Itiruçu Online – Aqui Bahia Jornalismo de Qualidade e Responsabilidade Social

Itiruçu tem primeiro caso de microcefalia e estuda relação com o vírus zika, diz secretário

Secretário confirma caso de microcefalia
Secretário confirma caso de microcefalia. Foto/Blog Itiruçu Online

Itiruçu tem seu primeiro caso de microcefalia suspeito de ter relação com o vírus zika. Segundo o  Secretário  de Saúde, uma criança nasceu com perímetro cefálico de 31 centímetro, mas até o momento não houve confirmação de ter sido oriundo  pelo vírus zika.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, esperam-se os resultados dos exames para diagnosticar as causas da criança com microcefalia.

A confirmação do caso ascende ainda mais o alerta à população quanto aos cuidados em eliminar o mosquito da dengue. A prefeitura da cidade anunciou outro mutirão que irá realizar um faxinaço  nos quintais na sede do município e na zona rural. As ações iniciarão na segunda-feira, dia 29, segundo informou ao  secretário de saúde, Erasmo Amorim.

2016-02-02t173606z_599125201_gf10000293382_rtrmadp_3_health-zika-brazil

Como o zika é transmitido pelo Aedes aegypti, mesmo mosquito que transmite a dengue e o chikungunya, a prevenção segue as mesmas regras aplicadas a essas doenças. Evitar a água parada, que os mosquitos usam para se reproduzir, é a principal medida.

Em casa, é preciso eliminar a água parada em vasos, garrafas, pneus e outros objetos que possam acumular líquido. Colocar telas de proteção nas janelas e instalar mosquiteiros na cama também são medidas preventivas. Vale também usar repelentes e escolher roupas que diminuam a exposição da pele. Em caso da detecção de focos de mosquito que o morador não possa eliminar, é importante acionar a Secretaria Municipal de Saúde do município.
Por enquanto, não existe vacina capaz de prevenir a infecção pelo vírus zika.

Como ocorre a transmissão?

Assim como os vírus da dengue e do chikungunya, o zika também é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti.

Quais são os sintomas?

Os principais sintomas da doença provocada pelo zika vírus são febre intermitente, erupções na pele, coceira e dor muscular. A evolução da doença costuma ser benigna e os sintomas geralmente desaparecem espontaneamente em um período de 3 até 7 dias. O quadro de zika é muito menos agressivo que o da dengue, por exemplo.

dengueeeeee

Como é o tratamento?

Não há vacina nem tratamento específico para a doença. Segundo informações do Ministério da Saúde, os casos devem ser tratados com o uso de paracetamol ou dipirona para controle da febre e da dor. Assim como na dengue, o uso de ácido acetilsalicílico (aspirina) deve ser evitado por causa do risco aumentado de hemorragias.

Qual é a relação entre o zika e a microcefalia?

A relação entre zika e microcefalia foi confirmada pela primeira vez no mundo no fim de novembro pelo Ministério da Saúde brasileiro. A investigação ocorreu depois da constatação de um número muito elevado de casos em regiões que também tinham sido acometidas por casos de zika.


error: Conteúdo protegido !!