Vitória da Conquista é a 11° cidade mais perigosa do mundo, afirma ONG mexicana

Nesta semana, foram divulgados dados de um estudo que afirma que Vitória da Conquista é a 11ª cidade mais violenta do mundo. O ranking foi elaborado pela organização de sociedade civil mexicana Segurança, Justiça e Paz, que faz o levantamento anual com base em taxas de homicídios por 100 mil habitantes.

Em 11ª na lista, Vitória da Conquista apresenta uma taxa de 70,26 homicídios por 100 mil habitantes. Para se ter uma ideia, a Organização Mundial da Saúde (OMS) considera que uma taxa acima de 10 homicídios por 100 mil habitantes como característica de violência epidêmica. Além disso, os dados mostram uma crescente da violência em Conquista. Por exemplo, em 2016, a mesma ONG mexicana apontava a cidade como a 36ª cidade mais violenta. Na época, a taxa de homicídios na cidade era de 38.46. Ou seja, o número de mortes violentas praticamente dobrou em dois anos.

Outras 16 cidades brasileiras com mais de 300 mil habitantes listadas no ranking, que é encabeçado pela mexicana Los Cabos (com 111,33 homicídios por 100 mil habitantes em 2017) e pela capital venezuelana, Caracas (111,19). Natal (RN) aparece em quarto lugar, com 102,56 homicídios por 100 mil habitantes. Fortaleza (CE), Belém (PA), Maceió (AL), Aracaju (SE), Feira de Santana (BA), Recife (PE), Salvador (BA), João Pessoa (PB), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Macapá (AP), Campos de Goycatazes (RJ), Campina Grande (PB), Teresina (PI) e Vitória (ES) completam a lista.

Segundo especialistas, fenômenos como guerra de facções criminosas, avanço do tráfico de drogas e crescimento urbano sem a oferta de serviços de segurança eficazes são alguns dos motivos mais prováveis para a explosão da taxa de homicídios em diversas cidades. *Resenha Geral.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas