Itiruçu Online – Aqui Bahia Jornalismo de Qualidade e Responsabilidade Social

Maracaense encontrada gravemente ferida em Ribeirão Preto/SP foi vítima de atropelamento; Motorista assumiu ato

A Maracaense Silmara Souza dos Santos, de 39 anos – que reside em Ribeirão Preto/SP- foi internada em estado grave após ser encontrada desacordada com sinais de agressão por moradores do Parque dos Servidores, na zona Leste, na última quinta-feira, 16.  Segundo testemunhas, ela estava caída em uma área verde na Rua Maria Aparecida Toledo Fioroto e apresentava ferimentos no corpo e na cabeça. A rua estava vazia no momento em que ela foi encontrada.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, ela sofreu traumatismo craniano, entre outros ferimentos no corpo, e foi levada para a Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas (HC-UE), onde está internada e não tem previsão de alta médica.

Ao Portal do  G1, a família chegou a informar que a hipótese de tentativa de estupro havia sido descartada após exame realizada no hospital. A mulher, que estava a caminho do trabalho, levava uma mochila com pertences pessoais, documentos, uniforme, carteira e celular. Ainda segundo a família, nenhum item foi roubado. O caso foi registrado como lesão corporal e é investigado pela Polícia Civil.

Homem confessou atropelamento  

Um funcionário de uma agência de comunicação visual, de 42 anos, que não quis se identificar, procurou a Polícia Civil na última terça-feira (21) alegando que atropelou acidentalmente a maracaense.

Segundo o homem, ele estava a caminho do trabalho por volta das 5h de quinta-feira (16) pela Rua Maria Aparecida Toledo Fioroto, por onde passa todos os dias. Em um determinado momento, sentiu uma pancada no carro e pensou que estava sendo vítima de um assalto.

O homem não parou e voltou para casa. Ele afirmou que o local estava escuro e não tinha sinalização.

“Logo na manhã que fiquei sabendo da reportagem eu procurei um amigo meu e deu um conselho para procurar um advogado. A partir do momento entrou em contato com a delegacia para prestar os esclarecimentos”, disse. O homem foi ouvido e liberado, mas deve prestar novo depoimento nos próximos dias. O carro dele vai ser periciado, segundo o advogado Wesley Felipe Rodrigues. “[Ele] Já entrou em contato com a família da vítima também e está à disposição da família, da Justiça”, explicou.  As informações desta matéria foram confirmadas através do portal da Globo, G1.


error: Conteúdo protegido !!