Itiruçu Online – Aqui Bahia Jornalismo de Qualidade e Responsabilidade Social

Ex-deputado federal baiano é um dos presos em operação da Polícia Federal


Colbert Martins, ex-deputado federal pela Bahia eleito pelo PMDB é um dos 38 presos na Operação Voucher da Polícia Federal, deflagrada na manhã desta terça-feira (9). Deputado por quatro mandatos, Colbert ocupava o cargo de secretário nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo e já havia revelado seu interesse em participar da disputa pela prefeitura de Feira de Santana nas eleições municipais de 2012.

Entre os presos estão o secretário executivo do Ministério do Turismo, Frederico Silva da Costa, número dois na hierarquia da pasta, que estava em casa; o ex-presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Mário Moisés, além de diretores e funcionários do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento de Infraestrutura Sustentável (Ibrasi) e empresários.

Ao todo foram cumpridos 19 mandados de prisão preventiva, 19 de prisão temporária e sete de busca e apreensão em São Paulo, Brasília e Macapá. Cerca de 200 policiais federais atuaram na operação.

Segundo a PF, os presos preventivamente em São Paulo e em Brasília foram levados para Macapá em aviões da própria PF. De acordo com investigações feitas pela Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários no Amapá, foram apurados fortes indícios de desvio de recursos públicos, além de outras irregularidades na execução de convênio entre o Ministério de Turismo e o Ibrasi, ligado à capacitação profissional para o turismo no Amapá. Com informações do G1.

Euclides Fernandes voltou a reivindicar juízes para a comarca de Jequié

O Poder Judiciário estava mesmo na berlinda na tarde de hoje. O líder do PDT, Euclides Fernandes, queixou-se de que até hoje não foram nomeados juízes para as varas criadas em Jequié, já que o município perdeu quatro magistrados nos últimos tempos – três promovidos para Salvador e uma aposentada.

“Não há como resolver os conflitos entre os cidadãos”, afirmou o deputado, revelando que levou essa “preocupação do povo” com o preenchimento das vagas à presidente do Tribunal de Justiça em três audiências. Apesar disso, o quadro é o mesmo, a situação é precária”, lamentou.

Por Escrito

Juiz Pedro Henrique Izidro da Silva será empossado definitivamente para Itiruçu dia 16 agosto.

Dr. Adriano Vieira de Almeida – Juiz Substituto da Vara dos Feitos Cíveis e Comerciais da Comarca de Maracás – BA, que era Juiz Substituto, antes da chegada do Juiz José Brandão, retorna como titular e para comarca de Itiruçu, também como titular, o Juiz Pedro Henrique Izidro da Silva, atualmente na comarca de Rio de Contas, a posse será no próximo dia 16 de agosto, até lá fica o Dr. Adriano Vieira de Almeida como substituto. O município já espera o empossamento do Juiz para julgar processos que esperam há alguns meses por uma decisão.

Valores da reforma do hospital de Itiruçu não batem com o que diz o prefeito


A reforma é resultado de convênio com a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), que possibilitou a aquisição de equipamentos para o hospital, no valor de R$198.996,50 mil, com contra-partida de R$ 22 mil 110 da prefeitura. A unidade possui 80 leitos e conta com novos aparelhos como autoclave e ultrassom, além de todo material para o atendimento de obstetrícia, entre outras especialidades. Existiu ainda um segundo projeto do hospital aprovado pelo governo do estado. A Sesab também assinou convênio para a reforma da unidade, no valor de mais R$ 243 mil. A reforma da unidade inclui a troca de todo o piso, telhado, recuperação de portas e janelas, pintura e instalação elétrica. O prefeito Carlinhos, afirmou em programa da rádio comunitária, alguns meses passado, que com recursos próprios o hospital ganhou as melhorias, já em outros momentos, ele afirmou que foi gasto mais de um milhão de reais. É a cada dia fica mais difícil dá credito ao gestor, com tanta confusão que é feita por ele quando se trata de recursos financeiros e publicidade.

È incrível e difícil de acreditar mais prefeito de Itiruçu agora admite que existam emendas parlamentares para calçamentos

Foto Java Net

As contradições na fala do prefeito de Itiruçu quando usa um microfone é ligeiramente notável, não precisa ser psicólogo nem especialista na área da mente humana para conseguir desmentir a pronúncia do nobre gestor. Na semana passada ele se referiu ao projeto PAC2 com intuito de pressionar a câmara de vereadores, que o município apenas esperava a autorização da casa legislativa para que Itiruçu recebesse o empréstimo do programa, e hoje, 09/08 no programa político da rádio comunitária, ele afirmou que o mesmo projeto ainda espera as analises de todos os órgãos envolvidos e que até o momento apenas a prefeitura cumpriu com a elaboração do projeto. Outra falha grave do alcaide, é no que se refere às emendas parlamentares, alem de atribuir as mesmas a seus deputados, ele agora também afirma que os bairros citados no projeto PAC2 também já possuem emendas para calçamentos. A impressa divulgou na semana passada, que o referido projeto poderia estar sendo boicotado e que se não votasse de urgente urgentíssima o município perderia o empréstimo dos recursos que viram a calçar bairros (Ver Nota) , agora todos foram pegos de surpresa pelo gestor, que em alguns momentos fica perdido sem nível de informações necessárias para transmiti-las a população. Agora ficam todos sem saber onde está a verdade, se é nos pronunciamentos do prefeito que muda a cada instante, ou se na imprensa. A verdade é que a confusão foi feita e agora tentam desfazê-la , não mais agregando culpa aos vereadores, que apenas pediram para analisar as coisas com mais responsabilidade. Uma curiosidade é que as emendas existentes para os calçamentos desses bairros, já existem desde o ano de 2007 e 2008, mais o prefeito insistir em fazer a população acreditar que ele constrói uma nova Itiruçu, que a cidade existia apenas em conto de fadas e só agora entra de vez para a historia.

DONO DA RICARDO ELETRO É CONDENADO À PRISÃO

A Justiça Federal condenou o empresário Ricardo Rodrigues Nunes, dono da rede de varejo Ricardo Eletro, a três anos e quatro meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e ativa. Ele é acusado de pagar propina a um auditor fiscal da Receita de São Paulo para não ser autuado por sonegação fiscal. Ricardo já tinha sido preso em flagrante, em setembro do ano passado, quando foi pego com R$ 60 mil na saída de uma loja de sua franquia. Na época, a polícia ainda apreendeu mais dinheiro não declarado e uma máquina de contar notas. Embora a sentença tenha saído no dia 13 de junho, a informação só foi vazada nesta terça-feira (9). O processe corre em segredo de Justiça.

Município de Jaguaquara tem dificuldades de quitar empréstimo feito na década de 70

O município de Jaguaquara é um exemplo notório de municípios que conseguiram financiamentos consignados com parcela debitadas na receita municipal. Segundo informações, em meados dos anos de 1970 a 1972, René Dubois, conseguiu empréstimo consignado para o município de Jaguaquara, com parcelamento para as futuras administrações. Mediante a este, o município de La para cá, vem tendo dificuldades financeiras quando ao valor já descontado na receita municipal, com valores sempre crescentes e obedecendo aos encargos dos juros que sempre aumentam, com perspectivas ainda do término do mesmo no ano de 2020. Hoje o atual prefeito Ademir Moreira, deixa de investir no município pouco mais de 80 mil reais. Recentemente o atual prefeito de Itiruçu, Carlos Roberto (PT) alegando tentar conseguir recursos para calçamentos de bairros no município, tenta a aprovação da câmara de vereadores para que seja ele autorizado a consignar empréstimo dentro do programa PAC2. Mesmo sendo previsto o parcelamento para os próximos anos, o alcaide, assim como os demais prefeitos brasileiros que endividaram seus municípios, afirma que não há nada que impeça Itiruçu de ser diferente, e que esse parcelamento terá outro caminho, mesmo com cálculos comprovando o risco do desfalque futuro na receita que poderá deixar gestores futuros impossibilitados de realizarem obras por recursos próprios.

MARCELO NILO PODE COMPOR CHAPA MAJORITÁRIA NA SUCESSÃO ESTADUAL

Informes chegados ao Blog do Marcos Frahm dão conta de que o deputado estadual Marcelo Nilo (PDT), já se empenhando para compor chapa na sucessão estadual de 2014. Após eleger-se por três vezes consecutivas como presidente da Assembléia Legislativa baiana, Marcelo Nilo ver com bastante clareza as suas chances de candidatar-se ao senado ou até mesmo governador do Estado. Em recente entrevista concedida à Rádio Metrópole de Salvador, o pedetista admitiu ser candidato na majoritária em 2014. Comenta-se que Wagner já tem o seu candidato ao governo baiano. Trata-se do petista Sérgio Gabrielli, mas existe pesquisa apontando Gabrielli como um grande desconhecido do eleitorado. Fato que deixa Nilo à vontade para comentar sobre sucessão estadual.

Blog Marcos Franhm

Mais uma derrota da seleção de Itiruçu


A Seleção de Itiruçu amargou neste domingo (7) a segunda derrota consecutiva no Campeonato Intermunicipal de futebol. Depois de perder por 2 x 1 para Jitaúna, o selecionado Itiruçuense foi à Jequié e perdeu por 1 x 0 para os donos da casa. O gol de Jequié foi marcado pelo meia Kelvin. A posição de Itiruçu é bastante incomoda, já que ainda não marcou ponto na competição. O grupo é liderado por Jitaúna, que somou 4 pontos, em seguida Jequié, também com 4, Jaguaquara ocupa o 3º lugar com 2 pontos ganhos e Itiruçu é o lanterna com 0 pontos.

L T O

-->
error: Conteúdo protegido !!