Quatro baianos devem ser ouvidos essa semana em nova fase da Operação Lava Jato

baianoslavajato

O juiz Sérgio Moro deve começar a ouvir esta semana os depoimentos dos investigados, entre eles quatro baianos, que, nessa nova etapa, podem apresentar defesa e indicar testemunhas. O doleiro Alberto Youssef, que negociou delação premiada, também será um dos depoentes.

Quatro dos citados são políticos da Bahia, o vice-governador João Leão (PP), o conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios, Mario Negromonte, o deputado federal Roberto Britto (PP) e o ex-deputado federal Luiz Argôlo (SD). O envolvimento dos quatro na Lava Jato, foi denunciado nos depoimentos de Youssef.

As acusações aos quatro estão sendo investigadas e aprofundadas agora pela Polícia Federal do Paraná e pelo Ministério Público Federal. O nome mais citado pelo doleiro é o do conselheiro Mario Negromonte. Youssef disse ter entregado dinheiro às vezes pessoalmente para o conselheiro, em apartamentos em Salvador e em Brasília.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas