“Vi a morte aos meus pés”, diz paciente achado vivo em saco de necrotério

RTEmagicC_6b95225c95.jpg

O paciente que foi dado como morto em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, escreveu uma carta falando sobre a experiência que passou. “Eu, Valdelúcio, vi a morte aos meus pés, mas a minha fé foi tão grande que eu me curei. Diante da santa Irmã Dulce eu disse: opere mais o milagre para mim e fui atendido”, escreveu Valdelúcio de Oliveira, 54 anos.

No texto, ele menciona a mãe, que morreu há 18 anos. “Por tudo e por todos, obrigada. Eu vi a minha mãe dizendo: filho, se apegue com ela e será salvo”. Valdelúcio luta contra um câncer e depois de passar por uma traqueostomia ele não consegue falar e se comunica escrevendo. Ele foi transferido para o Hospital Santo Antonio, das Obras Sociais Irmã Dulce, na manhã desta segunda-feira (25). Correio24horas


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas