Acusados de latrocínio que matou bombeiro em SP, morrem em confronto com a Polícia na Bahia

Resistentes entraram em confronto com policiais e morreram.

Um bombeiro foi assaltado e morto na noite da sexta-feira , 29 dezembro, em um posto de combustíveis na Zona Leste de São Paulo, de acordo com a Polícia Militar (PM). Um dos bandidos foi preso após o crime. O cabo Ricardo Alves de Andrade, de 47 anos, estava de folga, à paisana e sem uniforme, calibrando os pneus de seu carro quando foi abordado por três assaltantes armados.

Os criminosos já haviam roubado R$ 400 reais da loja de conveniência do posto, que fica na Avenida Antônio Estevão de Carvalho, na região da Cidade Patriarca. Em seguida, em circunstâncias que ainda serão apuradas pela investigação policial, os assaltantes entraram em luta corporal com o bombeiro. Os bandidos pegaram a arma da vítima e atirado na nuca dela. Depois, eles fugiram com a pistola do bombeiro e o dinheiro da loja, segundo a Polícia Militar. Andrade ainda foi socorrido com vida e foi levado ao pronto-socorro do Hospital Santa Marcelina, onde acabou morrendo. Um dos três criminosos foi detido pela PM após fugir.

Segundo a Secretaria da Segurança, o suspeito, um rapaz de 25 anos, estava num dos carros usados pelo bando para escapar. O veículo foi apreendido. Uma testemunha reconheceu o jovem como um dos assaltantes da loja do posto.

Informações foram cientificadas que dois acusados estariam na Bahia, inicialmente homiziados em Jequié, mudando de endereço para a cidade de Ubatã. De acordo com informações da CIPE Central repassadas ao Blog Itiruçu Online, os dois elementos tombaram ao resistirem o mandado de prisão expedido em desfavor deles.

 Segundo a Cipe Central, a ação ocorreu no início da noite desta segunda- feria (08), por volta das 18h00, na cidade de Ubatã, realizada em conjunto entre: PMBA e PMESP através dos órgãos Corregedoria Geral – PMESP/(Divisão PM Vítima) e CIPE CENTRAL/BAHIA. A  operação r objetivou  localizar e cumprir os mandados de prisões temporárias em desfavor de João Vítor Santos Araújo e Anderson Santos da Silva,  procurados pela morte do Bombeiro Militar, Cb PMSP Ricardo Alves de Andrade.

Diante dos fatos, durante incursão tática, os criminosos reagiram, disparando contra os policiais, havendo o necessário revide, momento em que os dois criminosos foram alvejados.

Sendo constatado ainda com sinais vitais. Os policiais providenciaram o socorro  ao Hospital César Monteiro Pirajá, na cidade de Ubatã, mas, a junta médica constatou os óbitos dos chamados Resistentes, Anderson Santos da Silva e João Vítor Santos Araújo, devem ser devolvidos aos seus familiares. Esta é a prova cabal de que o crime não compensa e só existe dois caminhos percorridos: à prisão e a morte.

Durante a ação ainda foram em posse dos elementos: 01 (um) Revólver cal .38, marca Rossi, numeração D386679, contendo 05 munições, sendo 04 deflagradas e 01 intacta; 01 (um) Revólver Cal. .38, marca Rossi, número E180717, contendo 06 munições, sendo 04 deflagradas e 02 intactas; 03 Celulares Smartphones, marcas MOTO XT1792, IPhone 5S, MOTO XT1556; 02 Trouxas de Maconha; 02 Cigarros de maconha; e o valor e R$ 69,00.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas