Itiruçu Online – Aqui Bahia Jornalismo de Qualidade e Responsabilidade Social

Itiruçu: vice-presidente do Conselho do FUNDEB vai à Câmara e nega acusações de fraudes em parecer

Assista a integra da fala.

Usando do direito de resposta no plenário da Câmara de Vereadores de Itiruçu, na noite dessa terça-feira (26), o vice-presidente do Conselho do Fundeb da cidade, professor Regivanio Cerqueira, atual diretor da creche escola Edésia de Novaes, comentou as denúncias feitas pela Conselheira Luciana Brandão, que disse ter havido um parecer “fraudulento” para aprovação das contas do Fundeb da gestão Lorenna Di Gregorio em 2021. Inclusive, consta na acusação que a assessoria prestadora de serviço à educação, segundo ela, teria levado um parecer pronto dando aprovação as contas mesmo antes de acontecer a reunião de aprovação. Relembre aqui.

Na linha que pouco comentou o assunto, o vice-presidente do Conselho rechaçou as acusações, mostrando que não ficou satisfeito com o tom usado pela companheira de conselho para comentar o assunto fora das reuniões da entidade. Cerqueira não comentou o tal parecer pronto, mas garantiu que não houve o termo unanimidade na ata, acusando a conselheira de ser alterada, motivo que teria impedido que o digitador do dia ouvisse alguns “detalhes” da reunião para constar em ata.

No resumo, o vice-presidente afirmou que o Conselho realiza um bom trabalho e que ele não estaria em público se não tivesse certeza do que estaria falando.  O vereador Roberto Silva ainda sabatinou o vice-presidente sobre assuntos levados à Câmara pela conselheira na última semana.  O assunto rendeu e repercutiu em toda Bahia, inclusive, será tema de denuncia no Mistério Público.

No mais, para nível de informação, é necessário constar que membros dos Conselhos Municipais não são obrigados a prestarem esclarecimentos do exercício da função, devendo ser feito com decisão de cada um.  E também não podem ser demitidos de contratos ou nomeações enquanto exercem a função.


error: Conteúdo protegido !!