Vilas-Boas critica ritmo lento de vacinação em municípios

O secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, criticou a lentidão das campanhas de vacinação contra a Covid-19 nos municípios baianos. Para o gestor da Secretaria de Saúde do Estado (SESAB), é “inadmissível” que, passados mais de 20 dias após a aplicação das primeiras doses do imunizante, prefeituras tenham cobertura vacinal na casa dos 25%.

Fábio Vilas-Boas afirmou que o dado mostra que prefeitos têm “patinado” na montagem da estrutura de imunização e pediu medidas mais drásticas para acelerar a vacinação. “É inadmissível que, passados quase 20 dias da primeira dose, nós ainda tenhamos mais de 120 mil doses nos municípios sem serem utilizadas. Ou os prefeitos trocam os coordenadores de vacinação ou trocam os secretários”, posicionou-se. O gestor disse, ainda, que as reações adversas às vacinas têm sido leves e em baixa quantidade no Estado e que não há contraindicações para quem queira tomá-la. (Informações do Bahia Notícias).


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas