Zé Cocá chama James Meira de mentiroso e propõe renunciar mandando se ele provar gasto elevado com combustível

Em mais uma participação em entrevista, concedida à 95 FM, na manhã desta segunda-feira, 1, o prefeito de Jequié, Zé Cocá (PP) respondeu sobre as medidas restritivas, relativas ao “lockdown” decretado pelo Governo do Estado e disse que vem dialogando com o governador Rui Costa para que, na quinta-feira, 4, Jequié tenha as atividades comerciais retomadas, mantendo os protocolos sanitários e respeitando o toque de recolher, estabelecido pelo decreto estadual.

Um dos temas discutidos durante a entrevista foi a acusação feita pelo candidato derrotado nas eleições, James Meira, que vem utilizando as redes sociais para tecer supostas acusações contra o prefeito, desde que perdeu a disputa eleitoral. Segundo este, o município teria gasto R$ 622 mil reais em combustíveis, em um mês. A acusação tomou como base a dispensa de licitação para a prestação dos serviços de abastecimento de combustíveis, feita pela Prefeitura, que apresenta um valor global de R$ 622 mil reais, que contemplaria toda a frota municipal e, ainda, os veículos do transporte escolar, cuja possibilidade de retorno estava programada, antes do “lockdown”. A acusação foi desmentida pelo gestor municipal que explicou que a substituição da empresa fornecedora de combustíveis se deu em face de a empresa requerer um reequilíbrio orçamentário do contrato, aumentando, assim o valor dos combustíveis para adequar aos atuais preços. De comum acordo, entre as partes, a Prefeitura realizou um destrato e fez um contrato, de forma emergencial, com um outro distribuidor de combustível para que a frota municipal não ficasse parada.

O prefeito chegou a lançar um desafio: se provarem que foram gastos os R$ 622 mil reais em combustível, ele renuncia ao cargo e aproveitou o momento para responder, também, sobre os questionamentos que foram feitos sobre os preços das quatro passagens da sua viagem à Brasília, em companhia do secretário municipal da Fazenda, Antônio José Lins, quando esteve cumprindo agenda institucional na capital federal.

“Infelizmente nós temos pessoas inescrupulosas que são pagas para mentir. Nós gastamos, em um mês R$ 188 mil reais de combustíveis, com uma frota de máquinas trabalhando e cerca de 200 veículos e você vê essa mentira! O candidato derrotado postando isso na rede social dele, isso é uma coisa tenebrosa para Jequié. Mas isso é o jeito dele mesmo, quem anda com gente desonesta, tem que ser desonesto também. Graças a Deus não é nosso caso. Essas pessoas inescrupulosas estão acostumadas à boa vida, mas nessa gestão não dei e nem darei espaço e faço um pedido ao cidadão jequieense: nos fiscalize!”, destacou o prefeito Zé Cocá, que anunciou, ainda, a realização de uma nova licitação para a prestação do abastecimento de combustível, com sistema de cartão para abastecimento de combustível, iniciativa que vai ampliar, ainda mais, a fiscalização de consumo da frota municipal.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas