Proposta Cultural do Vale do Jiquiriçá recebe apoio financeiro da Fundação Cultural do Estado da Bahia

O Projeto Jam na Feira, uma proposta apoiada pelo Edital Calendário das Artes – Fundação Cultural do Estado da Bahia, liderado pelo músico Rogério Amorim, é realizado em Feiras Livres nas cidades de Planaltino, Maracás e Lajedo do Tabocal. O Projeto recebe o apoio financeiro da Fundação Cultural do Estado da Bahia. De acordo com o músico, em contato com o Blog Itiruçu Online, são três apresentações culturais, três workshops com tema: “Empreendendo no Setor Musical”.

Ainda segundo o músico, o projeto Jam na Feira Livre, visa, sobretudo, estimular e orientar indivíduos envolvidos direta ou indiretamente, residentes na sede e zona rural das cidades, para que possam através de iniciativas como esta, oferecer à população o acesso a um produto cultural quase nunca oferecido pelos produtores de evento, sejam eles públicos ou privados, além de esclarecer profissionais e amadores sobre o  empreendedorismo musical.

 Segundo Rogério Amorim, o Jam na Feira objetiva-se, ainda, levar atividade cultural, conscientizando músicos diante da importância de se organizarem profissionalmente, oportunizando o contato com a música de improvisação. A edição de Planaltino ocorreu no último sábado (27). Na cidade de Maracás, será dia em 24 de fevereiro. Na cidade de Lajedo do Tabocal, o evento acontecerá em 31 de março.

 

O Projeto de certa forma busca conscientizar a valorizar a boa música, diante do oferecido e popularizado pelo atual público, que, em tese, gosta de música que estão em desacordo com à Lei Baiana da Anti-baixaria, inclusive, não observada por rádios comunitárias, que deveram extinguir da programação músicas fora do contexto cultura, pois são outorgadas para estes fins.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas