Traficante ocupa Carta 10 de Ouros do Baralho do Crime criado pela SSP

colorido

Braço direito do traficante Genilson Lima da Silva, atualmente detido no Presídio Federal de Catanduvas, no Paraná, Antônio Dias de Jesus, 33 anos, é o novo integrante do Baralho do Crime, criado pela Secretaria da Segurança Pública (SSP). Ele é acusado de chefiar o tráfico de drogas nos municípios de Madre de Deus e São Francisco do Conde, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Com três mandados de prisão em aberto pelos crimes de latrocínio e homicídio, o traficante passa a ocupar a Carta 10 de Ouros, em substituição a um procurado que teve a prisão revogada pela Justiça. Antônio é acusado de ser o mandante da morte de um policial militar em Dias D’Ávila, também na RMS, e de um comissário de menores.

O criminoso que aparece na nova carta do Baralho do Crime também é apontado como autor de outras mortes na região metropolitana, sendo citado em vários inquéritos policiais. Ele cumpriu pena de sete anos por homicídio, mas foi solto em 2011, quando voltou a praticar crimes.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas