“PT local cancelou Obras do Parque de exposição”, diz prefeito

20150821031829 (2)

Após o posicionamento político nas redes sociais, o prefeito Wagner Novaes voltou a comentar a decisão da Justiça Federal em 1ª Instância, sob pena de multa, em ação dos seus dois primeiros mandatos, de 1996 a 2004, a devolver R$ 94,1, pela falta de prestação de contas de recursos referentes a dois contratos para a construção de um parque agropecuário no município.

O prefeito  esclareceu através de nota pessoal, explicado sobre  a obra citada na condenação e voltou a afirmar esperar a convocação para depor e assim responderá.

Leia abaixo o que disse o prefeito:

Todos os prefeitos ou ex-prefeitos respondem alguns processos. A respeito do qual a decisão  se retrata é um julgamento de Primeiro Grau e não gera efeitos até o julgamento final. Ou seja , ainda cabe recurso na segunda e terceira instância   para  que, dai,  eu possa ser ou não  penalizado. Este processo se refere ao Parque de Exposição, no qual alguns maldosos falam que eu desviei o dinheiro. Mais coloco o extrato bancário e outros documentos, no qual comprova a devolução do dinheiro para o Ministério da Agricultura. “Governo Federal”.

20150821031827

Itiruçu perdeu uma grande Obra.  E, quem foi o responsável? O PT local, que conseguiu através  da instância federal  cancelar esta obra. E mais: na mesma época sequestrou o recurso financeiro do banco do Brasil em Jaguaquara de mais duas obras. Esgotamento sanitário no valor R$ 300.000 e banheiros R$ 500.000; estes dois recursos entramos na justiça e mais tarde no governo de Aílton Cezarino foi liberado o recurso através de ordem judicial.

Quanto ao parque de exposição, a caixa econômica Federal havia  liberado, através de medição oficial o valor de R$ 56.120,00,  que  representava a terraplanagem da obra. Todos os olhos itiruçuense ver até os dias atuais, e comprovam a terraplanagem da mesma. Local, creche e área do estádio. O meu erro foi não entrar na justiça para que o governo federal,  devolvesse o dinheiro como aconteceu com os dois recursos acima citado. Algumas fotos da época.

Hoje não resta quase nada.

O governo só pagou a terraplanagem, o restante da obra a empresa construtora perdeu o investimento.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas