Quero abrir uma franquia, e agora?

Makro_atacado_dicas_como_abrir_uma_franquia

O franqueado é um empreendedor que toma a decisão de abrir um negócio, um modelo de negócio com a gestão e o marketing bem definidos: a franquia, que consiste em um novo canal de distribuição de varejo, com  a  operação e a gestão do próprio franqueado.

O franqueador é quem autoriza, por meio de contrato, o uso de sua marca, dos sistemas de gestão e de padrões já desenvolvidos pela empresa franqueadora. Os franqueados são donos de seus próprios negócios, mas  não  são totalmente independentes, pois devem seguir rigorosamente os padrões ditados pela organização franqueadora.

No modelo de franchising, há uma relação entre duas partes: o franqueado e o franqueador que é o dono da marca e que concede a franquia. O franqueado compra a franquia e faz a gestão da unidade do negócio, que pode ser uma loja, um restaurante ou uma escola.

O franqueado assume alguns papéis importantes,  como por exemplo:

– observar o padrão da rede;

– cooperar com o franqueador e com os demais integrantes da rede em busca de diferenciais competitivos;

– pagar ao franqueador os valores relativos à operação e continuidade da franquia, a taxa de franquia, royalties e uma contribuição para o fundo cooperativo de marketing.

O franqueado é um empreendedor, não é um empregado, é um parceiro que conta com o apoio do franqueador e sua equipe, com dedicação ao desenvolvimento de novos produtos e serviços, e novos elementos de   diferenciação.

Como todo dono de negócio, a vida de franqueado não é fácil, ele deve está  muito bem preparado e disposto a enfrentar os desafios e tomar alguns cuidados importantes, como: analisar com muito critério as oportunidades que o mercado oferece antes de investir tempo, dinheiro e esforço em uma determinado modelo de  franquia. Analisar cuidadosamente o próprio perfil e escolher o ramo de atividade com o qual se identifique.  Verificar cautelosamente se o franqueador é sério e profissional, se cumpre o que promete e se entrega o que vende.  Visitar   outros franqueados e perguntar quais são os pontos fortes   e   pontos   fracos  do negócio.

Numa rede de franquia, não existe espaço para agir de modo diferente dos padrões estabelecidos pelo franqueador, e como todo empreendedor que corre riscos calculados, precisa de gestão eficaz e trabalhar com muita segurança, disposto a manter um diálogo permanente com o franqueador, cultivar um bom relacionamento e ser bem transparente.

A melhor maneira de comprar uma franquia é investir em um negócio de baixa concorrência ou de preferência, sem nenhuma concorrência. Bem melhor adquirir  um negócio de baixo risco e de rápido retorno sobre o capital investido, um negócio inovador, seguro, com a capacitação, suporte e know-how  do franqueador, e acima de tudo,  de sua  realização pessoal.

Artigo de

Rosival Fagundes. 


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas