‘Tempo de autoritarismo e ameaças já passou’, diz Nilo sobre ‘promessa’ de ACM Neto


O presidente da Assembleia
Legislativa, Marcelo Nilo (PDT), se disse “surpreso” com a declaração
do prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) de que
 “vai revelar” o nome dos
deputados estaduais que votarem em favor do projeto de lei que retiraria a
autonomia do Município na regulação de serviços como água e esgoto, foco da
investida da prefeitura contra a Embasa.
O pedetista confirmou que a
matéria será votada na sessão desta terça-feira (10) na Casa e disse não haver
necessidade de expor os parlamentares, já que a votação será aberta.
“Quero crer que o prefeito ACM Neto quando diz que vai revelar nomes não
quer ameaçar deputados. Assim como ele foi eleito democraticamente pelo povo,
os deputados também foram e cada um vai votar conforme a sua consciência. O
tempo de autoritarismo e ameaças já passou. Foi sepultado pelo povo da
Bahia”, contra-atacou Nilo, em contato com o Site  Bahia Notícias.

A matéria alvo de
contestações do Palácio Thomé de Souza pretende criar a Entidade Metropolitana,
que tem entre as suas atribuições criar os fundos de Mobilidade e de Modicidade
Tarifária do Transporte Coletivo da Região Metropolitana de Salvador e de
Universalização do Saneamento Básico da RMS.

Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas