Sindicatos rejeitam proposta e greve de funcionários dos Correios continua


A proposta da direção dos Correios foi rejeitada, nesta quarta-feira (5), pela maioria dos sindicatos de trabalhadores da estatal – inclusive na Bahia – e a greve da categoria, que já dura 22 dias, prosseguirá. O acordo recusado pelas entidades de classe havia sido fechado na última terça (4) entre a empresa Federação Nacional dos Trabalhadores de Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect), em audiência de conciliação no Tribunal Superior Eleitoral (TST). A paralisação será julgada na próxima segunda-feira (10) pela Seção Especializada em Dissídios Coletivos. De acordo com o secretário-geral da Fentect, José Rivaldo da Silva, pelo menos 18 dos 35 sindicatos da categoria se posicionaram contra o acordo, que previa aumento real de R$ 80 a partir de outubro e aumento linear de salários e benefícios de 6,87%.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas