frontalmente, após ultrapassagem indevida vitimando um idoso de 70 anos. O outro acidente ocorreu ontem na BR 242, em Itaberaba, também por colisão frontal.

Nos cinco dias de intensos trabalhos realizados, durante o feriado que prolongou o final de semana, foram fiscalizados 6.518 veículos e 7.078 pessoas, com destaque para 433 autuações a condutores fazendo ultrapassagens proibidas e 28 motociclistas autuados pelo não uso de capacete. Os números apresentados de pessoas e veículos fiscalizados representam, respectivamente, um aumento de 90% e 104% em relação a 2017.

Durante as ações, 20 condutores foram autuados por transportarem crianças sem o devido equipamento de segurança.

Alcoolemia

A PRF realizou 3.184 testes com o bafômetro que resultaram em 45 autuações por dirigir sob efeito de álcool. Duas pessoas foram presas por apresentarem índice de alcoolemia que superou os 0,30 mg/l de álcool no organismo, o que é considerado crime pelo Código de Trânsito Brasileiro.

Excesso de velocidade

Essa é uma conduta que coloca em risco a segurança dos usuários das rodovias, uma vez que os acidentes que ocorrem quando os veículos estão em alta velocidade costumam ser graves, geralmente com de mortes e feridos por conta do forte impacto. Foram autuados 3.355 condutores por excesso de velocidade nas rodovias federais na Bahia.

Criminalidade

No combate à criminalidade, três veículos roubados foram recuperados e 14 apreendidos. Na quarta-feira (14), um passageiro de ônibus foi preso com 33 kg de maconha na BR 116 em Vitória da Conquista.

Ações educativas

Além das fiscalizações, a PRF também realizou em todo o estado abordagens com ações educativas, que atingiram motoristas e passageiros de automóveis e caminhões e também passageiros de ônibus.
Mais de 3.450 pessoas foram atingidas pelas diversas modalidades, como: Cinema rodoviário, palestras e abordagens educativas. Estas ações visam buscar maior conscientização da importância de cada pessoa para um trânsito mais seguro.

Números da Operação Proclamação da República na Bahia (2018)

– 02 mortos;
– 50 feridos;
– 39 acidentes;
– 3.355 flagrantes de excesso de velocidade;
– 45 motoristas bêbados;
– 433 ultrapassagens proibidas;
– 20 crianças sem cadeirinha;
– 05 autuações por uso de celular ao volante;

Números da Operação Proclamação da República na Bahia (2017)

– 08 mortos;
– 57 feridos;
– 49 acidentes;
– 44 motoristas bêbados;
– 372 ultrapassagens proibidas;
– 13 crianças sem cadeirinha;
– 05 autuações por uso de celular ao volante;


Uma reportagem exibida no Fantástico de domingo (18) provocou grande repercussão nas redes sociais. A atriz Cristiane Machado, que participou de várias novelas da TV Globo, gravou em vídeo agressões que sofreu do marido, o empresário Sergio Schiller Thompson-Flores, em agosto em sua casa no Rio de Janeiro. A Globo exibiu as cenas de violência gravadas por câmeras escondidas instaladas pela atriz no quarto onde ela vivia com o marido.

Os vídeos mostram Sergio Thompson-Flores empurrando, batendo e tentando enforcar Cristiane, no dia 31 de outubro. Gravações de celular mostram também ameaças feitas pelo empresário contra a atriz e sua família. Ela afirma que teme ser morta e denunciou o marido à polícia. O Fantástico recebeu uma liminar que impedia a divulgação de informações sobre o inquérito que foi aberto após a denúncia de Cristiane.

Em nota enviada à emissora, os advogados de Sergio Thompson-Flores negam que as agressões tenham ocorrido e consideram ilegal o mandado de prisão por descumprimento de medida protetiva, afirmando que durante setembro e outubro o casal conviveu em harmonia. Dizem também que as acusações são motivadas por interesse financeiro. Sobre as imagens, alegam que foram editadas por Cristiane e que representam uma reação a uma ação anterior que teria sido praticada por ela.

Cristiane Machado atuou em várias novelas da TV Globo e inspirou a escultura feita pelo artista Vik Muniz para a abertura da novela Passione, de 2010. Thompson-Flores é ex-diplomata e empresário. Os dois se conheceram em março de 2017 e fizeram o casamento civil em novembro do mesmo ano. Cinco meses depois, houve o casamento religioso. “Ele era extremamente amoroso, cuidadoso. Eu tinha encontrado o amor da minha vida. Ele era o meu príncipe”, diz Cristiane. O relacionamento, no entanto, foi conturbado (clique para ler a matéria completa).


Fotos/Ed Santos

Homens algemaram o motorista de uma carreta e roubaram 18 pneus do veículo. O condutor foi surpreendido por bandidos quando parou para descansar no Posto do Baixão, entre Jequié e Jaguaquara,  quando os elementos quebraram o vidro da carreta e sob a mira de uma arma, renderam o motorista e o algemaram, tomando a direção do veículo e seguindo a BR-116 sentido  Entroncamento de Jaguaquara, quando de lá tomaram como destino a BA-250 sentido Itiruçu, mas antes de chegar à cidade entraram numa estrada vicinal para parar o veículo e retirar os pneus de uma carreta de placa PLD-8769, licenciada de Simões Filho, que viajava de São Paulo para Pernambuco.

De acordo com informações do repórter Ed Santos, o motorista, Florisvaldo Dantas, após ficar refém dos elementos e ter ficado abandonado no local ainda algemado, já com o veículo sem os pneus, conseguiu pular e foi caminhando em busca de socorro.

O condutor disse que irá   registrar o caso  na delegacia de Jaguaquara. Apesar de toda ação dos criminosos, o motorista não foi ferido. De acordo com as informações da vítima, os elementos tinham sotaque sergipano. Florisvaldo disse que foi a primeira vez que passou por situação de roubo em 10 anos de profissão nas estradas. A carga da carreta é de brinquedo infantil, mas não foi levada.

Não é a primeira vez que crimes como este ocorreu na cidade de Jaguaquara e região. Os elementos agem de forma organizada.


 Polícia Rodoviária Federal prendeu, na tarde deste sábado (10), um passageiro de ônibus com 30 mil reais em notas falsas. Ele viajava em um ônibus de transporte interestadual de passageiros, quando foi abordado por volta das 13h30 no KM 830 da BR 116, em Vitória da Conquista, sudoeste baiano. Durante a fiscalização no veículo e passageiros, os agentes desconfiaram de uma história contada por um dos viajantes, um homem de 44 anos. Ao verificar a bagagem que ele carregava, foram encontradas enroladas em roupas 300 cédulas de R$ 100 reais com indícios de falsificação. Quando questionado, o passageiro informou que viajou até Ribeirão Preto (SP) onde adquiriu as notas por mil reais. O homem já foi flagrado anteriormente com notas falsas e responde ação penal. Por se tratar de crime federal, ele e as cédulas foram levados para a Polícia Federal em Vitória da Conquista


A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira  (6), duas operações para combater organizações criminosas especializadas em fraudes a licitações e desvio de recursos públicos que atuam em municípios do sul da Bahia. Segundo a PF, os valores repassados pelas prefeituras às empresas investigadas entre 2015 e 2017 chegam a R$ 34 milhões. As operações batizadas de “Sombra e Escuridão” e “Elymas Magus” cumprem 13 mandados de prisão preventiva e 50 mandados de busca nas cidades de Aurelino Leal, Camamu,Ibirapitanga, Igrapiúna, Ilhéus, Itabela, Itabuna, Ituberá, Santo Antônio de Jesus, Ubaitaba e Ubatã. De acordo com os investigadores, as empresas que fraudavam as licitações não tinham “a mínima capacidade para a execução dos serviços e obras contratadas”.

De acordo com a PF muitas obras não foram sequer concluídas, como creches, unidades básicas de saúde e quadras de esportes. A PF aponta ainda que alguns suspeitos participavam do processo licitatório apenas para “tumultuar”, “ora participando dos certames para exigir propina das empresas concorrentes para que desistisse, ora fazendo ajustes prévios e combinações para vencer as licitações e posteriormente abandonar os contratos”. Os suspeitos podem responder pelos participação em organização criminosa, fraude a licitação, falsidade ideológica, corrupção passiva e ativa.


Um veículo GM/Cruze, roubado no começo deste ano, foi recuperado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na tarde desta quinta-feira (1) em Itabuna, região sul da Bahia. Abordado pelos policiais no KM 502 da BR 101, o veículo era conduzido por um homem de 44 anos residente em Ubaitaba.

Durante a fiscalização, foram encontradas diversas adulterações nos registros identificadores do veículo. Após trabalho de identificação, os agentes verificaram se tratar de um GM/Cruze roubado em fevereiro deste ano no município de São Mateus (ES). Para não levantar suspeitas, as placas originais foram trocadas por outras “clonadas” de um Cruze com características parecidas.

Após levantamento de informações, os PRFs também verificaram que o GM/Cruze, que teve as placas “clonadas”, pertence a um policial militar. Ele estava recebendo diversas multas em razão da clonagem. O condutor flagrado na tarde de hoje relatou que o carro pertencia a seu enteado e que este o comprou há cerca de um mês. Ele foi levado para a Delegacia de Polícia Civil em Itabuna


Uma criança de 7 anos de idade morreu na noite desta terça-feira (30), após levar um choque enquanto participava da festa de uma igreja evangélica no bairro do KM3, em Jequié. De acordo com a Polícia Militar, a menor Vanessa Alves Pereira da Silva recebeu uma forte descarga elétrica ao tocar em um toldo que estava armado na frente da igreja. Médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) tentaram reanimar a vítima sem sucesso. O corpo da garotinha foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Jequié.

O choque elétrico é causado pela corrente elétrica que atravessa o corpo do ser humano ou de qualquer outro tipo de animal. O seu acontecimento pode causar até morte, dependendo da intensidade da corrente elétrica, por isso deve-se ter muito cuidado com tomadas, fios desencapados e até mesmo a rede elétrica de distribuição de energia, pois são muito perigosos e com alto poder para eletrocutar uma pessoa. Fonte Marcos Cangussu.


O MP-SC (Ministério Público de Santa Catarina) entrou nesta 3ª feira (30.out.2018) com pedido para a condenação da deputada estadual eleita Ana Caroline Campagnolo (PSL-SC), que divulgou nas redes sociais 1 comunicado pedindo que estudantes gravem e denunciem manifestações político-partidárias de professores. A deputada criou 1 canal para receber as denúncias.

A ação foi assinada pelo promotor de Justiça Davi do Espírito Santo, titular da 25ª Promotoria de Justiça de Florianópolis. Requereu, entre outras medidas, que a juíza da Vara da Infância e Juventude da comarca da capital obrigue, de modo urgente, a deputada eleita abster-se de manter qualquer modalidade de serviço formal ou informal de controle ideológico das atividades dos professores e alunos das escolas públicas e privadas do sistema de ensino do Estado e dos municípios.

Foi feito também pedido de tutela antecipada para expedição de ordem judicial para que as publicações feitas por Ana Caroline sejam retiradas da rede e que o número do telefone celular indicado para recebimento de denúncias seja bloqueado. Até a publicação desta reportagem, as publicações de Ana Caroline Capagnolo ainda estavam em sua página do Facebook. Eis o pedido feito aos estudantes:

O promotor de Justiça pediu ainda a condenação da deputada eleita por danos morais coletivos. O valor deve ser calculado com base no número de seguidores no Facebook. O valor seria multiplicado por R$ 1 mil. O montante final deverá ser destinado ao Fundo para Infância e Adolescência. Até às 19h31 desta 3ª feira (30.out.2018), a deputada era seguida por 75.113 pessoas.

De acordo com Espírito Santo, serviços de recebimento de denúncia somente podem ser realizados no âmbito do Poder Público, nunca por particulares.

O promotor afirmou que denúncias de faltas disciplinares de professores devem ser encaminhadas às secretarias de Educação, que deverão apurá-las na forma da lei, respeitados os direitos à ampla defesa e ao devido processo legal, sem prejuízo de outras providências extrajudiciais e judiciais cabíveis.

Recomendação às instituições de ensino

O Ministério Público Federal de Chapecó (SC) recomendou nesta 2ª feira (29.out.2018) às instituições de ensino superior da região e gerências regionais de Educação que se abstenham de qualquer atuação ou sanção arbitrária e, ainda, que impeçam qualquer forma de assédio moral a professores por parte de estudantes, parentes ou responsáveis pelos alunos.

O MPF-SC disse ainda que considera que a conduta da deputada “além de configurar flagrante censura prévia e provável assédio moral em relação a todos os professores do Estado de Santa Catarina, afronta claramente a liberdade e a pluralidade de ensino”.

A recomendação foi feita a instituições de ensino e às gerências regionais, que terão prazo de 10 dias para informar se acatam a recomendação, apresentando, em qualquer hipótese de negativa, os respectivos fundamentos.

(Com informações da Agência Brasil.)


A Justiça determinou o afastamento do vereador Francisco Carlos Barbosa Silva (PP), conhecido como Chico do Hotel, em Itamaraju, no extremo sul da Bahia. A informação foi divulgada nesta terça-feira (30). A determinação atendeu o pedido do Ministério Público da Bahia (MP-BA), que denunciou Francisco por utilizar o patrimônio do município em proveito dele e falsificar documentos públicos. A decisão foi assinada pelo juiz Rodrigo Quadros de Carvalho e publicada no Diário Oficial da Justiça na segunda-feira (29). Segundo o juiz, a conduta de Francisco Carlos causou irregulares e graves prejuízos ao município de Itamaraju, “em absoluta afronta aos princípios constitucionais da moralidade, probidade, honestidade e eficiência administrativa”. O G1 tentou localizar a defesa de Francisco Carlos Brabosa Silva, mas, até a publicação desta reportagem, não conseguiu contato.

Carro clonado

Segundo a Polícia Civil, o vereador Chico do Hotel já tinha sido detido em 30 de agosto após ser flagrado com um carro cuja placa foi clonada, no centro do município. O corretor que vendeu o veículo para ele foi preso após a ação.

O carro foi encontrado depois que o dono do veículo original denunciou o caso. Conforme a polícia, o homem, que mora em Vitória, no Espírito Santo, suspeitou da clonagem após receber multas de Itamaraju, onde nunca tinha ido.
De acordo com a polícia, o vereador Francisco Silva contou que não sabia do crime. Ele foi ouvido e, em seguida, liberado.

Na época, o advogado do vereador, Filipe Zaniboni Nery, informou que o cliente foi vítima e que comprou o carro de boa-fé. De acordo com o advogado, o vereador comprou o carro financiado e confiou no vendedor.


No início da tarde da última  segunda feira (29), Policiais Rodoviários Federais apreenderam um veículo de carga adulterado, durante fiscalização na BR 116. A ação foi registrada por volta das 13h, no KM 677 da rodovia, trecho do município de Jequié. Durante as ações, os PRFs verificaram que os elementos identificadores do caminhão apresentavam vestígios de remarcação. Posteriormente, ao questionar o condutor sobre a origem do veículo, ele informou que o caminhão era de propriedade da empresa para a qual trabalhava. O caminhoneiro tem 55 anos e é morador da capital paulista. Ele foi levado para a Delegacia de Polícia Civil em Jequié.