O Ministério Público Federal (MPF), por meio da procuradoria regional da República, emitiu uma decisão que dá continuidade a um procedimento investigatório criminal que envolve os cantores Solange Almeida e Xand Avião. Eles estão sendo investigados por tráfico internacional de drogas, lavagem de dinheiro, ameaças, formação de quadrilha e homicídios. Além dos artistas, o procedimento investigatório envolve também Antonio Isaias Paiva Duarte, Zequinha Aristides Pereira, Carlos Aristides de Almeida Pereira e Francisco Claudio de Melo Lima, sócios da empresa A3 entretenimentos. “O arquivamento do presente inquérito é prematuro, com a devida vênia à Procuradora da República oficiante”, diz um trecho do documento. *Correio é a fonte.


Avaliar habilidades e promover o entrosamento entre as forças de segurança pública foram os objetivos do ‘Torneio de Tiro para Operadores de Segurança’, realizado, no último sábado (1º), em Jequié, pela Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Central, em Jequié. Também participaram da competição policiais das Cipes Sudoeste, Chapada, Polo, Cacaueira, Esquadrão Falcão (Vitória da Conquista) e servidores do Grupo Especial de Operações Prisionais (Geop) da Secretaria de Administração Penitenciária.

De acordo com o comandante da Cipe Central, major Fábio Rodrigo de Melo Oliveira, o torneio contou com provas nas categorias individual e equipe, sendo avaliados as competências no uso de pistola, espingarda e submetralhadora.

Os vencedores no grupo individual foram os tenentes Diego Ribeiro de Souza e Gerlon Mendes de Souza (1º e 3º lugares, respectivamente) e o cabo Ricardo Santos (2º colocado). Jé entre as equipes, destaques – três primeiras colocadas – para as Cipes Central e Sudoeste e o Geop.


O repórter Mauro Naves deixou a cobertura esportiva da Globo por ter se envolvido diretamente no caso de estupro envolvendo o atacante Neymar. Em pronunciamento feito por William Bonner durante o “Jornal Nacional”, a emissora explicou que o profissional encaminhou contatos de Neymar pai para o primeiro advogado que representou Najila Trindade, mulher que acusa o jogador. O âncora reforçou a competência do profissional, porém disse que as atitudes contrariavam as diretrizes da emissora e, por isso, foi afastado de suas atividades voltadas à cobertura esportiva.

Entrevista – A modelo Najila Trindade Mendes de Souza, que acusa o jogador Neymar de estupro, afirmou, nesta quarta-feira (5), em entrevista ao jornalista Roberto Cabrini, para o SBT Brasil, que pediu para Neymar parar o ato sexual, mas que o jogador não parou. “Ele me virou, cometeu o ato e eu pedi pra ele parar. Enquanto ele cometia o ato, ele continuava batendo na minha bunda violentamente. Eu virei depois, tudo muito rápido, em questão de segundos, depois me virei”, disse. Assista o vídeo da entrevista.


O pátio onde ficam os veículos apreendidos na Delegacia de Furtos e Roubos de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, pegou fogo na terça-feira (4). Ninguém ficou ferido. Este é o segundo incêndio no local em uma semana. O primeiro ocorreu na noite do dia 28 de maio. Na ocasião, ninguém ficou ferido e ao menos 17 carros foram tomados pelas chamas.

Já no último incêndio, o da terça-feira, 30 carros foram atingidos. Foram necessários três carros do Corpo de Bombeiros para conter as chamas. “Nós tivemos um incêndio em aproximadamente 30 veículos, que se iniciou próximo ao muro com bastante vegetação. Estamos avaliando o local, nossa equipe técnica também fará uma análise mais detalhada para identificar os riscos. Inclusive para evitar futuros incêndios”, explicou o Major do Corpo de Bombeiros, Valdir Pereira.

Por telefone, o delegado responsável pelas investigações, Arilano Botelho, da Delegacia de Furtos e Roubos, informou para a equipe da TV Sudoeste que foi realizada uma perícia no local e que o resultado deve ficar prontos em até 30 dias. Ele disse ainda que não sabe informar quem ou o que teria provocado o incêndio, nem se há alguma relação com o incêndio anterior. Com informações do G1.


Integrante de uma quadrilha que roubou valores de um carro-forte, em janeiro deste ano, no bairro de Periperi, com passagens por tráfico de drogas, porte ilegal de arma, roubo de cargas, entre outros crimes, Lázaro Magno da Silva Alcântara, 38 anos, o ‘Lazinho’, foi localizado, na tarde desta quinta-feira (23), pela 17ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Uruguai). Com ele foram apreendidas armas, munições e drogas.

Os militares faziam abordagens de rotina na Cidade Baixa, quando receberam a denúncia de homens armados na localidade do Fundão, bairro do Uruguai. Chegando na Rua Princesa Isabel, cerca de dez homens atiraram e correram. Após confronto, os PMs encontraram Lazinho ferido, deram socorro para o Hospital do Subúrbio, mas o criminoso não resistiu aos ferimentos. Com ele foram apreendidos um revólver calibre 38, munições, 56 porções de cocaína e duas pedras de crack. Lazinho, que já cumpriu pena de nove anos no sistema prisional, respondia em liberdade a 15 inquéritos. Durante a operação três pessoas, entre elas dois adolescentes, foram conduzidas por suspeitas de ligação com o tráfico local.

Grande flagrante, pois Lazinho era intitulado chefe do tráfico de drogas nesta localidade. Infelizmente, desta vez, ele preferiu reagir e respondemos de forma proporcional. Reforçamos o patrulhamento na área, com o objetivo de capturar outros integrantes do bando”, informou o comandante da 17ª CIPM, major Everton Monteiro.


Equipes da 4ª Companhia Independente (Mutuípe) e do 14º Batalhão da Polícia Militar (Santo Antônio de Jesus) localizaram, durante a ‘Operação Dublê’, na quarta-feira (15), na cidade de Mutuípe, seis veículos roubados e clonados. Segundo o comandante da 4ª CIPM, capitão Rodrigo Chaves Silva, após localizarem uma motocicleta clonada, modelo Honda XRE 300, o condutor informou haver comprado de um pessoa conhecida como ‘Luan das Barras’. “No final do mês de abril, Luan foi flagrado com um Ecosport roubado e, depois disso, passamos a monitorá-lo, como também os suspeitos de prenomes Cláudio e Gene”, disse.

Rodrigo acrescentou ainda que, em seguida a apreensão da moto, as guarnições policiais encontraram, em seis locais diferentes (quatro na zona rural e duas na urbana), os demais veículos, na posse de pessoas, que também disseram ter adquirido com Luan e outros comparsas.

Nesta ação, Cláudio atirou contra os policiais e conseguiu fugir. As diligências prosseguem, com o objetivo de capturá-lo e demais integrantes da quadrilha. “Sabemos que um dos bandidos reside em Mutuípe e os outros são de Serra Grande, região de Valença”, esclareceu o capitão.

Foram recuperados um veículo Ford Fiesta (OUH-4744), um VW Gol (OKX-6302), um Hyundai HB20 (OLA-6944), um Fiat Palio Attractive (OKS-9264), um Ford KA (OZS-1739) e uma Honda XRE 300 (OKT-9983). As pessoas envolvidas na ocorrência policial, juntamente com os veículos apreendidos, foram encaminhadas para a Delegacia Territorial de Mutuípe.


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na tarde de quinta-feira (16), aproximadamente uma tonelada de substância com características semelhantes à maconha, embaladas em 708 tabletes, que estavam escondidos em um compartimento da carroceria do caminhão VW/8.150 E, com placas do Espírito Santo. O flagrante ocorreu durante uma fiscalização da PRF de combate a criminalidade no KM 798 da BR 116, em Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia. Inicialmente foi dada ordem de parada ao veículo, sendo realizado pelos agentes os procedimentos de fiscalização. Durante a entrevista, percebeu-se certo nervosismo do motorista, um homem de 30 anos.

O Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) entregue pelo condutor apresentava sinais de falsificação, sendo verificado em um primeiro momento que o padrão dos caracteres impressos no documento, era diferente do utilizado pelo órgão de trânsito. Com técnicas de identificação veicular, foram encontradas também indícios de adulterações nos elementos identificadores.
Em seguida foi realizada vistoria minuciosa no caminhão, foi quando os agentes perceberam indícios de alteração na estrutura da carroceria do veículo. Os PRFs visualizaram um compartimento oculto no assoalho da carroceria, sendo encontrado 708 tabletes de substância com odor característico à maconha, pesando aproximadamente quinhentos e quarenta quilos.

Ao ser questionado, o homem informou desconhecer às irregularidades apresentadas no veículo, bem como disse não saber que o caminhão estava carregado com entorpecente. Falou ainda que foi contratado para levar o caminhão de Salinas (MG) até o Entroncamento de Serrinha-BA. Diante dos fatos, a ocorrência foi apresentada na Delegacia da Polícia Federal em Vitória da Conquista, para adoção das providências cabíveis. Ele responderá pelos crimes de tráfico de drogas, uso de documento falso e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.


Acusado foi preso em flagrante. Foto Divulgação PC

O presidente Jair Bolsonaro sancionou na tarde de ontem, segunda-feira (13), a lei que permite que autoridades policiais determinem a aplicação de medidas protetivas a mulheres vítimas de violência doméstica.

A Lei prevê   que a autoridade policial poderá determinar a medida protetiva em cidades onde não haja um juiz para fazê-lo. Assim, o delegado ou até o próprio agente, na ausência do delegado, poderá determinar que o agressor saia de casa, mantendo distância da vítima até a análise do juiz. Segundo o texto, a autoridade policial deverá informar a decisão ao juiz da comarca mais próxima em até 24 horas.

Um dos  primeiros casos no Brasil foi registrado em Itiruçu após a sanção da Lei,  competindo a delegada titular de delegacia territorial de Itiruçu, Dra. Maria do Socorro Costa  Damásio,  executar a prisão em flagrante e determinar as medidas protetivas a favor de uma jovem que prestou queixa crime da delegacia nesta terça-feira (14), acusando o companheiro de agressões e ameaças, sendo enquadrado na Lei Maria da Penha.

O caso

Mulher acusa companheiro de agressões e ameças e recebe medias protetivas após sansão da nova Lei.

De acordo com informações colhidas pelo Itiruçu Online, por volta das 11h desta terça-feira (14), compareceu a Delegacia de Polícia, Joana Alice Bastos Machado, natural de Itiruçu, de 23 anos, registrando ocorrência policial contra seu companheiro de nome Valdeir Oliveira da Silva, de 29 anos, natural de Jaguaquara,  alegando  ter sido agredida fisicamente, inclusive apresentando  lesões corporais aparente no rosto, pescoço e braço.

 

A vítima ao registrar a ocorrência requereu medidas protetivas de urgência, o que foi logo deferida pela Polícia Civil, conforme a lei 13827/2019, solicitando a PM que fosse a residência do acusado no Entroncamento de Jaguaquara e efetuasse a prisão, ação bem sucedida pela Polícia Militar em flagrante  pelos crimes de  lesão corporal e  ameaça, combinado com o artigo 7º  da lei 11340/06. O  acusado ficou recolhido na delegacia territorial  de Itiruçu a disposição da justiça. Já a vítima foi encaminhada ao IML de Jequié para exame de lesões corporais.


Dois irmãos de 21 e 17 anos foram baleados na noite desse domingo (12), por volta das 18h, na BA-467, entre o distrito de Palmerinha e o município de Aiquara. Segundo testemunhas, dois homens utilizando uma arma longa e outra curta atiraram na dupla que seguia para Aiquara num carro. Um dos tiros atingiu a mão da jovem Viviane Reis de Jesus, 21, e outro tiro atingiu a cabeça de seu irmão, de 17 anos, forçando a parada do veículo. Os irmãos são moradores da cidade de Jitaúna. Ambos foram encaminhados para o Hospital Geral Prado Valadares, em Jequié. O estado de saúde do adolescente é grave e inspira cuidados. A Polícia Civil investigará o caso. *As informações são do  Ocorrência Policial


A Polícia Civil conseguiu prender na manhã desta terça feira, 07/05/19, o autor do triplo homicídio ocorrido na cidade de Entroncamento de Jaguaquara. Jhonatan Gomes de Jesus é acusado de matar Vanessa Souza dos Santos, Joelma Souza Almeida e Elias Custódio Santana na noite do dia 03.05.19 por volta da uma hora da manhã a golpes de pau e facadas. Jhonatan Gomes de Jesus foi reconhecido por testemunhas, como sendo o autor do crime, para escapar da prisão ele teria embarcado num ônibus com destino a Sao Paulo, mas a viagem acabou em Vitoria da Conquista onde ele foi detido em uma ação conjunta envolvendo policiais civis e militares. O meliante foi conduzido para a Delegacia. Fonte: DT Jaguaquara/ 9• Coorpin.